ImprimirImprimir

Muito boa noite amáveis amigos e irmãos presentes aqui no teatro, e também os amáveis radiouvintes e também os telespectadores. Que a bênçãos de Jesus Cristo, nosso amado Salvador, sejam sobre cada um de vocês aqui reunidos no Teatro Tikal e os que estão através do rádio e os que estão através da televisão; e que nos permita compreender a Sua Palavra nesta noite. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

  Para esta ocasião temos um tema muito importante: “O SÉTIMO SELO: A REVELAÇÃO DO ÚLTIMO DIA”.

  Para esta ocasião quero ler em São Mateus, capítulo 16, versículos 13 ao 20, onde diz:

  “E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?

E eles disseram: Uns, João Batista; outros, Elias, e outros, Jeremias ou um dos profetas.

Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?

E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo.

E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue quem to revelou, mas meu Pai, que está nos céus.

Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

E eu te darei as chaves do Reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

Então, mandou aos seus discípulos que a ninguém dissessem que ele era o Cristo.”

  Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

  Nosso tema é: “O SÉTIMO SELO: A REVELAÇÃO DO ÚLTIMO DIA”.

  Vamos ler também o que diz Apocalipse, capítulo 8, versículo 1:

  “E, havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora.”.

  Que mistério contém o Sétimo Selo que causou silêncio no Céu como por meia hora? É o mistério da Segunda Vinda de Cristo. O Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo, que foi aberto lá no Céu, e quando eles conheceram o mistério da Segunda Vinda de Cristo ocasionou silêncio nos arcanjos, os anjos, os querubins; tudo cessou suas atividades no Céu, deixaram de cantar os arcanjos, os anjos, os querubins, todos deixaram de louvar a Deus, houve silêncio como por meia hora.

  E agora, o que é meia hora? Para nós meia hora são 30 minutos; mas no Céu, meia hora do Céu, para os seres humanos são uns quantos anos, porque diz São Pedro na sua segunda carta, versículo... capítulo 3, versículo 8:

  “Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia.”.

  Quando nos fala de um dia diante de Deus, para os seres humanos é um milênio, um dia milenial, que são mil anos; e quando nos fala de uma hora, nos fala de 41 anos com 8 meses; e quando nos fala de meia hora, está nos falando de 20 anos com 10 meses.

  Agora, podemos ver que quando nos fala do Último Dia diante de Deus, para os seres humanos é o último milênio; e quando nos fala na Bíblia dos últimos dias, fala para os seres humanos dos últimos milênios para a raça humana.

  Vejam o apóstolo São Paulo falando dos últimos dias em sua carta aos Hebreus, capítulo 1, e veremos que ele assinala que os últimos dias, já nos dias de Jesus já tinham começado. Vejam, diz:

  “Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho,

A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.”.

  Quando São Paulo diz que Deus falou por meio do Seu Filho? Diz que falou nos últimos dias, e já transcorreram dois mil anos aproximadamente. Se equivocaria São Paulo? Não se equivocou.

  Diz também o apóstolo São Pedro no livro dos Atos, capítulo 2 e versículo 14 em diante, no Dia de Pentecoste, quando receberam o Espírito de Deus 120 pessoas, e as pessoas que viram este grande evento (se cumprindo em 120 pessoas, galileus que estavam no aposento alto esperando o Espírito de Deus, o Espírito Santo), muitos pensaram que estes 120 estavam bêbados, estavam ébrios; outros se perguntavam: “O que significa isto? Porque ouvimos estas pessoas (os quais são todos galileus), os ouvimos falar em nossa própria língua, nosso próprio idioma em que nascemos”.

  Porque ali estavam pessoas que tinham nascido em diferentes nações e vinham a Jerusalém para adorar a Deus, porque havia judeus que tinham nascido em outras nações e vinham a cada ano adorar a Deus em Jerusalém, e agora se perguntam: “O que significa isto?”.

  E quando Deus cumpre Sua promessa há uma resposta bíblica para identificar o que está acontecendo no Programa de Deus; e aqui São Pedro; posto em pé, diz: livro dos Atos, capítulo 2, versículo 14 em diante:

  “Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a voz e disse-lhes: Varões judeus e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras.

Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo esta a terceira hora do dia.”

  Ou seja: de 8 a 9 da manhã; porque a primeira hora é de 6 a 7 da manhã e a segunda hora é de 7 a 8 da manhã e a terceira hora é de 8 a 9 da manhã; essa é a quarta vigília, a qual ocorre sempre de dia: de 6 a 9 da manhã.

  Agora diz: “Mas isto é o dito pelo profeta Joel…”. Sempre é preciso ir à Palavra, é preciso ir ao que Deus prometeu para o tempo onde Deus o está cumprindo:

  “Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel:

E nos últimos dias (Quando? Nos últimos dias) acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos jovens terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos;

E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e minhas servas, naqueles dias, e profetizarão;”.

  Esta é a profecia a qual estava se cumprindo ali no Dia de Pentecoste nestas 120 pessoas crentes em Jesus Cristo; e esta promessa é para toda pessoa que crê em Jesus Cristo como nosso Salvador e lava seus pecados no Sangue de Jesus Cristo.

  Vejam, diz que isto é para todos, para os servos, para as servas; para todos aqueles que o Senhor nosso Deus chamar é essa bênção tão grande do batismo do Espírito Santo.

  E o que acontece quando a pessoa recebe o Espírito Santo? O primeiro é que a pessoa se arrependeu dos seus pecados e recebeu Cristo como seu Salvador e lavou seus pecados no Sangue de Cristo, e em seguida recebe o Espírito de Cristo e assim obtém o novo nascimento; e ao obter esse novo nascimento recebeu um espírito teofânico, um corpo teofânico da sexta dimensão, nasceu no Reino de Deus, nasceu no Corpo Místico de Cristo; e agora é um membro do Corpo Místico de Cristo e, consequentemente, nasceu como um filho ou como uma filha de Deus.

  Toda pessoa que vem a este mundo, quando nasce por meio de papai e mamãe não nasce como um filho de Deus. A pessoa somente nasce como um filho de Deus, quando recebe Cristo como seu Salvador, lava seus pecados no Sangue de Cristo e recebe Seu Espírito Santo, aí é onde obtém o novo nascimento, o qual é como um filho ou uma filha de Deus, e nasce assim no Reino de Deus.

  E agora, ali, vejam vocês, estavam 120 pessoas que tinham recebido o Espírito de Deus. Antes dessa ocasião os discípulos de Jesus Cristo não tinham nascido de novo, mesmo que Jesus Cristo tivesse dito que era necessário nascer de novo para entrar no Reino de Deus, mas ainda não era possível o novo nascimento porque Jesus ainda estava na Terra, e Ele disse: “Se eu não for; o Espírito não pode vir”.

  E agora, os discípulos queriam que Jesus permanecesse com eles, mas Jesus disse que era necessário e era conveniente Ele ir-se para assim enviar o Seu Espírito Santo, e assim produzir (o que?) o novo nascimento.

  Vejam como Ele falou em São João, capítulo 14, versículo 26, sobre a Vinda do Espírito Santo, dizendo no capítulo 14, versículo 26:

  “Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.”.

  E no capítulo 15, versículo 26, diz:

  “Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito da verdade, que procede do Pai, testificará de mim.

E vós também testificareis, pois estivestes comigo desde o princípio.”.

  E no capítulo 16, versículo 12 ao 15, diz (de São João):

  “Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora.

Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará o que há de vir.

Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.

Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso, vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.”.

  Agora vejam como Jesus Cristo prometeu a Vinda do Espírito Santo; e com a Vinda do Espírito Santo a estas 120 pessoas discípulos de Jesus Cristo obtiveram (o que?) o novo nascimento, nasceram no Reino de Deus como filhos e filhas de Deus; e aí começou o novo nascimento para todos os crentes em nosso amado Senhor Jesus Cristo; e daí em diante; são milhões de seres humanos os que creram em Cristo como seu Salvador, lavaram seus pecados no Sangue de Cristo e receberam o Espírito de Cristo, e assim entraram no Reino de Deus.

  Não há outra forma para entrar no Reino de Deus: por um Espírito, pelo Espírito Santo produzindo o novo nascimento na pessoa. E para isso a pessoa tem que crer em Cristo como seu Salvador e lavar seus pecados no Sangue de Cristo, e assim recebe em seguida o Espírito Santo, recebe o novo nascimento, recebe um corpo teofânico da sexta dimensão; e se a pessoa morrer fisicamente depois de ter crido em Cristo em alguma ocasião, se morrer não tem nenhum problema, já tem vida eterna. Cristo disse em São João, capítulo 5, versículo 24:

  “Em verdade, em verdade vos digo: que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem vida eterna; e não entrará em condenação, mas passou da morte para vida”.

  Essa é a única forma para a pessoa passar de morte a vida: crendo na Palavra de Cristo e recebendo-o como nosso Salvador e lavando seus pecados no Sangue de Cristo e recebendo Seu Espírito Santo; e assim, consequentemente, obtendo o novo nascimento.

  Em São João, capítulo 6, versículo 39 ao 40, também nos fala da vida eterna Cristo, e diz:

  “E a vontade do Pai, que me enviou, é esta: que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último Dia (Para quando promete a ressurreição aqui? Para o Último Dia).

Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: que todo aquele que vê o Filho e crê nele tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último Dia.”

  A quem ressuscitará no Último Dia? Aqueles que creram nele, os quais receberam vida eterna.

  Quando a pessoa creu em Cristo como seu Salvador e lavou seus pecados no Sangue de Cristo e recebeu Seu Espírito Santo, a pessoa recebeu vida eterna, portanto é imortal; mesmo que seu corpo físico morra, já tem um espírito teofânico, um corpo teofânico da sexta dimensão, e vai à sexta dimensão, ao Paraíso viver, até que ocorra a ressurreição dos mortos em Cristo. Quando? No Último Dia, porque os mortos em Cristo ressuscitarão na Terra, mas em um novo corpo, em um corpo eterno que Cristo prometeu para todos os crentes n’Ele.

  E agora o que é o Último Dia? Vejam, vimos os últimos dias, e dos últimos dias, Cristo aqui menciona o Último Dia para realizar a ressurreição dos mortos em Cristo.

  Quando Jesus tinha de 3 a 7 anos de idade começaram os últimos dias. Cristo, Seu ministério o realizou quando? Nos últimos dias, diz São Paulo, porque diz que Deus falou por meio de Jesus Cristo, quando? Nos últimos dias.

  E agora, quando Jesus tinha de 3 ou de 4 a 7 anos de idade começou o quinto milênio e, consequentemente, começaram os últimos dias, porque os últimos dias são para os seres humanos os últimos milênios, que são o quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio.

  Viram o simples que é tudo? Viram que não há nenhuma contradição na Escritura quando Paulo diz que Deus falou por meio do Seu Filho nos últimos dias? Porque os últimos dias diante de Deus para os seres humanos são os últimos milênios, que são o quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio.

  E agora, ainda estamos onde? Nos últimos dias, e Deus ainda está derramando do Seu Espírito Santo sobre toda carne, porque Ele prometeu que derramaria do Seu Espírito Santo sobre toda carne, para quando? Para os últimos dias; e por isso desde o dia de Pentecostes até aqui, esteve derramando do Seu Espírito Santo e esteve produzindo o novo nascimento em milhões de seres humanos que se arrependeram dos seus pecados, lavaram seus pecados no Sangue de Cristo, recebendo Cristo como seu Salvador e recebendo o Espírito de Cristo, e assim se produziu o novo nascimento em todas essas pessoas que o receberam como seu Salvador. E isto é quando? Nos últimos dias. Últimos dias diante de Deus, últimos milênios para os seres humanos.

  Agora, transcorreram dois mil anos de Cristo até aqui, se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem, mas diante de Deus somente dois dias, para os seres humanos dois milênios.

  E agora, somente nos resta o Último Dia, que é para os seres humanos o último milênio. O último milênio é o sétimo milênio, onde Cristo ressuscitará os crentes n’Ele que morreram fisicamente, pois Cristo disse falando a Maria e a Marta..., principalmente a Marta a irmã de Lázaro, disse-lhe [São João 11:25]:

  “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá (por quê? Porque Ele ressuscitará os mortos crentes n’Ele).

  E todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. (ou seja: não vai ficar sem um corpo)”.

  Seu corpo físico se morreu, não vai ficar lá no Paraíso todo o tempo, mas que vai ressuscitar, Cristo o vai ressuscitar em um corpo eterno e jovenzinho, para viver por toda a eternidade com Cristo jovenzinho, com um corpo que estará representando de 18 a 21 anos de idade.

  Vejam os que estiveram procurando a fonte da juventude, olhem onde está: a fonte da juventude é nosso amado o Senhor Jesus Cristo. E agora, Ele diz:

  “e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Crês isto?”

  Amém! Eu creio com toda minha alma, como também Marta creu com toda sua alma e disse:

  “Disse-lhe: Sim, Senhor”.

  E nós dizemos: “Sim Senhor.” Nós cremos também e por isso estamos esperando que os mortos em Cristo ressuscitem em corpos eternos e nós os que vivemos sejamos transformados, porque é a promessa do nosso amado Senhor Jesus Cristo; e então estaremos com um corpo eterno para reinar com Cristo por mil anos e em seguida por toda a eternidade como reis e sacerdotes.

  Com esse corpo novo é que nós iremos daqui, desta dimensão terrena à dimensão celestial, à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu, na Casa do nosso Pai celestial; iremos com Cristo e estaremos com Cristo na grande Ceia das Bodas do Cordeiro. As Bodas, ou seja: a união de Cristo e Sua Igreja, e essa grande festa no Céu que se realizará, chamada a Ceia das Bodas do Cordeiro, onde Cristo repartirá os galardões por todos os trabalhos que realizamos em sua Obra, no Seu Reino, cada um no tempo que lhe correspondeu viver.

  Vejam, em São Mateus, capítulo 16, diz o próprio Jesus Cristo no versículo 27:

  “Porque o Filho do Homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e, então, dará a cada um segundo as suas obras.”.

  Veem que há recompensa? De acordo às obras que as pessoas tiverem realizado aqui na Terra. Para o joio, os filhos do mau, pois suas obras por quanto são más a recompensa será serem lançados no forno de fogo, que é a grande tribulação, onde será o choro e o ranger de dentes; isso foi o que Cristo ensinou na parábola do trigo e do joio, que o joio será lançado no forno de fogo, onde será queimado; e o joio representa os filhos do mau.

  E agora, o trigo representa os filhos de Deus, os filhos do Reino, os quais serão recolhidos no Último Dia e serão colocados no Celeiro de Deus, e serão transformados e serão levados à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu.

  Cristo também, no livro do Apocalipse, diz, no capítulo 22, versículo 12:

  “E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra”.

  E agora vejam; todo trabalho que todo ser humano faz na Terra terá uma recompensa diante de Deus. E agora, o joio terá sua recompensa, que será ser queimado no Último Dia.

  Agora, em que ano do Último Dia, em que ano do sétimo milênio? Não sabemos, mas será em algum dos anos do sétimo milênio; e o trigo, os escolhidos de Deus que vivem, quando os mortos em Cristo forem ressuscitados em corpos eternos, os que vivemos seremos transformados, e teremos o corpo eterno e seremos levados à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu, à Casa do nosso Pai celestial; e já recebendo nossa transformação já estamos recebendo a recompensa de Cristo; e em seguida, na repartição dos galardões, receberá cada um a recompensa pelos trabalhos que tenha realizado no Reino de Deus, na Obra de Jesus Cristo, na Igreja do Senhor Jesus Cristo.

  Por isso é tão importante conhecer estes mistérios do Reino de Deus, porque se a pessoa não os conhecer não sabe nem o que deve fazer ao vir viver neste planeta Terra; e então vive neste planeta Terra em trevas, vive sem saber de onde veio, onde está e para onde vai, e isso causa angústia no ser humano.

  É necessário que cada pessoa saiba quem é; de onde veio, onde está e para onde vai. Quando a pessoa conhece isto, vive tranquila sua vida terrena no Reino de Deus, na Igreja de Jesus Cristo, servindo a Cristo, glorificando a Cristo e trabalhando em sua Obra, que é um privilégio muito grande que Ele nos dá; esse é o privilégio que segue à salvação. Depois da salvação temos o privilégio de servir a Cristo em sua Obra, trabalhando todos os dias de nossa vida.

  E agora, vejam vocês, Ele deu Sua vida por nós, e agora nós damos nossa vida a Ele, para o servir e para que nos leve à eternidade com Ele, ao Seu glorioso Reino.

  Agora, vimos que para o Último Dia vem a colheita, que é o recolhimento do trigo, e também vem o fogo que queimará o joio; o joio são os filhos do mau e o trigo são os filhos de Deus.

  A grande tribulação é o tempo onde os juízos divinos hão de cair sobre a Terra e, conforme o que Jesus Cristo diz, o joio será queimado.

  Disto também falou o profeta Malaquias no capítulo 4, versículo 1, quando disse:

  “Porque eis que aquele dia vem ardendo como forno; todos os soberbos e todos os que cometem impiedade serão como palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo”.

  Essas são todas as pessoas que não creram em Cristo como seu Salvador e não lavaram seus pecados no Sangue de Cristo; e quando Cristo sair do Trono de Intercessão no Céu; sairá e já não haverá Sangue ali no Trono de Intercessão, no Propiciatório, que é a cadeira de misericórdia do Templo que está no Céu; porque Cristo como Sumo Sacerdote, que é o Sumo Sacerdote segundo a Ordem de Melquisedeque, está fazendo intercessão no Céu até que entre até o último dos escolhidos de Deus no Corpo Místico de Cristo, ou seja: na Igreja de Jesus Cristo.

  Mas quando terminar esse trabalho, quando terminar todo esse trabalho de chamar e juntar os escolhidos, e se completar o número dos escolhidos de Deus no Corpo Místico de Cristo, em seguida Cristo terminou Sua Obra de Intercessão no Céu e já fez a Obra de reconciliar todos os filhos e filhas de Deus, com quem? Com Deus; e Ele sairá do Trono de Intercessão no Céu e já não haverá mais Sangue ali no Trono de Intercessão no Céu, portanto, esse Trono de Intercessão e Misericórdia se converte em um Trono de Juízo Divino.

  E Deus, por quanto não haverá Sangue ali, olhará a raça humana (não através do Sangue de Cristo, porque já não está ali), portanto, ao olhar a raça humana verá seus pecados. E a recompensa do pecado é o que? A recompensa do pecado é morte. E por isso virá o juízo divino sobre a raça humana, virá o dia de vingança do nosso Deus.

  Agora, podemos ver que quando isso ocorrer se cumprirá esta profecia de Apocalipse, capítulo 22, versículo 11, onde diz:

  “Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda…”

  Por quê? Porque já não haverá oportunidade para que a pessoa se arrependa, porque já perdeu o tempo onde havia oportunidade para se arrepender e lavar seus pecados no Sangue de Cristo e receber o Espírito de Cristo, e assim obter a misericórdia de Jesus Cristo; mas quando Ele termine Seu trabalho de intercessão no Céu, sai. E em seguida, quem estiver sujo, fica sujo; e o que esteja limpo pelo Sangue de Cristo, permanecerá limpo e permanecerá servindo a Jesus Cristo.

  Veem? Por isso é que é necessário que os seres humanos entendam estas verdades bíblicas, para que aproveitem seu tempo enquanto há misericórdia no Trono de Deus no Céu.

  Agora, vejam o que será quando Cristo termine Seu trabalho no Trono de Intercessão no Céu, vejam o que será dos seres humanos que não aproveitaram o tempo que lhes correspondeu viver na Terra para receber Cristo como seu Salvador e lavar seus pecados no Sangue de Cristo e receber Seu Espírito Santo, vejam o que acontecerá com eles, porque já não haverá mais oportunidade e o juízo já divino cairá sobre a Terra. Em Apocalipse, capítulo 6, versículos 12 ao 17, diz:

  “E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue.

E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte.

E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos do seu lugar.

E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo servo, e todo livre se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas

E diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono e da ira do Cordeiro,

Porque é vindo o grande Dia da sua ira; e quem poderá subsistir?”

  Isso será quando Cristo sair do Trono de Intercessão no Céu: já não haverá mais misericórdia para os seres humanos que desprezaram a misericórdia de Cristo enquanto havia oportunidade de receber a Cristo como seu Salvador e lavar seus pecados no Sangue de Cristo.

  É como aconteceu no tempo de Noé: vejam, enquanto Noé estava fabricando a arca, havia oportunidade para alcançar misericórdia, e por 100 ou 120 anos Noé esteve construindo a arca; e esse foi um tempo de misericórdia, onde a paciência de Deus estava esperando que Noé construísse a arca onde entraria e se salvaria.

  Todo esse tempo era tempo de misericórdia, mas quantas pessoas se arrependeram dos seus pecados e realizaram o sacrifício que era neccessário naquele tempo, como o efetuava o profeta Noé para ele e sua família? Vejam; ninguém, exceto Noé e sua família, mesmo que houvesse muitas religiões naquele tempo; portanto, não é um assunto de religiões, mas que é um assunto da pessoa com Deus para obter o perdão dos seus pecados por meio de Jesus Cristo e Seu Sacrifício na Cruz do Calvário.

  E agora, vejam vocês, em 120 anos, em 100 ou 120 anos, Noé pregando que viria o juízo divino sobre a raça humana, vejam quantas pessoas se arrependeram? Nenhuma. E em seguida Deus, quando Noé já tinha a arca terminada, lhe apareceu Deus e disse: “daqui a sete dias, eu farei chover sobre a Terra e a Terra será destruída”. Ou seja: o juízo divino cairia sobre a Terra; mas somente faltavam sete dias para ocorrer isso.

  E Deus lhe disse: “Agora, entra na arca tu e tua família e os animais e as aves; tal quantidade de aves limpas, tal quantidade de animais também”. E assim, foi Deus dizendo quais entrariam na arca, dos animais e das aves e dos répteis.

  E agora, quantos entraram dos seres humanos? Somente oito pessoas, oito pessoas somente se salvaram daquela geração pré-diluviana; mas vejam vocês, estiveram escutando que o juízo divino viria sobre a raça humana, sobre aquela geração; e Noé esteve pregando 100, de 100 a 120 anos sobre esse juízo Divino. Deus lhe havia dito: “daqui a 120 anos”, porque Deus lhe disse que a vida do homem seria somente 120 anos, 120 anos desde o momento em que Deus apareceu a Noé até o momento em que viria o juízo Divino.

  E agora, vejam vocês, conceituaram Noé como um louco anunciando que viria um dilúvio de água sobre a raça humana, quando não chovia naquele tempo; a terra se regava com um vapor que subia durante a noite, da terra subia e se regava com essa umidade a terra, a vegetação, mas não viam estes aguaceiros como hoje em dia nós podemos ver.

  E agora, eles não podiam crer que viria um dilúvio e inundaria o planeta Terra e toda pessoa morreria; mas se com um copo de água algumas pessoas se afogam, quanto mais com um dilúvio que estaria caindo por quarenta dias.

  E agora, somente havia uma forma de salvação, uma forma para escapar: primeiro tinham que ter oferecido a Deus o sacrifício pelo pecado, para que? Para que os pecados estivessem cobertos com o sangue dos animaizinhos que eram oferecidos pelo pecado; e isso o profeta Noé fazia. Por isso é que Deus quando olhou a raça humana viu somente um justo sobre a Terra, o qual foi Noé, porque seus pecados estavam cobertos com o sangue daqueles sacrifícios que ele oferecia a Deus; e o resto das pessoas não, mas ele e sua família estavam cobertos com esse sangue do sacrifício.

  E agora, Deus ao olhar a raça humana no Último Dia, verá que a raça humana não estará coberta com o Sangue de Cristo ou limpa pelo Sangue de Cristo ao Cristo sair do Trono de Intercessão, e somente verá um grupo de pessoas que lavaram seus pecados no Sangue de Jesus Cristo; e esses, serão transformados e os mortos em Cristo serão ressuscitados, e irão à Ceia das Bodas do Cordeiro, à Casa do nosso Pai celestial; e em seguida cairá o juízo divino sobre a raça humana.

  Agora vejam; durante os sete dias que Noé esteve na arca, porque Deus lhe disse: “Entra na arca”, durante esses últimos sete dias Noé na arca já acomodando todos os animais e acomodando todas as coisas dentro da arca..., porque já dentro de sete dias viria o dilúvio, portanto ele tinha que ter tudo arrumado bem ali na arca.

  E quando chegou o momento para o dilúvio, o que aconteceu? Diz a Escritura: “... e o Senhor fechou a porta.” O Senhor fechou a porta da arca e Noé já não a podia abrir para dizer às pessoas: “Venham, entrem na arca”, porque já tinha se acabado a oportunidade de salvação para aquela raça pré-diluviana.

  E sabem vocês uma coisa? Jesus Cristo quando fala da Vinda do Filho do Homem diz que será como nos dias de Noé, como nos dias de Noé será a Vinda do Filho do Homem, que comiam, bebiam, casavam-se e davam-se em casamento até o dia em que Noé entrou na arca, e não entenderam, não conheceram... O que não conheceram; o que não entenderam? O Programa de Deus correspondente àquele tempo. “E veio o dilúvio e levou a todos”, a todos os que não entenderam os levou o dilúvio, porque não entenderam que tinham que estar dentro da arca quando esse dia para o dilúvio aparecesse; e ainda antes desse dia, sete dias antes já tinham que estar entrando as pessoas e os animais que escapariam desse juízo Divino.

  E agora, chegamos ao tempo onde está se repetindo o tempo de Noé, estamos vivendo nos dias como os de Noé.

  Estamos vivendo nos dias como os de Noé, onde é necessário que conheçamos o mistério do Sétimo Selo, que é a revelação do Último Dia; esta revelação do Último Dia, que é o Sétimo Selo, que causou silêncio no Céu como por meia hora, o qual é o mistério da Segunda Vinda de Cristo.

  Somente há uma esperança para o ser humano e é a Segunda Vinda de Cristo, para buscar Seus escolhidos no Último Dia e nos levar à Ceia das Bodas do Cordeiro antes que caia o juízo divino sobre a raça humana.

  E agora, assim como foi a Primeira Vinda de Cristo, será em Sua Segunda Vinda. Vejam; o povo hebreu estava esperando a Vinda do Messias, e quando veio era um jovem carpinteiro de Nazaré, o qual tinha nascido em Belém da Judeia, mas se criou em Nazaré; e esteve a promessa da Vinda do Messias cumprida no meio do povo hebreu por perto de trinta anos e ninguém percebia que o Messias já estava na Terra.

  E em seguida, quando começou Seu ministério e Deus esteve falando por meio de Jesus nesses três anos e meio, encontramos que os grandes líderes religiosos daquele tempo, o sumo sacerdote e os membros do Concílio do Sinédrio, grandes teólogos e doutores em divindade não puderam compreender, não puderam entender e não puderam crer que nesse simples jovem carpinteiro de Nazaré, chamado Jesus, estava se cumprindo a Vinda do Messias; não puderam compreender que nesse véu de carne tão simples estava o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó dentro, ali manifestado no cumprimento da Vinda do Messias; porque a Vinda do Messias é a Vinda do Anjo do Pacto, do Anjo do Senhor vestido de carne humana na forma de um profeta.

  Por isso quando veio foi chamado o profeta de Nazaré. Ele é o Profeta de todos os profetas, porque Ele é quem esteve manifestado nos profetas do Antigo Testamento e em seguida esteve manifestado em toda Sua plenitude no véu de carne chamado Jesus.

  E esse mesmo Anjo do Pacto é quem esteve com Sua Igreja de era em era, guiando a Sua Igreja e batizando todos os crentes com Seu Espírito e produzindo neles o novo nascimento; e assim obtendo, cada filho e filha de Deus, o corpo novo, o corpo eterno da sexta dimensão, esse corpo teofânico ou espírito teofânico, para em seguida — no Último Dia — obter o corpo físico e glorificado e eterno que Ele prometeu para todos os crentes n’Ele.

  E agora, necessitamos conhecer o mistério do Sétimo Selo; e somente por meio da revelação desse mistério no Último Dia, somente por meio da manifestação desse ministério é que podemos obter o conhecimento da Segunda Vinda de Cristo.

  Temos que obter o conhecimento, a revelação, da Vinda do Senhor para o Último Dia, temos que obter a revelação de Jesus Cristo.

  E como vamos receber a revelação de Jesus Cristo, a revelação do Sétimo Selo? Em Apocalipse, capítulo 1, versículo 1 ao 3, nos diz como e por meio de quem:

  “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou e as notificou a João...”

  Por meio de quem vem a revelação de Jesus Cristo? Por meio do Seu Anjo Mensageiro. Diz:

  “O qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que tem visto.

Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.”

  E as palavras do livro desta profecia quem as traz? As traz o Anjo do Senhor Jesus Cristo, porque ele é quem traz a revelação de Jesus Cristo.

  E agora, em Apocalipse, capítulo 1, versículo 10, João diz que ele foi ao Dia do Senhor. Diz capítulo 1, versículo 10 ao 11, diz o apóstolo São João:

  “Eu fui arrebatado em espírito, no dia do Senhor (em que dia? No Último Dia, ou seja: no sétimo milênio, que é o Dia do Senhor), e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,

Que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último”.

  Quem é o Alfa e o Ômega; quem é o primeiro e o último? Nosso amado Salvador Jesus Cristo. É a Voz de Jesus Cristo no Último Dia, no sétimo milênio, falando à Sua Igreja.

  E o que Ele prometeu falar à Sua Igreja no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio? Em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, diz:

  “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”.

  As coisas que acontecerão depois das que já aconteceram nestes dois mil anos que transcorreram; agora estarão acontecendo coisas no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio.

  E agora, Cristo as promete revelar e nos diz: “Sobe aqui”. Onde vamos subir? Será ao Céu? E no que vamos ao Céu: em algum avião ou em algum foguete? Não o há. É subir à etapa ou era da Igreja de Jesus Cristo que corresponde a este tempo final, onde Ele está manifestado e onde está se revelando por meio do Seu Anjo Mensageiro; porque a revelação de Jesus Cristo, quem a traz é Seu Anjo Mensageiro.

  E agora, Cristo chamando e juntando Seus escolhidos no Último Dia com essa Grande Voz de Trombeta; na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino, aí é onde Ele nos chama a subir para Ele nos mostrar todas estas coisas que devem acontecer no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio.

  E agora, por meio de quem nos estará mostrando todas estas coisas que em breve devem acontecer? Recordem que Ele é o Alfa e o Ômega, Ele é o primeiro e o último, Ele é nosso amado Senhor Jesus Cristo, é essa Grande Voz de Trombeta prometida para o Último Dia, para chamar e juntar os escolhidos, essa é a Voz de Cristo nos falando por meio do Seu Anjo Mensageiro neste tempo final todas estas coisas que em breve devem acontecer.

  Vejamos Apocalipse, capítulo 22, versículo 6; diz:

  “E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer”.

  A quem envia? Ao Seu Anjo Mensageiro (para que?), para mostrar ao Seus servos (que coisas?) as coisas que em breve devem acontecer. Nenhuma pessoa poderá compreender as coisas que devem acontecer no Último Dia, embora já estejam profetizadas, mas não as poderão entender, a não ser que seja por meio da Mensagem de Jesus Cristo através do Seu Anjo Mensageiro nos dando testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer; Seu Anjo Mensageiro nos mostrando as Escrituras, nos abrindo as Escrituras e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer; as quais estão colocadas aqui no livro do Apocalipse, nestes símbolos apocalípticos, e estão também nas profecias dos apóstolos e estão também nas profecias dos profetas do Antigo Testamento e das profecias do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

  Agora, vimos que para o tempo final é necessário a revelação do Último Dia, que é a revelação do Sétimo Selo; e o Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo. É necessário a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação; e essa é a revelação que traz o Anjo do Senhor Jesus Cristo para todos os filhos e filhas de Deus, este é o Anjo enviado por Jesus Cristo:

  “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas”.

  É um mensageiro, um profeta mensageiro dispensacional, enviado para dar testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer, dar testemunho delas a todas as Igrejas, a todos os cristãos, a todos os seres humanos que vivem neste planeta Terra e a todas as nações que existem no planeta Terra.

  Agora, vimos como podemos obter e como a Igreja de Jesus Cristo obteria a revelação do Último Dia, a revelação do Sétimo Selo, a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação; e Ele vem com Seus Anjos para recompensar a cada um conforme as suas obras.

  E quais são os Anjos do Filho do Homem? Os Anjos do Filho do Homem são as Duas Oliveiras; e esses são os ministérios de Moisés e Elias, que vêm com a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino revelando todos estes mistérios, vêm com essa Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino chamando e juntando a todos os escolhidos de Deus.

  Esses ministérios estarão manifestados em carne humana em um homem deste tempo final, que será o Anjo do Senhor Jesus Cristo; e Jesus Cristo em Espírito Santo estará manifestado nesse Anjo Mensageiro e estará operando o ministério de Jesus por segunda vez nesse Anjo Mensageiro, e estará operando o ministério de Moisés por segunda vez e o ministério de Elias por quinta vez.

  Esses três grandes ministérios estarão no Anjo do Senhor Jesus Cristo, onde estará Jesus Cristo manifestado em Espírito Santo no Último Dia; e isso será a Vinda do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, e a Vinda do Anjo Forte que desce do Céu em Apocalipse, capítulo 10; isso será a Vinda do Verbo, a Vinda da Palavra encarnada em um homem, encarnada no Anjo do Senhor Jesus Cristo.

  Com razão, João o apóstolo quis adorar o Anjo de Jesus Cristo em duas ocasiões: em Apocalipse, capítulo 19, versículo 9 ao 10, e Apocalipse, capítulo 22, versículos 6 ao 9; mas o Anjo lhe disse: “Olhe, não o faças; eu sou conservo teu, e dos teus irmãos. Adora a Deus”. Por quê? Porque a hora vem quando os verdadeiros adoradores adorarão ao Pai em espírito e em verdade; e por isso é que o Anjo diz que adore a Deus, porque a Deus se adora em espírito e em verdade.

  Não é adorando a um homem, mais adorando a Deus em espírito e em verdade.

  Esse Anjo é o profeta final, o profeta da Era da Pedra Angular e da Dispensação do Reino. É a primeira vez que Deus envia à Sua Igreja um profeta dispensacional, e também é o último, porque depois desse profeta dispensacional não vêm mais profetas dispensacionais, esse é o Benjamim dos profetas, ou seja: o último dos profetas dispensacionais; e é também o último mensageiro que Deus envia à Terra, à Sua Igreja.

  Portanto, com a manifestação de Jesus Cristo em Espírito Santo nesse Anjo Mensageiro, nesse profeta mensageiro, leva a um feliz cumprimento todo o Programa Divino correspondente a este tempo final; e os mortos em Cristo ressuscitarão em corpos eternos e nós os que vivemos seremos transformados, e isto é para o Último Dia, ou seja: para o sétimo milênio.

  Se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem já estamos no sétimo milênio, mas se não acrescentamos ao calendário os anos de atraso que tem, faltam somente muito poucos anos: falta o que resta de 98, em seguida falta o 99 e o ano 2000; e assim, com o ano 2000 termina o sexto milênio e termina o século XX e começa o século XXI depois, e começa o sétimo milênio.

  Isso é se deixarmos o calendário tal e como está, mas até nos jornais foi publicado que o calendário está atrasado; e se está atrasado o calendário dos seres humanos, a pergunta é: E o de Deus estará atrasado, teria se atrasado o calendário de Deus? A Deus não atrasam as coisas que Ele tem para realizar e Seu calendário está em dia.

  Agora, podemos ver onde nos encontramos no Programa Divino: nos encontramos no Último Dia, no sétimo milênio (que é o Último Dia diante de Deus, mas para os seres humanos é o sétimo milênio), e nos encontramos no primeiro século do sétimo milênio se acrescentar ao calendário os anos de atraso que tem; ou seja: que nos encontramos no século XXI, isso é acrescentando ao calendário os anos de atraso que tem.

  Mas não vamos ter discussões quanto a se queremos acrescentar ou não queremos acrescentar; eu lhes dou testemunho das coisas que estarão acontecendo no século XXI e no sétimo milênio, porque essas são coisas que começam a acontecer no século XXI, que é o primeiro século do sétimo milênio.

  E agora, chegamos ao tempo onde necessitamos a revelação do Último Dia, que é a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação. Assim como para o tempo de Jesus as pessoas daquele tempo necessitavam a revelação daquele dia, daquele tempo, que era a revelação, a Vinda de Cristo, Sua Primeira Vinda como Cordeiro de Deus; e as pessoas que não tiveram essa revelação, falharam e rejeitaram Cristo como Messias do povo hebreu, como Rei de Israel. Estavam cegos os que não tinham a revelação daquele dia, que era a revelação da Primeira Vinda de Cristo.

  Bem disse Jesus quando clamou[]:

  “... Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos.

Sim, ó Pai, porque assim te aprouve.

Todas as coisas me foram entregues por meu Pai; e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.”.

  E para o Último Dia, na Vinda do Sétimo Selo, na Vinda do Senhor para este tempo final, ninguém conhecerá quem é o Anjo do Senhor Jesus Cristo e ninguém conhecerá Cristo em sua Segunda Vinda, a não ser Seu Anjo; e ninguém conhecerá o anjo, a não ser Jesus Cristo e aquele a quem o Anjo o quiser revelar por meio da Sua Mensagem do Evangelho do Reino revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

  Somente por meio da Mensagem de Jesus Cristo através do Seu Anjo é que podemos conhecer quem é o Anjo de Jesus Cristo e podemos conhecer o mistério da Segunda Vinda de Cristo, o mistério do Sétimo Selo, que quando foi aberto no Céu causou silêncio como por meia hora do Céu.

  E agora, vimos que é necessária a revelação do Céu, como Pedro quando foram perguntados os discípulos de Jesus Cristo pelo próprio Cristo quando disse: “Quem dizem os homens que é o Filho do Homem?”.

  Começaram a responder os discípulos de Jesus Cristo e disseram: “Uns, João  Batista”, ou seja: que algumas pessoas pensavam que era João Batista, mas não o tinham visto, não tinham percebido que João Batista tinha batizado Jesus e que tinham estado aqui na Terra, os dois juntos, ministrando a Palavra; outros pensavam, outras pessoas pensavam que era quem? Outras pessoas pensavam que era o profeta Elias, e outros pensavam que era o profeta Jeremias e outros pensavam que era algum dos profetas que tinha ressuscitado.

  E Ele lhes disse; Jesus lhes diz: “E vós, quem dizeis que eu sou? Quem dizeis que sou eu?”

  Respondendo Simão Pedro, disse: “Tu, Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo, o Filho de Deus”.

  E Jesus lhe diz: “E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue quem o revelou, mas meu Pai, que está nos céus”.

  Essa é a revelação que é necessária para este Último Dia, para obter o conhecimento da Segunda Vinda de Cristo, para obter o conhecimento do Sétimo Selo sendo aberto neste planeta Terra; e essa revelação, vejam vocês, é do Céu e vem por meio da Mensagem e mensageiro enviado por Cristo, que é o Anjo do Senhor Jesus Cristo; essa é a revelação que Ele traz para todos os filhos e filhas de Deus no Corpo Místico de Cristo, na Era da Pedra Angular; e com essa mesma Mensagem; são chamados e juntados todos os escolhidos de Deus neste tempo final.

  E quando uma pessoa que tem seu nome escrito no Livro da Vida do Cordeiro escuta a Mensagem do Sétimo Selo, que é a Mensagem, a revelação do Último Dia, a revelação da Segunda Vinda de Cristo sendo revelada essa revelação, sendo revelado esse mistério; essa Palavra chega ao profundo da sua alma e abre o entendimento da pessoa, e a pessoa diz: “Isto eu o entendo! Isto era o que eu estava esperando!”

  E todos os filhos e filhas de Deus, pois, estão esperando a revelação do Último Dia, que é a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação; e isso é A REVELAÇÃO DO SÉTIMO SELO.

  Esse é o mistério contido no Sétimo Selo: a Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação, a Vinda do Verbo, da Palavra encarnada em um homem no Último Dia.

  Mas esse homem não é Jesus Cristo, esse homem é o Anjo do Senhor Jesus Cristo; e por isso foi que não quis aceitar a adoração que João lhe ofereceu, porque ele é um homem deste tempo final no qual Jesus Cristo em Espírito Santo estaria manifestado cumprindo Suas promessas correspondentes ao Último Dia e nos dando a revelação do Último Dia, que é a revelação do Sétimo Selo, a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação.

  É a Vinda do Anjo do Pacto, do Anjo do Senhor, de Jesus Cristo em Espírito Santo manifestado em Seu Anjo Mensageiro nos revelando este grande mistério, o mistério que causou silêncio no Céu como por meia hora, o mistério do Sétimo Selo, o mistério da Sua Segunda Vinda à Terra.

  Mas recordem; o Anjo do Senhor Jesus Cristo, através do qual Cristo estará manifestado e estará nos falando com essa Grande Voz de Trombeta e nos estará revelando todos estes mistérios do Sétimo Selo, esse Anjo não é o Senhor Jesus Cristo. Ele é um homem deste tempo final, um profeta mensageiro dispensacional com a Mensagem do Evangelho do Reino, com a Mensagem que corresponde a este tempo final, com essa Mensagem da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino nos dando a revelação do Último Dia, a revelação do Sétimo Selo, a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação, vindo à Sua Igreja no Último Dia para nos dar a fé de rapto, a fé para ser transformados e raptados, a fé que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo.

  E em seguida se revelará ao povo hebreu no tempo assinalado por Deus, e o povo hebreu dirá: “Este é o que nós estamos esperando!” Pois o povo hebreu o verá manifestado, revelado no meio da Sua Igreja gentia.

  Chegamos ao tempo onde é necessária a revelação do Último Dia, que é a revelação do Sétimo Selo, a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em sua Obra de Reclamação; e essa revelação somente a podemos obter por meio da manifestação de Jesus Cristo em Espírito Santo através do Seu Anjo Mensageiro, o qual é enviado para dar testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

  “O SÉTIMO SELO: A REVELAÇÃO DO ÚLTIMO DIA”.

  Qual é a revelação do Último Dia? O Sétimo Selo, a Segunda Vinda de Cristo.

  Foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês, amáveis amigos e irmãos presentes aqui no teatro, no Cinema Tikal e também com cada um de vocês, amáveis radiouvintes e amáveis telespectadores.

  Que as bênçãos de Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, nosso Salvador, sejam sobre cada um de vocês e sobre mim também; e nos encha do conhecimento do Seu Programa, e nos prepare para ser transformados e raptados neste tempo final, e nos leve à Ceia das Bodas do Cordeiro, à Casa do nosso Pai celestial. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

  Vamos pedir ao reverendo Miguel Bermúdez Marín que esteja conosco aqui.

  Agora (enquanto ele chega), onde estão as pessoas que veriam o Sétimo Selo e obteriam a revelação do Último Dia? Pois aqui estamos na Guatemala um grupo e em diferentes países da América Latina e do Caribe, porque sobre a América Latina e o Caribe caiu a bênção do Sétimo Selo, a revelação do Último Dia.

  Que Deus os abençoe e os guarde, e muito obrigado por vossa amável atenção, e passem todos, muito boa noite.

  Conosco novamente o reverendo Miguel Bermúdez Marín para dar a todos vocês, radiouvintes e telespectadores, os telefones e endereços aos quais podem se comunicar.

  Deus continue abençoando a todos.

  “O SÉTIMO SELO: A REVELAÇÃO DO ÚLTIMO DIA”.

  [Revisado abril 2019]

Encuéntrenos

Carretera No.1 Km 54.5
Barrio Monte Llano
Cayey, Puerto Rico
00736

Twitter