ImprimirImprimir

Muito boa tarde amados amigos e irmãos presentes. É para mim uma grande bênção estar com vocês nesta ocasião para compartilhar uns momentos de companheirismo em torno da Palavra de Deus sob o tema: “AS BÊNÇÃOS DO SÉTIMO SELO”.

         Sob o Sétimo Selo estão as grandes bênçãos para todos os filhos e filhas de Deus que vivem neste tempo final; para o qual necessitamos ver o que é o Sétimo Selo; para o qual vamos ler em Apocalipse, capítulo 5, versículo do 1 ao 7, e em seguida leremos no capítulo 8, versículo 1 ao 5, também. Diz:

         “E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos.

E vi um anjo forte, bradando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos?

E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele.

E eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro, nem de o ler, nem de olhar para ele.

E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.

E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra.

E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono.”

         E em Apocalipse, capítulo 8, versículo 1 em diante, diz assim:

         “E, havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora.

E vi os sete anjos, que estavam diante de Deus, e foram-lhes dadas sete trombetas.

E veio outro anjo, e pôs-se junto ao altar, tendo um incensário de ouro; e foi-lhe dado muito incenso, para o pôr com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro, que está diante do trono.

E a fumaça do incenso subiu com as orações dos santos desde a mão do anjo até diante de Deus.

         E o anjo tomou o incensário, e o encheu do fogo do altar, e o lançou sobre a terra; e houve depois vozes, e trovões, e relâmpagos e um terremoto.”

 

Nosso tema é: “AS BÊNÇÃOS DO SÉTIMO SELO”.

         Lemos no capítulo 8, versículo 1 em diante, de Apocalipse, que o Sétimo Selo foi aberto no Céu, e quando foi aberto no Céu houve silêncio como por meia hora.

         O Sétimo Selo é o maior mistério de todos os mistérios de Deus: é o mistério da Segunda Vinda de Cristo; e quando esse mistério foi aberto, nesse Sétimo Selo no Céu, houve silêncio como por meia hora (das do Céu); porque no Céu nem na Terra, ninguém sabia quando seria a Sua Vinda, ninguém sabia o mistério da Sua Vinda, como seria e os detalhes da Sua Vinda; somente todos tinham as profecias dadas por Deus através de Seus profetas no Antigo Testamento e no Novo Testamento, mas saber, conhecer o mistério da Segunda Vinda de Cristo, ninguém sabia, ninguém conhecia esse mistério.

         E quando esse mistério foi aberto no Céu, no capítulo 8, versículo 1, houve silêncio; as hostes celestes, querubins, serafins, anjos, arcanjos, todos no Céu guardaram silêncio; não houve adoração, não houve nada no Céu, para assim conservar o segredo desse mistério que foi aberto no Céu e foi conhecido no Céu; mas não podia ser proclamado no Céu o mistério, para que o inimigo de Deus, o diabo, não se inteirasse do segredo do mistério sob o Sétimo Selo, que é o segredo da Segunda Vinda de Cristo; para que esse mistério se cumprisse perfeitamente na Terra conforme as profecias bíblicas, sem que o diabo soubesse que se estava cumprindo a Segunda Vinda de Cristo; para que assim tudo se realizasse conforme o Programa de Deus e chegue a feliz cumprimento todo o Programa Divino sob o Sétimo Selo, e os filhos e filhas de Deus recebam as bênçãos do Sétimo Selo neste tempo final.

         Recordem que este Sétimo Selo está aqui no Livro dos Sete Selos, e o segredo nesse Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo. E nos disse o precursor da Segunda Vinda de Cristo…, o qual veio para preparar o povo com a Mensagem de Cristo através de Seu sétimo anjo mensageiro. Preparando o povo para que? Para a Segunda Vinda de Cristo; revelando ao povo o que o povo ia necessitar para saber como seria a Vinda de Cristo no Último Dia e o que seria a Vinda de Cristo no Último Dia, ou seja: a abertura do Sétimo Selo no meio dos seres humanos neste planeta Terra.

         Em 28 de fevereiro de 1963 apareceu no céu um sinal muito grande, o qual não pode passar despercebido, pois os sinais que Deus mostra no céu, dão testemunho do que Deus faz aqui na Terra.

         Quando nosso amado Senhor Jesus Cristo nasceu em Belém da Judéia houve um grande sinal no céu, o qual é chamado a Estrela de Belém. Uns magos estudiosos dos astros…, eram astrólogos e também cientistas daquele tempo, porque a astrologia e a astronomia estavam juntas; os astrônomos também eram astrólogos, tinham ambos os conhecimentos estes cientistas, na maior parte das ocasiões.

         Agora vejam vocês, os astrólogos veem coisas espirituais nos céus nesses sinais, e nas estrelas, e todas estas coisas no zodíaco; e os astrônomos veem coisas físicas, e não dão uma aplicação espiritual que estejam relacionada com os acontecimentos espirituais do Programa de Deus na Terra.

         Agora, aqueles magos ou sábios que vieram do oriente, vieram desde a Babilônia, e viajaram da Babilônia para a terra de Israel.; a terra de Israel está a oeste da Babilônia, porque se vocês podem ver em um mapa, vocês neste mapa verão que a Babilônia se encontra aqui, e a oeste da Babilônia se encontra Israel. Toda esta trajetória tomaram os magos. Pôde ser que eles viessem por esta rota e chegaram até Jerusalém; demorou bastante tempo até chegar a esse lugar.

         Agora, eles quando viram esse sinal no céu, sobre os céus de Israel, olhando desde a Babilônia, olhando para o oeste, para a terra de Israel, eles viram esse sinal sobre os céus de Israel e eles compreenderam que o Messias prometido ao povo hebreu já estava na Terra.

         E eles eram estudiosos das profecias bíblicas, pois lá viveu na Babilônia o profeta Daniel e outros profetas de Deus, pelo qual eles tinham as Escrituras destes profetas e de outros profetas.

         Por exemplo, os setenta anos que o povo hebreu estaria na terra da Babilônia, uma profecia dada por um dos profetas de Deus, essa profecia o profeta Daniel a conhecia; vejam, e essa profecia estava lá na Babilônia e também ficou gravada no livro do profeta Daniel.

         Daniel, quando viu que faltavam somente dois anos para completar o tempo dos setenta anos, soube que esses dois anos que faltavam era um bom tempo para o povo se preparar espiritualmente com Deus; Daniel orou por seu povo, clamou a Deus, e foi pelos dois anos que faltavam dos setenta anos.

         E lhe foram dadas também as setenta semanas, nas quais o povo hebreu estaria recebendo um trato da parte de Deus; ou seja: que o profeta Daniel teve uma bênção muito grande, pois para esse tempo, o profeta Daniel recebeu grandes revelações da parte de Deus, entre as quais recebeu a revelação das setenta semanas de anos que estavam determinadas para o povo hebreu, e na semana número setenta o Messias estaria na Terra em Seu ministério, e na metade dessa semana a vida do Messias seria tirada.

         Agora, para chegar à semana setenta e o Messias ter Seu ministério, pois tinha que nascer anos antes, crescer, se tornar um jovem, em seguida um adulto e depois começar Seu ministério; agora, ninguém sabia quantos anos teria o Messias quando Seu ministério começasse na Terra.

         Se alguma pessoa soubesse aos quantos anos o Messias começaria Seu ministério na Terra…, já se sabe por que, já é história, mas se alguma pessoa soubesse que o Messias teria cerca dos 30 anos ao começar Seu ministério e que morreria aos 33 anos, pois então saberiam que 33 anos antes de chegar à metade da semana número setenta, o Messias nasceria na Terra, estaria na Terra.

         Agora, esteve, vejam vocês, no meio do povo hebreu, por vinte e nove anos e meio, e ninguém sabia que o Messias estava na Terra. Nasceu em Belém da Judéia, conforme a profecia, e os magos viram o sinal no céu; porque quando Deus vai fazer algo aqui na Terra, no céu mostra o sinal do que Ele fará na Terra; porque “os céus contam a glória de Deus, e a expansão denuncia a obra de Suas mãos”, o céu.

         O céu é a primeira Bíblia. Antes de ter esta Bíblia escrita, o povo, Adão e todos estes homens do passado, tiveram a Bíblia escrita no céu, ou seja: o céu com suas estrelas, o zodíaco, todas estas coisas; e aí eles olhavam e liam a Palavra de Deus.

         Por isso, vejam vocês, na primeira Bíblia uma estrela diz que sairia de Jacó. Na primeira Bíblia saiu uma estrela, se viu uma estrela, e os magos leram nessa primeira Bíblia e viram essa estrela.

         E agora nós; vejam vocês, e o povo hebreu, podia ler na Bíblia escrita e aí aparecia que de Jacó sairia uma estrela. E quando Jesus nasceu em Belém da Judéia ali estava essa estrela, o qual em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, e Apocalipse, capítulo 2, versículo 28, diz: “Ao que vencer, eu lhe darei a Estrela da Manhã”. (Apocalipse, capítulo 2, versículo 28). E Apocalipse 22, versículo 16, diz: “Eu sou a Estrela resplandecente da Manhã”.

         Ali estava a Estrela resplandecente da Manhã encarnada, ali estava a Estrela resplandecente da Manhã, que era um homem, o Messias, o qual estava representado na estrela resplandecente da manhã que todos os dias as pessoas que madrugam podem ver.

         E essa estrela resplandecente da manhã, que é qual planeta? O planeta Vênus; o planeta Vênus representa, tipifica, a Primeira e Segunda Vinda de Cristo.

         Por isso Ele disse: “Eu sou a Estrela resplandecente da Manhã”, e ao que vencer lhe dará a Estrela resplandecente da Manhã: dará a Sua Segunda Vinda no Último Dia, na manhã de um novo dia dispensacional e na manhã de um novo dia milenial, ou seja: na manhã ou começo do sétimo milênio, onde a Segunda Vinda de Cristo estaria sendo cumprida para trazer as bênçãos prometidas para a Sua Segunda Vinda para todos os filhos e filhas de Deus.

         No livro… vejam vocês, aqui em Apocalipse nos fala das bênçãos de Deus e nos diz em Apocalipse, capítulo 21, versículo 7:

         “Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.”

         Quem são os que obterão a vitória? Pois os filhos e filhas de Deus, porque diz: “… herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho”. E isto é aplicado a todos os filhos e filhas de Deus, e também é aplicado ao Anjo Mensageiro que estará no Último Dia, na Era da Pedra Angular, obtendo a grande vitória no Amor Divino.

         Ele herdará todas as coisas; ele herdará, por exemplo, a bênção que foi dada em cada uma das eras; onde, vejam vocês, estas bênçãos que foram faladas… Assim como foram faladas no meio do povo hebreu, no monte Gerizim, as bênçãos, assim também estiveram sendo faladas as bênçãos de era em era pelo Espírito Santo; e estas bênçãos que são faladas a mensageiros; encontramos que ao final um herdará todas essas bênçãos.

         Por exemplo, aqui em Apocalipse, capítulo 2, versículo 7, diz:

         “Que tem ouvido, ouça o que o Espírito diz às Igrejas”.

         Pois o Espírito Santo, que é Jesus Cristo em Espírito Santo, estava falando na primeira era da Igreja gentia por meio de São Paulo, o primeiro anjo mensageiro, e assim também falou por meio de cada anjo mensageiro de era em era; era a Voz do Espírito Santo por meio de carne humana no mensageiro de cada era. Por isso sempre diz: “quem tem ouvido, ouça o que o Espírito diz às Igrejas”.

         Vimos à forma de falar, o Espírito Santo, de era em era ao Seu povo, e é por meio do mensageiro que Ele tem em cada era. Assim é como estará falando também na Era da Pedra Angular, e nos estará revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, e estará nos revelando as bênçãos que Cristo estará nos dando neste tempo final sob o Sétimo Selo, ou seja: sob o cumprimento da Sua Segunda Vinda.

         “Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus”.

         A Árvore da Vida é Cristo, e Cristo esteve no meio da Sua Igreja de era em era, se manifestando por meio de cada anjo mensageiro em cada era. Assim como esteve no Jardim do Éden, pois a Árvore da Vida lá no Jardim do Éden é Cristo, o qual estava ali em Seu corpo teofânico, estava em Espírito, e Adão não podia comer da Árvore da Vida até que a Árvore da Vida (que é Cristo) se fizesse carne, para assim poder comer da Árvore da Vida, que é Cristo.

         E agora se encontra no Jardim, no meio o Paraíso de Deus; se encontra no meio da Sua Igreja de era em era. E para os filhos e filhas de Deus regressarem à vida eterna com um corpo eterno, estarão comendo desta Árvore da Vida.

         Agora, é no Último Dia, depois de ter comido para obter o corpo teofânico (de era em era assim aconteceu)…; agora, para obter o corpo físico glorificado e eterno, vem a Palavra encarnada em um homem, no Anjo de Jesus Cristo, e nos dá a comer a Palavra de Deus correspondente ao Último Dia, nos dá a comer esse Título de Propriedade, o qual ele primeiramente o come, pois lhe é dado pelo Anjo que desce do Céu, o Anjo Forte, para que o coma; e ele o come e fala conforme ao conteúdo desse Livrinho que foi aberto no Céu; e quando nos dá sua Mensagem, está nos dando o conteúdo desse Livro dos Sete Selos que foi aberto no Céu.

         E agora, o Anjo Mensageiro de Jesus Cristo no Último Dia estará comendo esse Livrinho que foi aberto no Céu; e o traz Cristo, o Anjo Forte, e o entrega ao Seu Mensageiro do Último Dia; e assim estará comendo da Árvore da Vida, para obter a imortalidade no Último Dia, obter a imortalidade física também; já que a imortalidade do espírito, a imortalidade interior, se obtém quando a pessoa recebeu Cristo como seu Salvador, creu em Cristo e em Seu sacrifício na Cruz do Calvário, e lavou seus pecados no Sangue de Cristo, e recebeu o Espírito de Cristo; a pessoa obteve vida eterna. Isso é o que Jesus diz em São João, capítulo 6, versículo 40, quando diz:

         “Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”

         E em São João, capítulo 5, versículo 24, diz:

         “Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.”

         Passou da morte a vida a pessoa quando escutou a Palavra de Cristo e creu nele como seu Salvador, e lavou seus pecados no Sangue de Cristo, e recebeu o Espírito de Cristo; e assim nasceu de novo, conforme a como Cristo disse a Nicodemos, que era necessário nascer de novo para ver o Reino de Deus e para entrar no Reino de Deus.

         Nenhuma pessoa pode entrar no Corpo Místico de Cristo, à Igreja de Jesus Cristo, sem ter crido em Cristo como seu Salvador, ter lavado seus pecados no Sangue de Cristo e ter recebido o Espírito de Cristo; porque assim é como se efetua na pessoa o novo nascimento.

         Agora, podemos ver aqui que os filhos e filhas de Deus, manifestados no Corpo Místico de Cristo, são as pessoas que creram em Cristo como seu Salvador e lavaram seus pecados no Sangue de Cristo e receberam Seu Espírito Santo. Essas são as pessoas que para o Último Dia, se seus corpos físicos morreram, serão ressuscitados em corpos eternos, corpos incorruptíveis, corpos glorificados, corpos iguais ao corpo de nosso amado Senhor Jesus Cristo; e os que permaneçamos vivos e virmos os mortos em Cristo ressuscitados no Último Dia quando eles ressuscitarem, seremos transformados; e teremos assim o corpo novo e eterno, o corpo glorificado; e seremos iguais o nosso amado Senhor Jesus Cristo, e então veremos ao nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         Nós, estando nestes corpos mortais, pois não podemos ver os que estão em corpos teofânicos da sexta dimensão, porque estamos em outro tipo de corpo; e assim também é com Jesus Cristo e nós: Ele está em outro tipo de corpo, em um corpo eterno, um corpo glorificado, e nós estamos em um corpo mortal, corruptível e temporário; mas quando obtivermos o mesmo tipo de corpo do Senhor Jesus Cristo, então o veremos também.

         Assim como nos vemos uns aos outros porque estamos no mesmo tipo de corpo, assim quando estivermos no mesmo tipo de corpo do Senhor Jesus Cristo, o veremos, e veremos todos os Santos que ressuscitarão, e nos veremos uns aos outros, porque estaremos no corpo eterno e glorificado que Ele prometeu para cada um de vocês e para mim também; para todos os filhos e filhas de Deus, para todos os que obtiveram primeiramente o novo nascimento, em seguida obterão o corpo eterno.

         Agora, todas estas bênçãos estão no Sétimo Selo, ou seja: na Segunda Vinda de Cristo; são bênçãos que em outro tempo não seriam dadas aos filhos e filhas de Deus, porque são bênçãos que estão prometidas para o Último Dia.

         E agora, sendo que o Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo, a Segunda Vinda de Cristo vem com grandes bênçãos para todos os filhos e filhas de Deus. E o Sétimo Selo sendo aberto na Terra aos filhos e filhas de Deus e o Sétimo Selo sendo aberto na Terra quanto ao seu cumprimento são duas coisas diferentes.

         O Sétimo Selo sendo aberto na Terra quanto ao seu cumprimento é o cumprimento da Segunda Vinda de Cristo. E o que será o cumprimento da Vinda de Cristo? O que será o cumprimento do Sétimo Selo na Terra?

         No livro Os Selos em espanhol, página 469, o precursor da Segunda Vinda de Cristo fala sobre esta nuvem que foi formada a 26 milhas de altura [41,8 km] sobre os céus do Arizona, a qual ele foi levado e colocado nesta nuvem; ele foi levado em espírito, ou seja: em seu corpo teofânico, por um Anjo dos anjos que estavam aqui nesta nuvem.

         Esta nuvem; vejam vocês, apareceu assim, mas se a virarmos para direita, encontraremos que forma o rosto do Senhor: aqui a barba está formada e aqui está o cabelo branco formado também.

         E agora, vejamos o que isto significa; diz o precursor da Segunda Vinda de Cristo na página 469 do livro Os Selos em espanhol, nos falando sobre esta nuvem, diz:

         “153. E notaram que disse que um desses anjos era muito diferente? Pareceu-me muito distinto dos demais. Estavam em uma constelação com três a cada lado e um acima; e o que estava ao meu lado, contando desde a esquerda para a direita (está falando deste Anjo, porque esta nuvem está formada por anjos, é uma nuvem de glória, diz), esse seria o sétimo Anjo. Ele era mais brilhante e significava mais para mim que os demais. Disse-lhes que tinha o peito assim robusto e estava voando para o Oriente. Disse-lhes também que: ‘Me levantou, me elevou’”.

         Qual desses anjos foi o que levantou o precursor da Segunda Vinda de Cristo e o colocou nesta nuvem? Foi o Anjo que era diferente dos demais. Diz:

         “Lembram-se?

         154. Agora, aqui está! Era o que tinha o Sétimo Selo…”

         Qual destes anjos é o que tem o Sétimo Selo? O Anjo que é diferente dos demais, o qual, o encontramos aqui formando o cabelo branco do Senhor. E assim como os demais anjos, que são os sete anjos das sete eras da Igreja gentia que estão aqui, para poder ter seus ministérios aqui na Terra tiveram que vir em carne humana e ter seus ministérios aqui na Terra…; terminaram seus ministérios e se encontram no Paraíso, na sexta dimensão, em seus corpos teofânicos, para esperar o cumprimento pleno e a obra plena do Sétimo Selo, ou seja: da Vinda do Senhor.

         E sendo que o Sétimo Selo, este Anjo o tem: este Anjo tem que vir velado e revelado em carne humana no Último Dia para cumprir o Sétimo Selo aqui na Terra, para ser aberto quanto ao seu cumprimento o Sétimo Selo aqui na Terra e cumprir com o ministério correspondente ao Sétimo Selo, ou seja: cumprir com o ministério correspondente à Segunda Vinda de Cristo com Seus Anjos, que são os ministérios de Moisés por segunda vez, de Elias por quinta vez e de Jesus por segunda vez.

         Este Anjo que era diferente dos demais estará manifestando na Terra em carne humana os ministérios de Moisés, de Elias e de Jesus, que são os ministérios prometidos para estarem manifestados na Terra no Último Dia, na Era da Pedra Angular, para trazer as bênçãos divinas a todos os filhos e filhas de Deus; porque as bênçãos de Deus para os filhos e filhas de Deus vêm no Último Dia no Sétimo Selo, que é a Vinda do Senhor com Seus Anjos como Leão da tribo do Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação.

         Agora vejam; este Anjo que era diferente dos demais, é Cristo, é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, quem para o Último Dia em Apocalipse está prometido para vir como o Anjo Forte que desce do Céu vestido de uma nuvem e com o arco íris em torno da Sua cabeça, e vem descendo do Céu com Seus olhos como chamas de fogo, com Seus pés como colunas de fogo ou como latão reluzente, como que refinados em uma fornalha, e coloca Seu pé direito sobre o mar e o esquerdo sobre a Terra, e diz:

         “… e clamou a grande voz, como ruge um leão; e havendo clamado, sete trovões emitiram suas vozes”.

         Cristo clamando como quando ruge um leão, e emitindo e clamando, e sete trovões emitindo suas vozes, vejam vocês, acontece Ele colocando Seu pé direito sobre o mar e o esquerdo sobre a Terra; ou seja: que os Trovões emitem suas vozes (onde?) aqui na Terra, na Vinda do Anjo Forte que desce do Céu.

         E agora, para poder escutar a Voz de Cristo, o Anjo Forte, Ele tem que ter um véu de carne através do qual esteja manifestado no Último Dia e esteja nos falando com essa Voz dos Sete Trovões, esteja nos falando com essa Voz como de leão, como quando um leão ruge; porque vem como Leão da tribo do Judá.

         Portanto estará falando como o Leão da tribo do Judá, ou seja: como Rei dos reis e Senhor dos senhores; porque o leão representa a Cristo como Rei dos reis e Senhor dos senhores, como também o sol representa a Cristo como Rei dos reis e Senhor dos senhores; porque Ele é a Luz do mundo e “aos que temem que meu Nome, nascerá o Sol de Justiça (ou seja: a Segunda Vinda de Cristo), e em Suas asas trará salvação”; ou seja: em Seus ministérios de Seus Anjos, nos ministérios de Seus Anjos, que são os ministérios das Duas Oliveiras, os ministérios de Moisés e Elias, aí trará salvação para todos os filhos e filhas de Deus.

         Porque as bênçãos de Deus vêm no Sétimo Selo, no Último Dia, ou seja: na Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos, como está prometido; e por meio dessa manifestação é que estaremos escutando a Voz de Cristo, por meio de Seu Anjo Mensageiro nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

         Por isso em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, diz: “Sobe aqui (aonde? À Era da Pedra Angular), e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”. As coisas que hão que acontecer no tempo da Era da Pedra Angular, são as coisas que hão que acontecer no Último Dia, no sétimo milênio, as quais são as coisas profetizadas para acontecer depois das sete etapas ou eras da Igreja gentia.

         E agora vejam como o Sétimo Selo, o tem o Anjo que era diferente dos demais; e para cumprir o Sétimo Selo aqui na Terra, o Anjo que tem esse Selo tem que vir manifestado na Terra no Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo, para assim estar cumprindo o conteúdo desse Sétimo Selo e assim cumprir a Vinda do Anjo Forte que desce do Céu vestido de uma nuvem, em Apocalipse, capítulo 10, versículo 1 ao 11, e assim também cumprir a Vinda do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse, capítulo 19, versículo 11 ao 21.

         E agora, vamos ver o que será a Vinda do Anjo Forte que desce do Céu e o que será a Vinda do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, conforme ao que profetizou o precursor da Segunda Vinda de Cristo, o precursor do Anjo Forte que desce do Céu e precursor do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19; porque ambas as passagens estão profetizando a Segunda Vinda de Cristo, a Vinda do Anjo que era diferente dos demais.

         E agora, na página 57 do livro Os Selos em espanhol, diz o reverendo William Branham:

         “‘E vi outro anjo forte descer do céu, vestido de uma nuvem, e o arco celeste sobre sua cabeça…’.

         17. Agora, se você se notar bem, notará que esta pessoa é Cristo, porque até no Antigo Testamento Ele foi chamado o Anjo do Pacto; e Ele agora vem diretamente aos judeus porque a Igreja chegou a seu fim. Agora continuando:

         ‘… e seu rosto era como o sol, e seus pés como colunas de fogo’.

         18. Lembram do Anjo de Apocalipse capítulo 1? Este é o mesmo. Um anjo é um mensageiro, e ele é um mensageiro a Israel”.

         Quem é o mensageiro a Israel? É o Anjo Forte que desce do Céu, o qual é Cristo em Sua Segunda Vinda, o qual é o Anjo que era diferente dos demais, o qual se encontra nesta nuvem formada por anjos; nuvem que foi vista por milhares de pessoas e foi fotografada e foi publicada em revistas norte-americanas. E agora, continua dizendo:

         “Um anjo é um mensageiro, e ele é um mensageiro a Israel. Vê você? A Igreja está a ponto de ser raptada; Ele vem por Sua Igreja”.

         Agora, vejam vocês, o mensageiro a Israel, que é o Anjo do Pacto, que é o Anjo que era diferente dos demais, vem para Israel, vem diretamente ao povo hebreu; mas por quanto a Sua Igreja gentia está a ponto de ser raptada (porque chegou o tempo para os mortos em Cristo ressuscitarem e os que estamos vivos sermos transformados e ir com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu), por isso, o mensageiro a Israel, que é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor (que no Último Dia vem manifestando os ministérios de Moisés, de Elias e de Jesus através de carne humana, através de Seu Anjo Mensageiro), antes de ir ao povo hebreu e converter o povo hebreu a Deus, primeiramente tem que vir à Igreja do Senhor Jesus Cristo; porque a Igreja do Senhor Jesus Cristo se encontra na Era da Pedra Angular, encontra-se na etapa onde o rapto da Igreja de Jesus Cristo, o rapto literal, tem que ser efetuado no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio.

         Os mortos em Cristo têm que ressuscitar primeiro, nós os que vivemos temos que ser transformados em seguida quando eles forem ressuscitados em corpos eternos, e em seguida estaremos aqui de 30 a 40 dias, como Jesus esteve 40 dias com os Santos que tinham ressuscitado com Ele; e depois subiu com os Santos do Antigo Testamento ao Céu, os que tinham ressuscitado com Ele. E assim também é para os escolhidos dentre os gentios, que serão raptados e levados à Ceia das Bodas do Cordeiro.

         Primeiro têm que ressuscitar os mortos em Cristo e nós os que vivemos teremos que ser transformados, e em então estaremos uma curta temporada aqui; mas antes da ressurreição e de nossa transformação tem que soar a Trombeta Final ou Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, nos mostrando todas estas coisas que em breve devem acontecer. E essa Trombeta Final ou Grande Voz de Trombeta é a Voz de Cristo nos revelando todas estas coisas; portanto, Cristo tem que estar velado e revelado em carne humana em Seu Anjo Mensageiro nos falando todas estas coisas neste tempo final.

         É no Anjo Mensageiro de Jesus Cristo onde tem que estar manifestado o Anjo Forte que desce do Céu, o Anjo que era diferente dos demais, o qual forma a peruca branca ou cabelo branco do Senhor nesta foto ou nesta nuvem que forma o rosto do Senhor.

         Assim que este Anjo Forte, este Anjo que é diferente dos demais, é Cristo, o qual para o Último Dia virá em carne humana manifestado em Seu Anjo Mensageiro; e isso será de acordo à promessa de Deus, a promessa divina para este tempo final: virá como o Anjo Forte que desce do Céu vestido de uma nuvem, em seguida fazendo-se carne, se manifestando em carne humana, e nos falando com essa Voz de Sete Trovões, nos falando como Leão, clamando como quando um leão ruge e os sete trovões falando suas vozes; e nos dando a Sua Mensagem do Evangelho do Reino, e nos revelando o mistério da Sua Segunda Vinda, nos revelando o mistério da Sua Vinda como Leão da tribo do Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores no Último Dia, e como o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, que desce do Céu e tem por nome o Verbo de Deus.

         É a Vinda do Verbo, o qual se fez carne dois mil anos atrás naquele jovem carpinteiro de Nazaré chamado Jesus; nesse operário da construção estava o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, velado e revelado em carne humana; e estava falando ao povo hebreu o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, através de carne humana.

         E para o Último Dia virá novamente esse mesmo Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor virá velado e revelado em carne humana no Anjo do Senhor Jesus Cristo, e nos estará falando todas estas coisas que em breve devem acontecer, conforme como Ele prometeu.

         E agora, vejamos o que é e quem é o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19.

         Vimos que é o Verbo, o qual se fez carne dois mil anos atrás e foi conhecido pelo nome de Jesus. Para este tempo final regressa o Verbo, o Anjo do Senhor, o Anjo do Pacto, regressa em carne humana novamente, e vem com um nome que ninguém entende a não ser Ele mesmo.

         E vem com um nome escrito na Sua vestimenta e na Sua coxa, tem escrito na Sua vestimenta e na Sua coxa: “Rei dos reis e Senhor dos senhores”, porque vem como Rei dos reis e Senhor dos senhores; e da Sua boca sai uma espada afiada de dois fios, que é a Palavra criadora de Deus.

         E agora, vejamos o que diz o precursor da Segunda Vinda de Cristo na página 277 do livro Os Selos em espanhol, com relação ao Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19; diz:

         “[240] … pedimos que o Espírito Santo venha agora mesmo, o Cavaleiro do verdadeiro cavalo branco, enquanto Seu Espírito, o Espírito de Cristo, entre em confronto com o anticristo, e Ele chame os Seus”.

         Agora, quem é o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19? É o Espírito Santo, é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, é Jesus Cristo em Espírito Santo, é Jesus Cristo em Seu corpo teofânico.

         E agora, esse é o Anjo que é diferente dos demais nessa nuvem formada por anjos em 28 de fevereiro de 1963; esse é quem tem o Sétimo Selo, é o Anjo do Senhor, o Anjo do Pacto.

         E agora, vejamos como virá o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19 neste Último Dia. Diz na página 256 do livro Os Selos em espanhol:

         “121. Mas quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra…”

         Vejam, já apareceu aqui, nas nuvens, como foi prometido; porque o Filho do Homem seria visto…, viria nas nuvens, seria visto nas nuvens; mas em seguida tem que vir à Terra. E agora, vamos ler como estará sendo visto aqui na Terra.

         Porque no céu foi visto vestido de uma nuvem; assim será visto no céu o Filho do Homem, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor: será visto ali com Seus sete anjos mensageiros das sete eras da Igreja gentia.

         Mas agora, como será visto aqui na Terra pela Igreja de Jesus Cristo no Último Dia, na Era da Pedra Angular? Diz:

         “121. Mas quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra, Ele virá sobre um cavalo branco como a neve, e será completamente Emanuel — a Palavra de Deus encarnada em um homem”.

         Como a Sua Igreja o estará vendo quando Ele aparecer sobre a Terra? O estará vendo encarnado em um homem deste tempo final; isso será a Palavra encarnada em um homem, ou seja: o Verbo encarnado em um homem. E o Verbo é o Anjo do Senhor, o Anjo do Pacto, o qual é o mesmo Jesus Cristo em Seu corpo teofânico; é Jesus Cristo em Espírito Santo vindo à Sua Igreja no Último Dia, no sétimo milênio, velado em carne humana e revelado através de carne humana, identificando a Sua Vinda com o Sétimo Selo.

         Agora, podemos ver este mistério do Sétimo Selo e o cumprimento deste mistério. Agora, o Anjo do Senhor Jesus Cristo, através do qual estará manifestado Jesus Cristo em Espírito Santo, o Anjo do Pacto, e nos estará revelando todas estas coisas com essa Grande Voz de Trombeta que João o apóstolo escutou no Dia do Senhor..., e disse:

         “Eu fui arrebatado em Espírito no dia do Senhor (que é o sétimo milênio ou Último Dia), e ouvi detrás de mim uma grande voz como de trombeta…”.

         O que escutou? Uma Grande Voz como de Trombeta. E de quem era essa voz? Não foi que escutou uma trombeta, mas uma voz de uma pessoa como uma Grande Trombeta soando.

         “… que dizia: Eu sou o Alfa e a Ômega, o primeiro e o último”.

         Quem é, então, quem está falando com essa Grande Voz de Trombeta? É nosso amado Senhor Jesus Cristo, que é o Alfa e o Ômega, que é o primeiro e o último. E é no Último Dia, no sétimo milênio, que é o Dia do Senhor, que Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, vem em Espírito Santo em Seu Anjo Mensageiro manifestado assim, através de carne humana; e vem nos falando a Sua Mensagem Final, que é a Mensagem do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo, ou seja: gira ao redor do Sétimo Selo; e vem nos revelando todas estas coisas correspondentes a este tempo final, nos revelando a Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos e a Sua Obra para este tempo final.

         Com esta Grande Voz de Trombeta (que é a Voz de Cristo por meio de Seu Anjo Mensageiro falando à Sua Igreja) todos esses mistérios correspondentes ao Último Dia, à Era da Pedra Angular (onde a Vinda do Anjo do Pacto, Jesus Cristo em Espírito Santo, virá em carne humana em Seu Anjo Mensageiro), todos estes mistérios são abertos à Igreja de Jesus Cristo neste Último Dia; e assim a Sua Vinda é identificada com o Sétimo Selo sendo cumprido neste Último Dia aqui na Terra em carne humana, sendo isto a Vinda do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, que é a Palavra encarnada em um homem, ou seja: o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, que é o mesmo Espírito Santo, o qual é Jesus Cristo em Espírito Santo vindo manifestado em carne humana em Seu Anjo Mensageiro neste Último Dia.

         Mas Seu Anjo Mensageiro não é o Senhor Jesus Cristo. Por isso foi que quando João quis adorá-lo em Apocalipse, capítulo 19, versículo 9 ao 10, e Apocalipse, capítulo 22, versículo 6 ao 9, o Anjo lhe disse que não o fizesse. Por quê? Porque somente a Deus devemos adorar.

         O Anjo lhe disse: “Olha, não o faças; porque eu sou conservo teus e de seus irmãos os profetas. Adora a Deus”. Agora, vejam vocês como este Anjo não aceitou a adoração, porque ele não é o Senhor Jesus Cristo. Ele é o profeta mensageiro da sétima dispensação, a Dispensação do Reino, o qual vem com a Mensagem do Evangelho do Reino, e também é o Anjo Mensageiro da Era da Pedra Angular, que vem com a Mensagem de e para a Era da Pedra Angular, uma Mensagem eterna, a Mensagem eterna, vem pregando o Evangelho eterno para todos os seres humanos.

         E agora, encontramos que também Cristo disse que o Filho do Homem virá com Seus Anjos; e se a Vinda do Filho do Homem é cumprida em Seu Anjo Mensageiro, e o ministério do Filho do Homem é manifestado em Seu Anjo Mensageiro, onde então, estarão os Anjos do Filho do Homem, que são as Duas Oliveiras, que são os ministérios de Moisés e Elias?

         Pois estarão no mesmo véu de carne onde estiver o Filho do Homem sendo manifestado em carne humana e estiver operando o ministério de Jesus. Onde estiver o Filho do Homem manifestado, onde estiver o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor manifestado operando o ministério de Jesus pela segunda vez, aí também estarão os ministérios de Moisés sendo operado pela segunda vez e o de Elias pela quinta ocasião.

         Agora, vejam vocês que quando Deus promete que enviará um profeta que já veio no passado e se foi, quando se cumpre essa promessa de Deus enviá-lo de novo, é o ministério que estava naquele profeta vindo em outro profeta, em outro homem do tempo onde se cumpre essa promessa.

         O precursor da Segunda Vinda de Cristo, falando dos ministérios de Moisés e Elias, encontramos que disse na página 399 do livro Os Selos em espanhol, quando fizeram a pergunta sobre Elias, se seria o mesmo Elias que viveu nos dias do rei Acabe (ou seja: Elias Tisbita)...; olhem, a pergunta é a número 11, e diz assim:

         “11. O Elias que vem pregar aos judeus é o verdadeiro Elias que esteve nos dias do Acabe, ou será somente o espírito de Elias em outro homem?”.

         Já essa é a quinta manifestação de Elias na Terra, ou seja: do ministério de Elias na Terra. Agora, vamos ver o que respondeu o precursor da Segunda Vinda de Cristo, onde estava o ministério de Elias manifestado pela quarta ocasião, e agora vai falar do ministério de Elias para ser manifestado pela quinta ocasião; diz:

         “Eu pensei que será um homem deste tempo ungido com esse espírito…”.

         Qualquer pessoa que pensar em outra forma estará pensando diferente do que pensou o precursor da Segunda Vinda de Cristo e precursor da Vinda dos Anjos do Filho do Homem; porque a Vinda do Senhor é com Seus Anjos, portanto ele estava precursando a Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos, ou seja: a Vinda do Filho do Homem com Moisés e Elias; portanto, tinha que falar do que seria a Vinda do Filho do Homem e tinha que falar também do que seria a vinda de Moisés e a vinda de Elias. E agora, Ele disse:

         “Eu pensei que será um homem deste tempo ungido com esse espírito…”.

         “Um homem deste tempo”. Sempre que o ministério de Elias veio a Terra… Encontramos que veio em Elias Tisbita; foi o Espírito de Deus manifestado em Elias Tisbita, operando esse ministério. Em seguida veio pela segunda vez em Eliseu, o Espírito Santo operando o ministério de Elias pela segunda vez; Ele teve um nome novo aí em sua segunda manifestação, seu nome novo aí foi Eliseu; em seguida teve também uma nova manifestação em uma dupla porção.

         Os filhos dos profetas, quando viram que Eliseu feriu as águas do Jordão com o manto de Elias e se abriram, pois disseram: “O espírito de Elias repousou sobre Eliseu, porque quem abriu estas águas faz uns momentos foi Elias; e agora retorna Eliseu e faz o mesmo; é que o mesmo espírito de Elias, agora se encontra em Eliseu”. O espírito ministerial de Elias, esse ministério de Elias passou a Eliseu, e foi manifestado por segunda vez no meio do povo hebreu neste planeta Terra.

         A terceira ocasião onde o ministério de Elias foi manifestado na Terra foi em João Batista; mas o Arcanjo disse que colocassem por nome João, mesmo que viesse no espírito e virtude de Elias. Você encontra isso em São Lucas, capítulo 1, versículos 17 por aí, você encontra tudo isto que disse o Arcanjo Gabriel.

         Jesus também deu testemunho sobre João Batista, e disse: “Dos nascidos de mulher não houve nenhum maior que João o Batista, mas o menor no Reino dos Céus é maior que ele. E se vocês o quiserem receber, ele é aquele Elias que havia de vir”. Aí temos a Elias em sua quarta manifestação, ou seja: o ministério de Elias manifestado por quarta ocasião em um homem daquele tempo. Não era Elias Tisbita, mas que era o ministério que estava em Elias Tisbita em outro homem chamado João Batista.

         Em seguida, a quarta ocasião em que foi manifestado o ministério de Elias, foi no reverendo William Branham, um homem desse tempo, onde se manifestou esse ministério de Elias na sétima era da Igreja gentia; foi no anjo mensageiro da sétima era da Igreja gentia onde esteve o ministério de Elias manifestado por quarta ocasião.

         E está prometido para ser manifestado por quinta ocasião em um homem deste tempo final; portanto, tem que ser em um profeta; e o único profeta prometido para o tempo final é o profeta da Dispensação do Reino com o Evangelho do Reino, para pregá-lo a toda nação, povo e língua; e é nesse Anjo Mensageiro que vem o ministério de Elias manifestado por quinta ocasião, e o ministério de Moisés manifestado por segunda ocasião e o ministério de Jesus manifestado por segunda ocasião.

         Mas esse Anjo Mensageiro nem será Jesus, nem será Elias, nem será Moisés, mas será um homem deste tempo no qual nós estamos vivendo; será um homem que terá sido lavado no Sangue de Cristo, terá recebido a Cristo como seu Salvador e terá recebido o Espírito de Cristo e, portanto será um irmão nosso deste tempo final, um membro do Corpo Místico do Senhor Jesus Cristo.

         E agora, vimos o mistério do Sétimo Selo. Esse é o mistério contido no Sétimo Selo: a Vinda de Cristo, que é o Anjo Forte que desce do Céu, e é o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, e é o Anjo que era diferente dos demais, e é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor do Antigo Testamento, que apareceu a Adão, a Moisés, também tinha aparecido a Abraão como Melquisedeque, e apareceu também como Elohim, e apareceu a diferentes homens de Deus; e em seguida apareceu em carne humana dois mil anos atrás em um véu de carne chamado Jesus, o qual é nosso Salvador; e em seguida esteve manifestado de era em era em Seus anjos mensageiros das sete eras da Igreja gentia; e para este tempo final vem velado em carne humana em Seu Anjo Mensageiro da Era da Pedra Angular.

         Sua Vinda no Último Dia à Sua Igreja na Era da Pedra Angular é a abertura do Sétimo Selo na Terra e é a manifestação do Sétimo Selo, a manifestação do Anjo que era diferente dos demais, tendo Seu ministério correspondente ao Último Dia no meio da Sua Igreja; e depois o terá no meio do povo hebreu; porque Ele é o mensageiro a Israel e também Ele é o mensageiro à Sua Igreja gentia na Era da Pedra Angular; porque Ele é esse Anjo Mensageiro que era diferente dos demais, o qual vem no Último Dia velado em carne humana.

         Isso é a Palavra encarnada em um homem deste tempo final, que é o Anjo do Senhor Jesus Cristo; esse é o véu de carne onde estará a Palavra encarnada neste tempo final, onde estará o Anjo que era diferente dos demais encarnado; e por meio desse véu de carne estará realizando todas as coisas que Ele prometeu para este tempo final; e estará nos revelando por meio dessa manifestação em carne humana todas estas coisas que em breve devem acontecer, e estará assim nos preparando para sermos transformados e raptados neste tempo final; e assim é como nós estaremos neste tempo final escutando essa Grande Voz de Trombeta, que é a Voz de Cristo nos revelando todas estas coisas neste tempo final, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino, por meio de Seu Anjo Mensageiro.

         Por isso é que em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, diz: “Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”. E em seguida em Apocalipse 22, quando são reveladas todas estas coisas, são reveladas pelo Anjo do Senhor Jesus Cristo; porque nesse Anjo é que Cristo está manifestado nos falando e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer.

         Capítulo 22, versículo 6 [Apocalipse]:

”E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.”

         A quem enviou? Ao Seu Anjo Mensageiro. Para que? Para mostrar a Seus servos as coisas que em breve devem acontecer. Porque por meio desse Anjo é que Jesus Cristo em Espírito Santo estará velado em carne humana, e estará revelado através desse véu de carne, desse Anjo Mensageiro, e nos estará falando todas estas coisas que Ele prometeu nos revelar no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio; e assim é como nos dá a fé para ser raptados no Último Dia; nos dá a fé para sermos transformados e raptados porque nos dá a fé, a revelação da Sua Vinda no Último Dia, velado e revelado através do Seu Anjo Mensageiro, onde também estará o ministério de Moisés por segunda vez, o ministério de Elias por quinta vez e o ministério de Jesus por segunda vez.

         “Eu, Jesus, enviei meu anjo para vos testificar estas coisas nas Igrejas”.

         A quem enviou? Ao Seu Anjo Mensageiro.

         João quis adorá-lo porque viu que Seu Anjo Mensageiro era o instrumento de Cristo para o cumprimento destas promessas correspondentes a este tempo final; mas o Anjo lhe disse que não o fizesse, porque ele não é o Senhor Jesus Cristo, ele somente é o instrumento de Jesus Cristo, o profeta mensageiro da Era da Pedra Angular e da Dispensação do Reino, com a Mensagem da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, dando a conhecer, revelando o Sétimo Selo, ou seja: revelando a Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos neste tempo final; e assim é como estaria nos revelando o Sétimo Selo neste tempo final e identificando a Sua Vinda com o Sétimo Selo.

         Vimos a Sua Vinda, vimos o Sétimo Selo, vimos quem é o Anjo que era diferente dos demais, vimos o que seria a Sua Vinda no Último Dia, a Vinda do Verbo, da Palavra encarnada em um homem, a Vinda do Anjo que era diferente dos demais, a Vinda do Anjo do Senhor, do Anjo do Pacto manifestado em carne humana no Último Dia.

         Assim é como a Sua Igreja o veria neste tempo final. E em seguida quando formos transformados então o veremos em Seu corpo físico, porque nós também teremos um corpo físico como o de nosso amado Senhor Jesus Cristo; mas antes desse momento o estaremos vendo velado e revelado através de Seu Anjo Mensageiro nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

         AS BÊNÇÃOS DO SÉTIMO SELO são faladas pelo Sétimo Selo, pelo Anjo que era diferente dos demais; são faladas à Sua Igreja neste tempo final, são reconfirmadas à Sua Igreja neste tempo final; porque vem confirmando o Pacto neste tempo final. E, consequentemente, toda bênção que Deus falou para Seus filhos virá sendo confirmada neste tempo final por Cristo nos falando por meio de Seu Anjo Mensageiro.

         E assim é que as bênçãos do Sétimo Selo estarão sendo escutadas e estarão sendo recebidas pelos escolhidos de Deus em seus corações, em suas almas, para se materializarem neles estas bênçãos divinas que Cristo prometeu para a Sua Igreja e para os membros da Sua Igreja, para este tempo final e também para os que partiram nas eras passadas; e assim é como as bênçãos do Sétimo Selo, as bênçãos de Cristo em Sua Segunda Vinda com Seus Anjos, se converterão em uma realidade, se materializarão em cada um de vocês e em mim também; e no Corpo Místico de Cristo como Corpo Místico (ou seja: como Igreja), se materializarão na Sua Igreja neste tempo final.

         Por isso é tão importante o Sétimo Selo e o cumprimento do Sétimo Selo, e a revelação do Sétimo Selo sendo dada aos filhos e filhas de Deus no Corpo Místico de Cristo, na Era da Pedra Angular.

         Não há outra era onde Cristo possa revelar algo neste tempo final, porque essas outras eras já passaram, e o que Deus ia revelar em cada uma dessas eras o revelou por meio do mensageiro de cada era.

         E agora, o que Deus tem para revelar à Sua Igreja neste Último Dia somente tem um lugar, e é na Era da Pedra Angular; e somente tem um mensageiro, e é o Anjo do Senhor Jesus Cristo; e somente tem um povo ao qual revelá-lo, e é a Sua Igreja entre os gentios. Em que território? Na América Latina e no Caribe.

         E em seguida há o povo hebreu para levar essa mesma revelação, a revelação da Sua Vinda, a revelação do Sétimo Selo, aonde vêm às bênçãos para a Igreja do Senhor Jesus Cristo neste Último Dia, para poderem ser transformados e raptados, e os mortos em Cristo ressuscitados, e vêm às bênçãos para o povo hebreu, para serem chamados e juntados 144.000 hebreus e serem selados com o Selo do Deus vivo.

         E assim a Mensagem passar ao povo hebreu, e ser o povo hebreu restaurado, e o Reino de Deus ser restaurado no meio do povo hebreu com a restauração do Trono de Davi e do Reino de Davi, e do Filho de Davi sentando-se sobre o Trono de Davi.

         Vejam aonde vêm às bênçãos de Jesus Cristo, às bênçãos de Deus neste Último Dia: vêm em e com o Sétimo Selo, vêm com a Segunda Vinda de Cristo neste tempo final, vêm com a Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos neste tempo no qual nós estamos vivendo.

         Que as bênçãos do Sétimo Selo, do Senhor Jesus Cristo com Seus Anjos para este Último Dia, sejam sobre cada um de vocês e sobre mim também, e se materializem em cada um de vocês e em mim também, e em breve todos sejamos transformados e levados à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

         Muito obrigado por vossa amável atenção, amados amigos e irmãos presentes, e os que estão através da internet, e os que escutarão esta conferencia através do vídeo.

         Que Deus lhes abençoe, que Deus lhes guarde, e nos veremos na atividade da noite, que será onde? (Onde, Miguel, será a atividade da noite?). Será neste mesmo lugar.

         Assim que nos veremos na noite. Todos os que estiverem aqui, pois nos veremos, para assim ter o tema correspondente a esta noite. (Qual é o tema, Miguel, para esta noite?). Vejamos qual é o tema desta noite.

         “O SÉTIMO SELO E OS VALENTES DO FILHO DE DAVI”. É uma reunião com os valentes, e... (pode vir todo mundo?) Todos os valentes podem vir.

         Quantos de vocês são valentes? Pois todos estão convidados para estarem nesta noite. Estaremos falando sobre os valentes do Filho de Davi, vendo o tipo e figura lá no Antigo Testamento e também no Novo Testamento, e em seguida vendo os valentes do Filho de Davi neste tempo final.

         Bom, foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês nesta noite, ou neste dia ou nesta tarde, dando-lhes testemunho de AS BÊNÇÃOS DO SÉTIMO SELO.

         Vimos a quantidade tão grande de bênçãos que há no Sétimo Selo, na Vinda do Senhor com Seus Anjos, para cada um de vocês e para mim também; e ainda diz em Apocalipse, capítulo 21, versículo 7: “Quem vencer herdará todas as coisas”.

         Assim não há limitações quanto às coisas que herdaremos; são todas as coisas as que herdaremos; todas as coisas de Deus, toda a herança de Deus, porque somos herdeiros de Deus e coerdeiros com Cristo Jesus nosso Senhor. Tudo o que Ele herda também nós como herdeiros o herdamos.

         Bom, vamos deixar isso aí quietinho e vamos pedir ao nosso irmão Miguel que passe por aqui.

         Que Deus os abençoe e guarde a todos, e conosco novamente o reverendo Miguel Bermúdez Marín.

         “AS BÊNÇÃOS DO SÉTIMO SELO”.

         [Revisão dezembro 2018]

 

Encontre-nos

Carretera No.1 Km 54.5
Barrio Monte Llano
Cayey, Puerto Rico
00736

Twitter