ImprimirImprimir

Muito boa noite amáveis amigos e irmãos presentes, radiouvintes e também os que estarão escutando através da televisão, e os aqui presentes; e também as autoridades desta cidade de Lakeland, o prefeito da cidade: o senhor Fletcher, e todas as pessoas desta cidade.

         Que Cristo os abençoe com Sua Palavra e lhes permita compreender Sua Palavra nesta ocasião, e nos fale diretamente à nossa alma e nos deixe ver Seu Programa correspondente a este tempo. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

         Para esta ocasião temos o tema: “O SÉTIMO SELO E A NAÇÃO AMERICANA”; e incluiremos a América central, América do sul e o Caribe, porque a nação ou continente americano está composto pela América do Norte, América central, América do Sul e o Caribe.

         Quero ler no livro do Apocalipse, capítulo 5, versículo 1 ao 6 (e em seguida o capítulo 8, versículo 1), onde diz:

         “E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos.

E vi um anjo forte, bradando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos?

E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele.

E eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro, nem de o ler, nem de olhar para ele.

E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.

E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra.

E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono”.

         E em Apocalipse, capítulo 8, versículo 1, diz:

         “E, havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora”.

         Que Deus abençoe nossas almas com Sua Palavra e nos permita entendê-la.

         Para poder compreender este mistério do Sétimo Selo necessitamos compreender que o Deus Todo-Poderoso, Criador dos Céus e da Terra, é o que no Céu tem este Livro selado com sete selos, o qual é o Título de Propriedade de toda a Criação; este é o Livro onde estão os nomes dos escolhidos, escritos desde antes da fundação do mundo, este é o Livro da Redenção.

         Quando chegou o tempo para ser aberto esse Livro, não havia ninguém digno de tomar esse Livro; e João chorava muito, pois se não se achasse uma pessoa digna de tomar esse Livro e abrir esses Selos, toda a Criação estava perdida, porque quando chega o tempo para algo no Programa Divino tem que se realizar o que corresponde a esse tempo.

         Agora, onde estava nosso amado Senhor Jesus Cristo? Ele estava no Trono de Intercessão no Céu, fazendo intercessão pelos últimos escolhidos de Deus quando isso ocorre, ou seja: quando começa o chamado para que alguém se apresente e tome esse Livro da destra do que está sentado no Trono.

         E nosso amado Senhor Jesus Cristo não pode deixar o Trono de Intercessão no Céu, ou seja: o assento de misericórdia, até que entre até o último dos escolhidos de Deus e Ele faça intercessão até pelo último escolhido de Deus que tem seu nome escrito no Céu, no Livro da Vida do Cordeiro, desde antes da fundação do mundo; porque essas pessoas foram eleitas por Deus, predestinadas Por Deus para obterem a redenção por meio do Sacrifício de Cristo na Cruz; e Cristo não pode sair do Trono de Intercessão até que faça intercessão até pelo último dos escolhidos e se complete assim o Corpo Místico do Senhor Jesus Cristo.

         Se Ele sair antes do tempo assinalado, ou seja: se sair antes de fazer intercessão pelo último dos escolhidos, a Igreja de Jesus Cristo fica incompleta; e a Igreja de Jesus Cristo incompleta não poderia obter a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação de nós os que vivemos, porque seria um Corpo Místico de crentes incompleto, e ao estar incompleto estaria imperfeito esse Corpo Místico de crentes.

         E por quanto esse Corpo Místico de crentes é o Templo espiritual de nosso amado Senhor Jesus Cristo, seria um templo imperfeito, um templo não terminado; porque esse Templo espiritual de Jesus Cristo, que é Sua Igreja, é composto, é criado por Cristo chamando e juntando Seus escolhidos em cada Era ou etapa da Sua Igreja gentia; a qual começou na terra de Israel, em seguida continuou na Ásia Menor, em seguida passou a Europa, continuou na Europa, e em seguida continua na América do Norte; e continua Seu Programa de Criação dessa nova raça (que são os membros do Corpo Místico de Cristo), continua na América Latina e no Caribe.

         Desde esses diferentes territórios onde Deus esteve realizando Sua Obra, se estendeu esse Programa Divino de cada etapa, de cada era, a todas as demais nações; mas, vejam vocês, Deus sempre teve um território de onde Deus se manifestou; e teve um mensageiro através do qual Deus se manifestou; como o fez no Antigo Testamento.

         “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”, diz Amós, capítulo 3, versículo 7, e assim foi sempre.

         E agora, para o tempo final são chamados e juntados todos os escolhidos de Deus que vivem neste tempo final. E como serão chamados e juntados os escolhidos de Deus deste tempo final? O próprios Jesus Cristo nos disse como seriam chamados e juntados os escolhidos de Deus: em São Mateus, capítulo 24, versículo 31, Cristo diz:

         “E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus”.

         Aqui Cristo assinala a forma em que serão chamados e juntados os escolhidos de Deus. Isto é para este tempo final, onde o Filho do Homem enviará Seus Anjos com Grande Voz de Trombeta e juntarão Seus escolhidos.

         Agora, o que é a Grande Voz de Trombeta? É a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino sendo proclamado no tempo final, no Último Dia, para com essa Mensagem serem chamados e juntados todos os escolhidos de Deus.

         Encontramos que sempre uma trombeta simboliza a Voz de Cristo no Novo Testamento. Vejam, em Apocalipse, capítulo 1, versículo 10 ao 11, encontramos essa Grande Voz de Trombeta no Dia do Senhor; diz assim João o apóstolo:

         “Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor (ou seja: que foi transportado ao Dia do Senhor), e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,

Que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro”.

         E quem é o Alfa e quem é o Ômega? Quem é o primeiro e quem é o último? Nosso amado Salvador Jesus Cristo. É a Voz de Jesus Cristo no Último Dia nos falando com essa Grande Voz de Trombeta.

         E agora, vamos ver o que Cristo promete falar à Sua Igreja neste tempo final. No capítulo 4, versículo 1, também João escuta a Voz de Cristo como uma voz de trombeta, e diz:

         “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse (aqui temos que escutou uma voz como? Como de trombeta; não é uma trombeta literal, mas uma voz como de trombeta): Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”.

         Aqui Cristo para o tempo final ou Último Dia, Ele revelará à sua Igreja, a Seus filhos, as coisas que acontecerão depois das que já aconteceram nestes dois mil anos, aproximadamente, que transcorreram de Cristo até aqui.

         Agora, as coisas que hão de acontecer neste tempo final, Ele as promete revelar a sua Igreja, a Seus filhos, e para isso é necessário que subamos onde Ele estará falando neste tempo final. Ele diz: “Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”. A Voz de Cristo estará revelando as coisas que acontecerão depois das que já aconteceram em eras passadas.

         Agora, onde vamos subir? Pois, quando subimos para escutar estas coisas ainda a ressurreição dos mortos em Cristo não aconteceu e a transformação de nós os que vivemos também não aconteceu.

         Para poder compreender onde vamos subir, precisamos ler o diagrama da Igreja de Jesus Cristo passando por suas diferentes etapas, para poder compreender a etapa que nos correspondeu viver neste tempo final.

         Este é um diagrama que foi usado pelo reverendo William Branham quando pregou a mensagem “A Estatura de um Homem Perfeito”, onde Ele mostrou as diferentes etapas ou eras da Igreja do Senhor Jesus Cristo entre os gentios.

         A primeira corresponde a esse tempo em que São Paulo esteve ministrando a Palavra de Deus na Ásia Menor. A primeira Era se cumpriu na Ásia Menor entre os gentios, e seu mensageiro foi São Paulo; e essa primeira era foi representada na igreja de Éfeso, porque as sete Igrejas da Ásia Menor (que existiram na realidade) são tipo, figura das diferentes etapas da Igreja de Jesus Cristo pelas quais ela passaria entre os gentios.

         E agora, a segunda etapa pela qual a Igreja de Jesus Cristo passou entre os gentios foi representada na igreja da Esmirna lá na Ásia Menor; e essa segunda etapa se cumpriu na França, e seu mensageiro foi Irineu.

         Em seguida a terceira etapa da Igreja de Jesus Cristo foi representada na igreja de Pérgamo na Ásia Menor; e essa terceira etapa da Igreja de Jesus Cristo se cumpriu na França e na Hungria (também lá na Europa), e seu mensageiro foi Martin.

         Em seguida a quarta etapa foi representada na igreja de Tiatira lá na Ásia Menor; e essa quarta etapa se cumpriu na Irlanda e Escócia, e seu mensageiro foi Colombo.

         Em seguida a quinta etapa, representada na igreja de Sardis lá na Ásia Menor, se cumpriu na Alemanha, e seu mensageiro foi Martinho Lutero.

         Em seguida a sexta etapa ou Era da Igreja gentia - da Igreja do Senhor Jesus Cristo entre os gentios, foi representada na igreja de Filadélfia, lá na Ásia Menor; e essa sexta etapa da Igreja de Jesus Cristo entre os gentios se cumpriu na Inglaterra, e seu mensageiro foi John Wesley.

         Recordem que sempre uma era se cumpre em certo território e desde aí se estende a Palavra de Deus a outros territórios, a outras nações; e Deus coloca esse mensageiro nesse território onde se cumpre essa era, e com esse mensageiro se estende a Mensagem de Deus correspondente para esse tempo.

         Em seguida a sétima etapa da Igreja de Jesus Cristo foi representada na igreja de Laodiceia da Ásia Menor, e se cumpriu na América do Norte; e seu mensageiro foi o reverendo William Branham, o qual foi o precursor da Segunda Vinda de Cristo e veio com o espírito e virtude de Elias precursando a Segunda Vinda de Cristo; e já se foi em 1965, em 24 de dezembro 1965 partiu o reverendo William Branham.

         E agora, essas sete etapas ou eras da Igreja gentia, por quanto a Igreja do Senhor Jesus Cristo é também um Templo espiritual, é o Templo espiritual de Jesus Cristo... vejam vocês, o tabernáculo que Moisés construiu e o templo que Salomão construiu tinham átrio, lugar santo e lugar santíssimo.

         De Cristo para trás corresponde ao Átrio; de Jesus Cristo até o reverendo William Branham corresponde ao Lugar Santo.

         Onde estavam as lâmpadas no castiçal ou candelabro? Pois no lugar santo. E esse candelabro com as sete lâmpadas acesas representa o que? Representa a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Diz em Apocalipse, capítulo 1, versículo 19 em diante:

         “Escreve as coisas que tens visto, e as que são, e as que depois destas hão de acontecer;

O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas”.

         Agora vejam; as sete Igrejas ou eras da Igreja gentia representadas nessas sete Igrejas da Ásia Menor correspondem ao Lugar Santo do Templo espiritual de Jesus Cristo. E vejam como vem em uma ordem, tem um seguimento todo esse Programa Divino: começou primeiro Cristo e Seu ministério na terra de Israel, em seguida passou entre os gentios à Ásia Menor, daí passou mais adiante a Europa, França, e da França cobriu depois para a terceira era a Hungria, e depois passou a Irlanda e Escócia, e depois passou a Alemanha, e depois passou a Inglaterra, e depois passou a América do Norte.

         Tudo isso corresponde, vejam vocês, estas sete etapas correspondem a esse Lugar Santo do Templo espiritual de Jesus Cristo, o qual esteve sendo construído com o que? Com seres humanos, porque é um Templo espiritual o qual Cristo está construindo com seres humanos, com pedras vivas, assim como Cristo é a Pedra viva que os edificadores desprezaram, a Pedra de ângulo, a Pedra não cortada por mãos.

         E agora, chegamos ao tempo do fim ou tempo final, e onde Deus estará realizando Sua Obra correspondente ao Último Dia? Isso é muito importante entendê-lo para poder compreender o Programa Divino correspondente ao Último Dia.

         Se estivéssemos vivendo na primeira etapa ou era da Igreja gentia no tempo de São Paulo, teríamos que subir à primeira era da Igreja gentia para escutar a Voz de Cristo por meio de São Paulo.

         São Paulo dizia: “Já não vivo eu, Cristo vive em mim”. Cristo estava falando por meio de São Paulo, porque Cristo estava manifestado em Espírito Santo em São Paulo, nesse dom ministerial tão grande que colocou no meio da Sua Igreja entre os gentios.

         Recordem que estes ministérios dos mensageiros de Deus são dons ministeriais maiores que Ele colocou na Sua Igreja; e por isso é que estes sete grandes ministérios colocados na Sua Igreja para serem manifestados no Lugar Santo de Seu Templo espiritual correspondem à manifestação do Espírito de Deus, o qual está representado nesses sete espíritos de Deus que recorrem toda a Terra; é a manifestação do Espírito Santo nesses sete anjos mensageiros, que são os sete espíritos de Deus recorrendo toda a Terra e que são as sete lâmpadas que estão diante de Deus.

         Agora, vejam vocês, a pessoa que viveu em cada uma destas etapas tinha que subir a essa etapa, a essa era, para escutar a Voz de Cristo por meio do mensageiro que Deus enviou para essa era. “Porque não fará nada o Senhor, sem que antes revele Seus segredos a Seus servos Seus profetas”.

         E vejam como esteve falando por meio destes mensageiros; e podemos ver o porquê tiveram êxito em seus ministérios mesmo que as circunstâncias que os rodeavam eram contrárias na maior parte das ocasiões; agora, o êxito veio da parte de Deus.

         E agora onde vamos subir para escutar a Voz de Cristo em seguida, já que o sétimo anjo mensageiro da sétima era da Igreja gentia..., a qual se cumpriu na América do Norte e seu mensageiro foi o reverendo William Branham já se foi? Agora onde vamos subir para escutar a Voz de Cristo, e por meio de quem vamos escutar a Voz de Cristo? Por meio de quem estará falando nosso amado Senhor Jesus Cristo no Último Dia e nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer?

         Temos que subir à Era da Pedra Angular, a essa etapa celestial que representa a eternidade, porque o oito representa eternidade e também representa infinito.

         Por isso nas câmeras, em muitas câmeras vocês encontram que quando se coloca o oito se fala de infinito, e você já pode fotografar a qualquer distância, a longa distância.

         E agora, na Era da Pedra Angular a Voz de Cristo estará falando com essa Grande Voz de Trombeta e estará nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, no tempo final.

         E agora qual território corresponde a Era da Pedra Angular, qual território corresponde a Obra de Cristo do Último Dia? Corresponde à América Latina e ao Caribe.

         Ele esteve construindo Seu Templo espiritual, vimos a construção de Seu Templo espiritual com pedras vivas, de era em era, durante a construção do Lugar Santo; mas um templo não está completo se não tiver o lugar Santíssimo. Vimos a construção do Templo, a parte do Lugar Santo durante as sete eras, mas agora falta que vejamos a construção do Lugar Santíssimo do Templo espiritual de Jesus Cristo.

         Agora, em que lugar estava o lugar Santíssimo no tabernáculo que Moisés construiu? Para o ocidente, ou seja: o oeste. Para que lugar estava o lugar Santíssimo do templo que Moisés construiu? Para o ocidente, que é o oeste. E para que lugar está o Lugar Santíssimo do Templo espiritual de Jesus Cristo? Para o ocidente, que é o continente americano.

         E agora, é no continente americano onde a Era da Pedra Angular estará sendo manifestada e onde Cristo nos estará falando todas estas coisas que em breve devem acontecer neste tempo final, e assim é como Cristo estará construindo o Lugar Santíssimo de Seu Templo espiritual com pedras vivas, com seres humanos; e desde aí se estenderá a Mensagem de Deus para todas as demais nações, e chegará até o povo hebreu, que está esperando a Mensagem de Deus, a Voz de Deus falando e revelando todos estes mistérios do Reino de Deus.

         E agora, vimos o território onde Cristo estará manifestado falando a Seu povo todas estas coisas que em breve devem acontecer. Ele disse: “Sobe aqui”, agora vimos onde temos que subir: “Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”.

         E agora, por meio de quem Cristo estará nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer? Porque se vai nos falar, tem que ter uma pessoa por meio da qual nos falar estas coisas para que as possamos compreender.

         Em Apocalipse, capítulo 22, versículo 6 em diante, nos diz por meio de quem estará sendo revelado tudo isto que há de acontecer neste tempo final; porque por meio de quem Ele estiver manifestado falando, estará nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

         Apocalipse, capítulo 22, versículo 6 em diante, diz:

         “E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer”.

         A quem enviou? Ao Seu Anjo Mensageiro; para que? Para mostrar ao Seus servos as coisas que em breve devem acontecer. Apocalipse, capítulo 22, versículo 6, e continua lendo esta passagem:

         “Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.

E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus”.

         Agora vejam; este Anjo Mensageiro que revelou a João este livro de Apocalipse não é o Senhor Jesus Cristo, mesmo que Jesus Cristo esteja manifestado nele nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer, porque este é o Anjo que vem com a revelação de Jesus Cristo.

         Apocalipse, capítulo 1, versículo 1 ao 3, nos mostra que este é o Anjo que vem com a revelação de Jesus Cristo, mesmo que ele não seja Jesus Cristo. Diz Apocalipse, capítulo 1, versículo 1 ao 3:

         “Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo...”

         Agora vejam que a revelação de Jesus Cristo dada a João o apóstolo foi a revelação de Jesus Cristo enviada por meio de Seu Anjo Mensageiro. Quem traz essa revelação de Jesus Cristo é quem? O Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo, para declarar que coisas? Diz:

         “... O qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que tem visto (agora, vejam vocês que esta revelação contém as coisas que em breve devem acontecer).

         Bem-aventurado o que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas nela escritas; porque o tempo está perto”.

         São bem-aventurados os que escutam; os que leem e escutam as palavras desta profecia que traz o Anjo do Senhor Jesus Cristo, porque o tempo está perto.

         Agora, por que é tão importante escutar - ler e escutar as palavras das profecias deste Livro que o Anjo do Senhor Jesus Cristo traz? Porque é a Voz de Jesus Cristo, a Palavra de Jesus Cristo nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer; e quem tirar ou acrescentar..., quem tirar: seu nome será tirado do Livro da Vida, e quem acrescentar serão acrescentadas pragas conforme a profecia. Diz assim em Apocalipse, capítulo 22, versículo 19:

         E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro”.

         Agora, vejam também em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, onde diz:

         “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas”.

         A quem Jesus Cristo enviou para todas as Igrejas, para dar testemunho destas coisas que em breve devem acontecer? Ao Seu Anjo Mensageiro. E a pergunta é: quem é este Anjo Mensageiro?

         Este Anjo Mensageiro é um profeta, é o profeta final que Jesus Cristo envia à Terra, é o profeta da Dispensação do Reino com a Mensagem do Evangelho do Reino, dando testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer.

         Este Anjo Mensageiro é quem no Último Dia é enviado por Cristo, o qual revelou a João este livro do Apocalipse nesta forma simbólica. Para o tempo de João Batista, este Anjo Mensageiro - e para o tempo de João o apóstolo, este Anjo Mensageiro ainda não estava em carne humana neste planeta Terra; mas a Escritura nos diz que Deus é o Deus dos espíritos dos profetas. E João o apóstolo viu, ouviu e conheceu este Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo, e quis adorá-lo, mas ele disse: “Olhe, não o faça; porque eu sou conservo teu, e de seus irmãos. Adora a Deus”.

         Agora, este Anjo Mensageiro é o enviado de Jesus Cristo para por meio desse profeta mensageiro, Cristo falar ao Seu povo, à Sua Igreja e lhe revelar todas estas coisas que em breve devem acontecer, todas estas coisas que devem acontecer depois das que já aconteceram nas eras passadas. “Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”.

         E agora, nenhuma pessoa poderá compreender as coisas que devem acontecer no Último Dia, na etapa ou era da Pedra Angular do Corpo Místico de Cristo, que corresponde ao Lugar Santíssimo do Templo espiritual de Cristo, exceto aqueles que escutem a Voz de Cristo através desse Anjo Mensageiro, desse profeta mensageiro do Senhor Jesus Cristo, que é o profeta da Dispensação do Reino com a Mensagem do Evangelho do Reino.

         A Mensagem do Evangelho do Reino gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como Leão da tribo de Judá, como Rei de reis e Senhor dos senhores na Sua Obra de Reclamação. Com essa Mensagem a Terra será cheia do conhecimento da glória doe Senhor, como as águas cobrem o mar, como nos diz o profeta Habacuque, capítulo 2, versículo 14, e Isaías, capítulo 11, versículo 9:

         “... porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar”.

         E agora vejam o que é necessário para todo ser humano ser cheio do conhecimento da glória do Senhor: o que é? Necessita-se a revelação de Jesus Cristo das coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final, depois das que já aconteceram em tempos passados. E essa revelação vem por meio do Anjo do Senhor Jesus Cristo; e para isso é preciso subir à Era da Pedra Angular: “Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”.

         É um mensageiro dispensacional para toda igreja, para toda nação, para todo povo, para toda língua, para todo ser humano. É a primeira ocasião em que Jesus Cristo na história da Sua Igreja envia um profeta dispensacional, é a primeira ocasião.

         E agora, vejam vocês, este Anjo Mensageiro, que é o profeta da Dispensação do Reino, vem dando testemunho de que? Vem dando testemunho das coisas que em breve devem acontecer; porque é um profeta.

         O que é os profetas fizeram através de toda a Bíblia? Dar testemunho das coisas que têm que acontecer; e isso é profetizar. Vem profetizando, cada profeta de Deus no tempo em que Deus o envia, vem profetizando as coisas que têm que acontecer. E este Anjo Mensageiro de Jesus Cristo vem profetizando as coisas que em breve hão de acontecer.

         E encontramos que a João o apóstolo o revelou (mas em símbolos) todas as coisas que iriam acontecer desde os tempos de São João até este tempo final. Tudo está neste livro do Apocalipse, tudo contido nestes símbolos apocalípticos, os quais também se encontram no livro do profeta Daniel; porque o livro do profeta Daniel é o Apocalipse do Antigo Testamento.

         E agora, por isso é que concordam as profecias do livro do Daniel com as profecias do livro do Apocalipse.

         Para que tenhamos uma ideia, vejamos o livro do profeta Daniel e veremos um exemplo aqui: no capítulo 7, versículos 13 ao 14, vejam o que diz:

         “Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.

E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído”.

         E em Apocalipse, capítulo 5, diz, versículo 5 ao 6:

         “E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.

E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra.

E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono”.

         Aqui podemos ver Cristo saindo do Trono de Intercessão no Céu e apresentando-se para tomar o Livro dos Sete Selos; se apresentou e tomou esse Livro dos Sete Selos.

         Agora, o ancião disse: “Eis aqui o Leão…”, e quando João olhou, diz que viu um Cordeiro. Há alguma contradição no que João viu e o que o ancião viu? Não há nenhuma contradição, porque ambos viram a mesma pessoa, mas um o viu como Cordeiro (João o apóstolo) e o ancião o viu como Leão.

         Agora, João Batista quando apresentou Jesus Cristo disse: “Eis aqui o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”. E em uma ocasião em que João Batista disse: “Eis aqui o Cordeiro de Deus”, João o apóstolo e André o irmão de Pedro (que eram discípulos de João Batista), quando escutaram João Batista falar assim, seguiram a Jesus; João o apóstolo conheceu Jesus Cristo como o Cordeiro de Deus.

         E agora, quando o ancião diz: “Eis aqui o Leão da tribo de Judá” e João olha e viu o Cordeiro. Por quê? Porque viu Jesus, porque Jesus é o Cordeiro de Deus e também Ele é o Leão da tribo de Judá, Ele é o Rei de reis e Senhor dos senhores.

         Ambos viram a mesma pessoa; mas João o viu como Cordeiro, porque assim João o apóstolo o conhecia; e o ancião o apresentou como o Leão da tribo de Judá, porque Cristo toma esse Título de Propriedade quando sai do Trono de Intercessão, quando termina Sua Obra de Intercessão no Céu.

         E agora, em Apocalipse, capítulo 10, diz versículo 1 em diante:

         “E vi outro anjo forte, que descia do céu, vestido de uma nuvem; e por cima da sua cabeça estava o arco celeste, e o seu rosto era como o sol, e os seus pés como colunas de fogo;

E tinha na sua mão um livrinho aberto. E pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo sobre a terra;

E clamou com grande voz, como quando ruge um leão; e, havendo clamado, os sete trovões emitiram as suas vozes”.

         Aqui, vejam vocês como Cristo depois que tomou este Livro Os Sete Selos e o abriu no Céu, em seguida desce a Terra em Apocalipse capítulo 10, e desce com esse Livro aberto na Sua mão: desce vestido de uma nuvem, com o arco íris em torno da Sua cabeça, com Seu rosto como o sol, com Seus olhos como chamas de fogo, com Seus pés como colunas de fogo, e clamou como quando ruge um leão.

         Vejam; Ele clama como quando ruge um leão, quando colocou Seu pé direito sobre o mar e o esquerdo sobre a terra. Ou seja: que os Sete Trovões, que é a Voz de Cristo como o Leão da tribo de Judá, ou seja: clamando como quando um leão ruge, é quando Ele colocou Seu pé direito sobre o mar e o esquerdo sobre a Terra; e quando clamou como quando ruge um leão, Sete Trovões emitem suas vozes.

         É a Voz de Cristo falando à Sua Igreja no Último Dia, é a mesma Voz de Trombeta ou Grande Voz de Trombeta agora aqui apresentada com os Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10; é Cristo falando no Último Dia.

         Em seguida diz a João ou entrega a João o livro do Apocalipse ou o Livro dos Sete Selos para que o coma, porque isso representa que para o tempo final haverá um homem, um profeta mensageiro aqui na Terra, ao qual Cristo se revelará; ao qual Cristo virá e lhe dará esse Título de Propriedade, esse Livro dos Sete Selos, para que o coma e para que em seguida o que? Para que em seguida profetize sobre muitos povos, nações e línguas.

         Vejam, continua dizendo Apocalipse, capítulo 10:

         “E, quando os sete trovões acabaram de emitir as suas vozes, eu ia escrever; mas ouvi uma voz do céu, que me dizia: Sela o que os sete trovões emitiram, e não o escrevas.

E o anjo que vi estar sobre o mar e sobre a terra levantou a sua mão ao céu,

E jurou por aquele que vive para todo o sempre, o qual criou o céu e o que nele há, e a terra e o que nela há, e o mar e o que nele há, que não haveria mais demora”.

         Agora vejam, este é o mesmo Anjo, o mesmo Filho do Homem que o profeta Daniel viu na sua visão do capítulo 7 e versículos 13 ao 14 quando disse:

         “Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.

E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído”.

         E agora, vejamos nesta mesma passagem onde diz: “mas sim nos dias da voz do sétimo anjo…”. Apocalipse, capítulo 10, versículo 7 em diante:

         “… Mas nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o segredo de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos.

E a voz que eu do céu tinha ouvido tornou a falar comigo, e disse: Vai, e toma o livrinho aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e sobre a terra.

E fui ao anjo, dizendo-lhe: Dá-me o livrinho. E ele disse-me: Toma-o, e come-o, e ele fará amargo o teu ventre, mas na tua boca será doce como mel.

E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.

E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis”.

         Agora, aqui temos que esse Livro que está à destra de Deus no Céu, não havia lá no Céu niguém digno de tomar esse Livro, nem na Terra nem debaixo da Terra, enquanto esse Livro estava na mão direita de Deus.

         E onde estava Jesus Cristo? Pois estava no Lugar Santíssimo fazendo intercessão lá no Trono de Intercessão, no assento de misericórdia, mas em seguida saiu e tomou o Livro.

         E por que nenhuma pessoa era digna de tomar esse Livro enquanto estava na mão direita de Deus no Céu? Porque toda pessoa tinha vindo pela união de um homem e de uma mulher depois da queda do ser humano; e Adão, que não tinha vindo dessa forma, tinha caído; portanto, não havia nenhum ser humano digno porque todos tinham sido contaminados com o pecado; e quem era digno para tomar esse Livro estava ainda no Lugar Santíssimo fazendo intercessão pelos últimos escolhidos de Deus.

         Mas depois que terminou Seu trabalho no Lugar Santíssimo do Templo de Deus no Céu, saiu e tomou esse Livrinho da destra do que está sentado no Céu, e o abriu; e em seguida em Apocalipse, capítulo 6, versículos 1 em diante, encontramos que foi abrindo cada um desses selos. E em seguida em Apocalipse, capítulo 8, versículo 1, abriu o Sétimo Selo; e quando abriu o Sétimo Selo no Céu, houve silencio no Céu como por meia hora.

         Agora, quando se fala de silencio no Céu como por meia hora: recordem que quando se fala de meia hora no Céu, para os seres humanos não são 30 minutos literais, porque um dia diante do Senhor é como mil anos e mil anos como um dia.

         Segunda de Pedro, capítulo 3, versículo 8, e no Salmo 90, versículo 4 (esse salmo do profeta Moisés), daí foi onde São Pedro tomou que um dia diante do Senhor é como mil anos e mil anos como um dia; e diz que isso não se pode ignorar. Vejamos como diz São Pedro aqui no capítulo 3, versículo 8, de Segunda de Pedro:

         “Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia”.

         É algo que não podemos ignorar. Se o ignoramos estaremos todos confundidos na Escritura. Como que estaremos confundidos? Querem ver se estaríamos confundidos se não compreendermos que um dia diante do Senhor para os seres humanos são mil anos e mil anos dos seres humanos é um dia? Vamos ver, diz o apóstolo São Paulo na Sua carta aos Hebreus, capítulo 1, versículo 1 ao 2, diz:

         “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,

A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo”.

         E já transcorreram dois mil anos aproximadamente; e São Paulo lá, dois mil anos atrás, está dizendo que Deus falou por meio de Seu Filho, por Jesus Cristo “nestes últimos dias”, e já transcorreram dois mil anos.

         São Paulo se equivocaria ao dizer que estavam vivendo nos últimos dias quando Deus esteve falando por meio de Jesus Cristo? Não se equivocou. É que um dia diante do Senhor é como mil anos e mil anos como um dia; e quando Deus nos fala dos últimos dias, para os seres humanos não são três dias de 24 horas, mas que são três milênios.

         Vejam vocês também São Pedro, nos falando no livro dos Atos, no capítulo 2 do livro dos Atos, olhem o que diz São Pedro: diz capítulo 2, versículo 14 em diante... No Dia de Pentecoste, quando foram cheios do Espírito de Deus, algumas pessoas pensaram que estavam bêbados, e outros, pois não sabiam o que estava acontecendo e perguntavam “o que significa isto?”. Diz livro dos Atos, capítulo 2, versículo 14 em diante:

         “Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, e disse-lhes: Homens judeus, e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras.

Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia”.

         Ou seja: são de 8 a 9 da manhã, que é a terceira hora. A primeira hora é de 6 a 7 da manhã, a segunda hora é de 7 a 8 da manhã e a terceira hora é de 8 a 9 da manhã; essa é a quarta vigília que ocorre durante a manhã, de 6 a 9 da manhã:

         “Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel:

E nos últimos dias acontecerá (quando? Nos últimos dias), diz Deus,

         Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos sonharão sonhos;

E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e as minhas servas naqueles dias, e profetizarão;”.

         Aqui nos fala dos últimos dias e nos diz que para os últimos dias Deus prometeu derramar do Seu Espírito Santo; e desde o dia de Pentecoste até aqui, esteve derramando de Seu Espírito Santo sobre toda pessoa que creu em Cristo como Seu Salvador e lavou seus pecados no Sangue de Jesus Cristo; e esteve enchendo de Seu Espírito Santo, batizando com Seu Espírito Santo os crentes em Cristo que lavaram seus pecados no Sangue de Cristo; e assim esteve produzindo o que? Esteve produzindo o novo nascimento, do qual Cristo falou a Nicodemos dizendo: “Em verdade certo, em verdade te digo, que quem não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus”. O que não nasça do que? Da Água e do Espírito, isso está em São João, capítulo 3, versículo 1 ao 6.

         Agora, podemos ver o que esteve acontecendo desde o dia de Pentecostes até aqui, Cristo esteve realizando uma nova criação, esteve produzindo o novo nascimento de milhões de seres humanos, de milhões de seres humanos, esteve produzindo o novo nascimento no Reino de Deus de milhões de seres humanos de era em era.

         Por isso, de era em era vem o chamado de Deus, o chamado de Deus por meio do mensageiro de cada era para se produzir esse milagre do novo nascimento dos filhos e filhas de Deus que vivem nesse tempo; e aí é onde a pessoa recebe um espírito teofânico novo, que é um corpo teofânico da sexta dimensão, um corpo teofânico parecido com nosso corpo, mas de outra dimensão, no qual a pessoa, se morrer, em seguida vai viver nesse corpo no Paraíso; e ali caminha como caminhamos aqui, fala; a única coisa é que ali nem se come, nem se trabalha, nem dorme, porque não têm as necessidades que nós temos nesta Terra e nesta dimensão e neste corpo mortal, corruptível e temporário.

         Agora, vejam o que esteve acontecendo do Dia de Pentecoste até aqui, estes dias assinalados como os últimos dias.

         E agora, quando Cristo tinha de 4 a 7 anos de idade começou o quinto milênio e, por conseguinte, começaram os últimos dias diante de Deus, que para os seres humanos são os últimos milênios, que são o quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio.

         E dos últimos milênios qual é o último, qual é o último? O sétimo milênio, que é o Último Dia do qual Cristo falou, no qual ressuscitará todos os crentes nele que morreram, diz em São João, capítulo 6, versículos 39, ao 40:

         “E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia (Quando? No Último Dia).

         Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”.

         E se continuarmos lendo essa passagem do capítulo 6, encontraremos em duas ocasiões mais, que Cristo quando fala da ressurreição para os crentes nele, diz: “E eu o ressuscitarei no Último Dia”.

         E agora qual é o Último Dia? O Último Dia diante de Deus, para os seres humanos é o sétimo milênio.

         E agora, vejam que São Pedro e São Paulo não se equivocaram quando disseram que aqueles dias em que eles viveram eram os últimos dias? Porque os últimos dias diante de Deus, para os seres humanos são os últimos milênios: quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio.

         Se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem, já estamos no sétimo milênio e, por conseguinte, estamos no Último Dia, onde Cristo estará falando à Sua Igreja com essa Grande Voz de Trombeta e estará revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer; e tudo isto por meio de Seu Anjo Mensageiro, o qual envia para dar testemunho destas coisas a todas as Igrejas e a todas as nações e a todas as línguas e a todos os povos.

         “O Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer”. Apocalipse, capítulo 22, versículo 6.

         Agora, podemos ver este mistério dos últimos dias. Já vimos que os últimos dias diante de Deus são os últimos milênios: quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio; assim como os últimos dias da semana são: quinta-feira, que é o quinto dia da semana; sexta-feira, que é o sexto dia da semana; e sábado, que é o sétimo dia da semana; e depois começará uma nova semana com o domingo.

         Agora, vimos o que são os últimos dias e vimos o mistério do que Deus esteve fazendo nos últimos dias até este tempo, e o que fará no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio.

         Encontramos que para o sétimo milênio o Reino de Deus será estabelecido neste planeta Terra no meio o povo hebreu; e Cristo se sentará sobre o Trono de Davi, porque Ele é o herdeiro ao Trono de Davi.

         O Arcanjo Gabriel falou sobre de Jesus e falou a virgem Maria lhe dizendo da seguinte maneira, diz... diz o Arcanjo Gabriel a Maria, capítulo 1, versículo 30 em diante, de São Lucas:

         “Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.

E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus.

Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;

E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”.

         Aqui temos a promessa de Cristo receber o Trono de Davi. O Senhor, Deus Todo-Poderoso:

         “... o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;

E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”.

         E agora, Cristo em Apocalipse, capítulo 3, versículo 21, diz:

         “Ao que vencer dar-lhe-ei assentar-se comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono”.

         Agora, o Trono do Pai está no Céu, é o Trono lá onde Deus está, no qual Cristo também se sentou quando subiu ao Céu, pois se sentou à destra de Deus no Céu, no Trono de Deus.

         E agora, na mesma forma em que se sentou no Céu no Trono, Cristo se sentará em Seu Trono, que é o Trono de Davi, e com Ele se sentará o vencedor, que será Seu Anjo Mensageiro no Último Dia; porque Cristo reclamará Seu Trono, o Trono de Davi, no Último Dia (ou seja: no sétimo milênio), para estabelecer o Reino de Deus na Terra, no meio do povo hebreu; e desde esse Trono reinará sobre o povo hebreu e sobre todas as nações.

         Agora, vimos que todas estas coisas estão prometidas para serem cumpridas quando? No Último Dia.

         Este é o tempo mais glorioso de todos os tempos. Se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem, já estamos no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio; mas se não acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem, pois vejam, falta somente o que resta deste ano 1998, o ano 1999 e o ano 2000, e em seguida entraremos no sétimo milênio e ao século XXI; assim nas duas formas, em uma já estamos dentro e na outra estamos muito perto de entrar ao sétimo milênio.

         Agora, é importante conhecer o Programa Divino correspondente ao sétimo milênio, é o Programa de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação, onde Ele vem manifestado no Último Dia para realizar Sua Obra de Reclamação.

         Ele aparece em Apocalipse, capítulo 1, versículos 10 ao 18, aparece aí com uma túnica que chega até Seus pés, com um cinto de ouro sobre Seu peito e também aparece com Seus pés como colunas de fogo; aparece também com Seus olhos como chamas de fogo, aparece também com Seu cabelo branco como lã branca, aparece também com uma espada que sai da Sua boca; todos esses são os símbolos do que Cristo estará manifestando, de todos esses atributos de Cristo que Ele estará manifestando no Último Dia, ou seja: no sétimo milênio.

         Vejam; a Espada que sai da Sua boca; não é que Cristo para o Último Dia ao invés de ter uma língua terá uma espada literal saindo da Sua boca. A Espada que sai da boca do Filho do Homem é a Palavra de Deus, que é mais afiada e mais penetrante que toda espada de dois fios; por isso está representada na espada a Palavra de Deus. São Paulo disse que a Espada do Espírito é o que? A Palavra de Deus.

         E agora, a boca de Deus foram sempre os profetas de Deus; e foi sempre da boca dos profetas de Deus que saiu a Palavra de Deus, porque Deus a colocou no coração e na boca de cada profeta que Ele enviou. No livro de Deuteronômio, capítulo 18, diz versículo 15 em diante:

         “O Senhor teu Deus te levantará um profeta do meio de ti, de teus irmãos, como eu; a ele ouvireis”.

         A quem disse Moisés que o povo está chamado a escutar? Ao profeta que Deus envia; e no versículo 18 diz, deste mesmo capítulo 18, versículo 18 ao 19 diz:

         “Eis lhes suscitarei um profeta do meio de seus irmãos, como tu, e porei as minhas palavras na sua boca…”.

         Onde Deus coloca Suas palavras? Na boca do profeta que Ele envia. Esta profecia foi cumprida parcialmente nos profetas que Deus enviou, foi cumprida também em toda sua plenitude em nosso amado Senhor Jesus Cristo; e foi cumprida também nos sete anjos mensageiros das sete eras, e é cumprida neste tempo final no Anjo do Senhor Jesus Cristo.

         E agora, onde Deus coloca Sua Palavra, que é a Espada de dois fios? Na boca do profeta que Ele envia, porque a boca de Deus sempre foram os profetas de Deus.

         “... e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar”.

         Toda pessoa diz: “Eu quero escutar a Voz de Deus”, pois veja onde está a Voz de Deus no tempo que corresponde viver a pessoa: está na boca do mensageiro que Deus envia para essa Era ou para essa dispensação. Se encontrar o mensageiro e o escutar pregando, estará escutando a Voz de Deus, a Voz de Cristo, estará escutando a Voz do Deus Todo-Poderoso revelando o que a pessoa precisa conhecer, e estará vendo a Espada que sai da boca de Deus, do mensageiro de Deus correspondente a esse tempo.

         E agora, o que falará? Tudo o que Deus mandar falar para ao povo.

         “E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele”.

         Ou seja: que não é um assunto da pessoa dizer: “Não me interessa e eu não vou ter nada que ver com o que esse homem estiver falando”. Como toda pessoa tem o livre-arbítrio, pode rejeitar ou aceitar, receber o que está sendo dito; e de acordo com o que a pessoa fizer será o benefício que vai receber. Se rejeitar a Palavra, Deus diz:

         “E será que qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o requererei dele”.

         Agora, quem recebe a Palavra de Deus, pois recebe a bênção de Deus; e a Palavra prometida, as bênçãos prometidas se encarnam na pessoa que recebe a Palavra de Deus; porque Cristo disse: “Minhas palavras são espírito e são vida” e “o que ouça minha Palavra tem vida eterna; e não verá condenação, mas passou da morte a vida”.

         É para os que escutam a Palavra de Deus no tempo que lhes corresponde viver, através do mensageiro que Deus envia os que têm a promessa de uma ressurreição no Último Dia se seus corpos físicos já morreram, e se estão vivos têm a promessa da transformação de seus corpos.

         Por isso é que São Paulo nos falando do tempo final e da ressurreição dos mortos em Cristo e da transformação de nós os que vivemos; nos diz em Primeira de Coríntios, capítulo 15, versículos 49 em diante:

         “E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial (ou seja: seremos a imagem e semelhança de nosso amado Senhor Jesus Cristo, teremos um corpo glorificado como o do Senhor Jesus Cristo).

         E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção.

Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados;

Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados”.

         Quando é que vem a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação de nós os que vivemos? Quando estiver soando essa Trombeta Final, que é a Trombeta do Evangelho do Reino sendo pregado pelo Anjo do Senhor Jesus Cristo. É a Voz de Cristo por meio de Seu Anjo Mensageiro, essa Trombeta Final ou Grande Voz de Trombeta, a qual estarão escutando todos os que serão transformados no Último Dia; e no Paraíso todos os mortos em Cristo escutarão também essa Trombeta, porque eles desde lá podem olhar para aqui e podem escutar e podem ver também tudo o que está acontecendo no Corpo Místico de Jesus Cristo. Continua dizendo, vamos ver:

         Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.

E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.

Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?

Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.

Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo”.

         Agora vejam que para o tempo final a Trombeta Final ou Grande Voz de Trombeta, que é a Trombeta do Evangelho do Reino, estará soando; e os mortos em Cristo ressuscitarão em corpos incorruptíveis e nós os que vivemos estaremos escutando essa Voz de Trombeta soando, essa Mensagem do Evangelho do Reino sendo pregado e chegando até o profundo de nossa alma; e quando virmos aos mortos em Cristo ressuscitados, nós seremos transformados, essa é a promessa de Cristo para todos nós.

         Agora, nós estamos vivendo no tempo mais glorioso de todos os tempos, estamos vivendo no tempo final, estamos vivendo no tempo do Sétimo Selo; o Sétimo Selo é a Vinda do Senhor, a Vinda do Filho do Homem.

         Cristo disse em São Mateus, capítulo 16, versículo 27 ao 28, sobre a Vinda do Filho do Homem, Ele disse:

         “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras”.

         Ele falou da Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos para este tempo final, e no Monte da Transfiguração Ele mostrou a Vinda do Reino de Deus; e por isso apareceram ali Moisés e Elias, que são os Anjos do Filho do Homem para o tempo final; esses são as Duas Oliveiras e os Dois Castiçais os quais vêm com essa Grande Voz de Trombeta, que é a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, para chamar e juntar os escolhidos dentre os gentios primeiramente, e depois chamar e juntar aos escolhidos do povo hebreu com a Mensagem da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino proclamando e revelando o mistério do Sétimo Selo, o mistério da Segunda Vinda de Cristo com Seus Anjos no Último Dia.

         Esse mistério que por milhões de anos esteve escondido na mente de Deus esteve escondido desde antes da fundação do mundo na mente de Deus, para este tempo final será revelado, será proclamado por meio da Mensagem da Grande Voz de Trombeta, por meio da Mensagem a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino que o Anjo do Senhor Jesus Cristo traz para a Igreja do Senhor Jesus Cristo e para o povo hebreu.

         Agora, nós chegamos ao tempo mais glorioso de todos os tempos, chegamos ao tempo onde a bênção de Deus tem estado no ocidente, ou seja: no oeste; e é para o oeste que Cristo prometeu a maior bênção, pois disse assim: que a Vinda do Filho do Homem seria como o relâmpago que sai do oriente (lá foi a Primeira Vinda de Cristo, no oriente, Oriente Médio, na terra de Israel), sai do oriente e se mostra onde? Se mostra, se manifesta onde? No ocidente.

         É o ocidente o que tem a promessa da manifestação do Filho do Homem como o relâmpago, para resplandecer e iluminar nosso entendimento, e assim possamos todos compreender todas estas coisas que em breve devem acontecer neste tempo final, e possamos compreender que a bênção de Deus neste tempo final está no ocidente resplandecendo e abençoando nossas almas, e nos enchendo do conhecimento de todas estas coisas que devem acontecer neste tempo final.

         E agora, vimos como sob a bênção de Deus a América do Norte teve a bênção da sétima etapa ou era da Igreja gentia, onde Deus enviou ao precursor da Segunda Vinda de Cristo, o qual já terminou seu ministério e se foi; mas ficou sua Mensagem.

         E em seguida a América Latina e o Caribe têm a bênção de ser o território de e para a Grande Voz de Trombeta, a Voz de Cristo, estar nos falando todas estas coisas que em breve devem acontecer, e assim nos encher do entendimento, do conhecimento de todo Seu Programa correspondente a este tempo final.

         Estamos no território da bênção de Deus: o continente americano; estamos no território do ocidente, onde o Filho do Homem como o relâmpago neste tempo final estaria resplandecendo, estaria nos iluminando a alma, o entendimento, todo nosso ser, para conhecer todas estas coisas que em breve devem acontecer e assim obter a bênção de Deus prometida para este tempo final.

         Este é um tempo de bênção para todos os filhos e filhas de Deus, este é um tempo de bênção para todos os que ouvem a Voz de Cristo, essa Grande Voz de Trombeta neste tempo final, nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer, conforme às profecias bíblicas correspondentes a este tempo final. Chegamos ao tempo mais glorioso de todos os tempos para crianças, jovens, adultos e anciãos.

         Busquem Deus todos os dias da vossas vida, sirvam a Deus com temor e tremor, com reverência, com todo seu coração; e não se afastem de Seu caminho nunca na Sua vida; de modo que quando chegar a ressurreição dos mortos em Cristo possamos vê-los e nós sejamos transformados, e tenhamos o novo corpo; e assim terminem nossas lutas terrenas com uma grande vitória em amor divino.

         Diz a Escritura que o manco não saia do caminho. O que significa isto? Que as pessoas mancas espiritualmente, que caminham com problemas, com dificuldades, com falhas em Sua vida, pois não saiam do caminho de Deus, mas que sejam curados espiritualmente e sua vida seja arrumada e caminhem corretamente; porque a recomendação não é que quem tenha faltas se afaste do caminho de Deus, mas que Deus opere em sua vida, faça um milagre em sua vida e seja curado espiritualmente.

         Agora, chegamos ao tempo mais glorioso de todos os tempos, chegamos ao tempo do fim, chegamos ao Último Dia se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem; e chegamos ao tempo onde o Sétimo Selo se abriria e esse mistério do Sétimo Selo seria revelado todos os filhos e filhas de Deus. Onde? No ocidente, no continente do ocidente, continente americano, na parte da América central, América do Sul e o Caribe, que era a parte que faltava para receber a bênção de Deus; porque as demais etapas da Igreja de Jesus Cristo se cumpriram na Ásia Menor, Europa e América do Norte, e faltava a etapa da América Latina e do Caribe, que corresponde à Era da Pedra Angular e ao Lugar Santíssimo do Templo espiritual de Jesus Cristo.

         Chegamos ao tempo mais glorioso de todos os tempos; portanto, estejam bem agarrados de Jesus Cristo todos os dias de sua vida, como se agarrou Jacó do Anjo do Senhor até receber a bênção do Anjo do Senhor, e estejamos agarrados de Jesus Cristo neste Último Dia até que obtenhamos nossa transformação, até que obtenhamos o novo corpo que Ele prometeu para cada um de vocês e para mim também.

         Foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês, amáveis amigos e irmãos presentes, radiouvintes, telespectadores e também os que estão através da internet, foi realmente uma bênção grande compartilhar com vocês estas coisas que devem acontecer neste tempo final.

         Que Deus os abençoe, e passem todos muito boa noite. Conosco o reverendo Miguel Bermúdez Marín.

         “O SÉTIMO SELO E A NAÇÃO AMERICANA”.

         [Revisão novembro 2018]

Encontre-nos

Carretera No.1 Km 54.5
Barrio Monte Llano
Cayey, Puerto Rico
00736

Twitter