ImprimirImprimir

Muito boa tarde amados amigos e irmãos presentes aqui na cidade de Reforma, Chiapas, República Mexicana. É para mim uma bênção grande estar com vocês para compartilhar uns momentos de companheirismo ao redor da Palavra de Deus e Seu Programa correspondente a este Último Dia.

         E agora vamos ler em Apocalipse, capítulo 10, versículo 1 em diante, onde diz a Palavra de Deus da seguinte maneira:

E vi outro anjo forte, que descia do céu, vestido de uma nuvem; e por cima da sua cabeça estava o arco celeste, e o seu rosto era como o sol, e os seus pés como colunas de fogo;

E tinha na sua mão um livrinho aberto. E pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo sobre a terra;

E clamou com grande voz, como quando ruge um leão; e, havendo clamado, os sete trovões emitiram as suas vozes.

E, quando os sete trovões acabaram de emitir as suas vozes, eu ia escrever; mas ouvi uma voz do céu, que me dizia: Sela o que os sete trovões emitiram, e não o escrevas.

E o anjo que vi estar sobre o mar e sobre a terra levantou a sua mão ao céu,

E jurou por aquele que vive para todo o sempre, o qual criou o céu e o que nele há e a terra e o que nela há e o mar e o que nele há que não haveria mais demora;

Mas nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o segredo de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos.

E a voz que eu do céu tinha ouvido tornou a falar comigo, e disse: Vai, e toma o livrinho aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e sobre a terra.

E fui ao anjo, dizendo-lhe: Dá-me o livrinho. E ele disse-me: Toma-o, e come-o, e ele fará amargo o teu ventre, mas na tua boca será doce como mel.

E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.

E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis”.

         Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

         Nosso tema para esta ocasião é: “O SÉTIMO SELO E OS SETE TROVÕES”.

         É o Anjo Forte que desce do Céu o que clama como quando ruge um leão e sete trovões emitem suas vozes. Se prestarmos bem atenção nessa passagem, encontraremos que os sete trovões de Apocalipse, capítulo 10, são a Voz desse Anjo Forte que desce do Céu clamando como quando ruge um leão, e assim os Sete Trovões são a Voz de Cristo, o Anjo Forte, clamando como quando ruge um leão; ou seja: falando com Seu povo, falando com os seres humanos como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores na Sua Obra de Reclamação.

         Podemos ver que Seus pés estão sobre o mar (o pé direito) e sobre a terra (o pé esquerdo); isto nos fala destes pés de bronze, que representam o juízo divino; e os profetas de Deus são o juízo Divino. Portanto, os pés de bronze polido, ardentes, encontramos que são os ministérios de Moisés e Elias, os ministérios dos Anjos do Filho do Homem, pois Cristo disse em São Mateus, capítulo 16, versículo 27 em diante:

         “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então recompensará a cada um segundo as suas obras”.

         E em São Mateus, capítulo 17, versículo 1 em diante, encontramos Cristo levando Pedro, Tiago e João a um monte alto, e ali se transfigurou diante deles, e apareceram Moisés de um lado e Elias do outro lado de Jesus.

         Cristo ali, com Seu rosto como o sol, está representando ali a Vinda do Filho do Homem para o Último Dia com Seus Anjos. Seus Anjos ali são Moisés e Elias, Seus Anjos são os ministérios proféticos de Moisés e Elias que estarão manifestados no Último Dia; e o rosto do Senhor como o sol é Cristo vindo como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação, porque Cristo é o Sol de Justiça e Ele é a Luz do mundo.

         O sol representa Cristo como Rei vindo no Último Dia, no cumprimento da Sua Segunda Vinda. “Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas...” (Malaquias, capítulo 4, versículo 2). É a Segunda Vinda de Cristo como Rei dos reis e Senhor dos senhores; é a Vinda de Cristo em Apocalipse, capítulo 19, versículo 11 ao 21, vindo sobre um cavalo branco como a neve, o qual é nada menos que Cristo em Sua Segunda Vinda.

         E nos falou desta passagem o reverendo William Branham, precursor da Segunda Vinda de Cristo, e disse na página 256 do livro Os Selos:

         “121. Mas quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra, Ele virá sobre um cavalo branco como a neve, e será completamente Emanuel — a Palavra de Deus encarnada em um homem”.

         Se encontrarmos esse homem, encontraremos nele a Palavra encarnada; encontraremos o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, que é o Anjo que era diferente dos demais, o qual apareceu nesta nuvem formada por anjos que foi manifestada em 28 de fevereiro de 1963 sobre os céus do Arizona.

         Aí está cada anjo mensageiro de cada era da Igreja gentia e também há um Anjo diferente dos demais, o qual é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, o qual libertou o povo hebreu, o qual apareceu a Moisés e disse: “Eu sou o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó”.

         E em seguida esse mesmo Anjo do Pacto estava na profecia de Malaquias, capítulo 3, prometido para vir à Terra como cumprimento da Vinda do Messias, para o qual enviaria o Seu precursor diante Dele preparando o caminho, o qual foi João Batista; e em seguida veio o Senhor, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor.

         Veio como? Veio em carne humana naquele véu de carne chamado Jesus de Nazaré; foi o Verbo, a Palavra encarnada em um homem. O Verbo que estava com Deus e era Deus se fez carne e habitou entre os seres humanos, conforme São João, capítulo 1, versículo 1 ao 18.

         E para o Último Dia temos a promessa em Apocalipse, capítulo 19, versículo 11 em diante, que o Verbo regressará à Terra, que o Verbo (que é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor) virá novamente a Terra encarnado em um homem deste tempo final.

         Esse homem tem que ser um profeta, portanto tem que ser o profeta da Dispensação do Reino, que é a última dispensação, a única que resta; e tem que ser o profeta mensageiro da Era da Pedra Angular, que é a Era Eterna da Igreja de Jesus Cristo, que é a única que resta para a Igreja de Jesus Cristo.

         E tem que ser no território que resta para a manifestação de Deus, para a manifestação do Filho do Homem como o relâmpago resplandecendo no ocidente; disse Cristo: “É como o relâmpago que sai do oriente (a terra de Israel, onde foi a Primeira Vinda de Cristo) e se manifesta (ou seja: resplandece, onde?) no ocidente”, que é o continente americano, que consta da América do Norte, América Central, América do Sul e o Caribe.

         E na América do Norte já se manifestou, Cristo, por meio do precursor da Sua Segunda Vinda, o reverendo William Branham, onde manifestou o ministério de Elias pela quarta ocasião; e agora somente resta a América Latina e o Caribe para a manifestação do Filho do Homem como relâmpago resplandecendo, que é o mesmo Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19: o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, vindo em carne humana em um homem (onde?) no ocidente.

         É a Vinda do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19 (onde?) no ocidente; porque do ocidente virá um Cavaleiro em um cavalo branco, diz o precursor da Segunda Vinda de Cristo na página 166 do livro Citações, e diz: “Percorreremos este caminho outra vez”.

         Elias percorrerá o caminho ministerial por quinta ocasião, e o percorrerá acompanhado do Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19, que é a Vinda de Cristo, do Anjo do Pacto, é a Vinda do Verbo, da Palavra encarnada em um homem; e nesse mesmo homem estará o ministério de Elias por quinta ocasião e estará o ministério de Moisés por segunda ocasião e o ministério de Jesus por segunda ocasião. Esse é o mistério do Sétimo Selo.

         E o mistério dos Trovões é a Voz de Cristo vindo, o Verbo vindo, a Palavra vindo encarnada em um homem, e falando por meio desse homem a Mensagem da Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino e nos revelando todas estas coisas que devem acontecer neste tempo final.

         Isso é a Voz dos Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10: é a Voz de Cristo em Sua Vinda, velado em carne humana no Seu Anjo Mensageiro, nos revelando o mistério da Sua Vinda em carne humana, nos revelando o mistério deste Anjo que é diferente dos demais anjos das sete eras da Igreja gentia; esse Anjo vindo no Último Dia, o qual é Cristo, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, vindo no Último Dia em carne humana no Anjo do Senhor Jesus Cristo, e falando por meio do Seu Anjo Mensageiro esse mistério da Sua Vinda e nos revelando assim todas estas coisas que devem acontecer neste tempo final.

         Agora, vimos o que é o Sétimo Selo: é a Vinda deste Anjo que era diferente dos demais, vindo em carne humana em Seu Anjo Mensageiro. E os Sete Trovões é a Voz deste Anjo Mensageiro, deste Anjo Forte, deste Anjo que é diferente dos demais, vindo em carne humana e falando por meio de carne humana todas estas coisas que em breve devem acontecer, e nos revelando assim Sua Vinda neste Último Dia à Sua Igreja, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino, no meio dos latino-americanos e caribenhos.

         Vimos O MISTÉRIO DO SÉTIMO SELO E DOS SETE TROVÕES.

         E agora, ao obter a revelação, o conhecimento do mistério do Sétimo Selo e do que os Trovões falaram (que é a revelação do mistério do Sétimo Selo, a revelação da Sua Vinda), obtemos assim a revelação, a fé, para ser transformados e raptados neste tempo final.

         Assim como quando obtivemos a revelação da Primeira Vinda de Cristo como o Cordeiro de Deus tirando o pecado do mundo lá na Cruz do Calvário, obtivemos a fé, a revelação para obter salvação; para obter, o que? Para obter nossa redenção, nossa salvação, crendo em Cristo em Sua Primeira Vinda velado em carne humana na pessoa de Jesus, onde estava esse Anjo do Pacto.

         O Anjo do Senhor, o Anjo que era diferente dos demais estava em Jesus, naquele véu de carne chamado Jesus; estava encarnado, manifestado em carne humana, e estava falando por meio de carne humana, por meio do véu de carne chamado Jesus; e por meio desse véu de carne realizou a Obra de Redenção na Cruz do Calvário, porque se proveu um corpo para sacrifício para a redenção de todos os filhos e filhas de Deus.

         Agora, ao ver, ao conhecer o mistério da Sua Primeira Vinda em carne humana e a Obra que realizou por meio desse véu de carne na Cruz do Calvário, o que obtivemos? A revelação, a fé para obter salvação, para obter o perdão dos nossos pecados, lavar nossos pecados no Sangue de Cristo e receber o Espírito de Cristo, o Espírito Santo, receber assim o corpo teofânico da sexta dimensão.

         E agora, obtendo a revelação do Sétimo Selo (que é obter a revelação da Segunda Vinda de Cristo), obtemos a revelação, a fé para ser transformados e sermos raptados neste Último Dia e sermos levados à Ceia das Bodas do Cordeiro, porque obtemos a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação; pois Ele vem para reclamar tudo o que Ele redimiu com Seu Sangue precioso, vem para reclamar Sua Noiva, Sua Igreja, a qual Ele redimiu com Seu Sangue precioso, e dos quais já muitos morreram fisicamente, seus corpos morreram através das diferentes eras da Igreja gentia, e daquele tempo dos apóstolos lá no meio do povo hebreu; e ainda dos membros da Era da Pedra Angular, alguns também partiram, seus corpos físicos partiram, terminaram sua temporada aqui, e eles em espírito, em corpos teofânicos, passaram a viver no Paraíso (que é a sexta dimensão), e estão esperando também ali com os das eras passadas o momento da ressurreição para se levantarem em um corpo eterno e glorificado.

         Mas resta aqui sobre a Terra a maioria dos membros do Corpo Místico de Cristo da Era da Pedra Angular, da Era de Ouro da Igreja de Jesus Cristo; e estamos aqui esperando o que? Esperando a transformação dos nossos corpos, porque vimos o Sétimo Selo e escutamos a Voz do Sétimo Selo, escutamos os sete trovões de Apocalipse, capítulo 10; e ainda estamos escutando os sete trovões de Apocalipse, capítulo 10, e estamos obtendo o conhecimento de todas estas coisas que Ele está nos revelando neste Último Dia.

         É a revelação do Anjo Forte que desce do Céu, a revelação do Anjo que era diferente dos demais, por meio do Seu Anjo Mensageiro, por meio do Anjo Mensageiro da Era da Pedra Angular e da Dispensação do Reino, que é o profeta final que Cristo envia à Sua Igreja e à raça humana.

         Depois desse profeta não vem outro profeta, esse é o último profeta do Programa Divino; e é um profeta dispensacional para a última dispensação, a Dispensação do Reino, e para a Era Eterna da Igreja de Jesus Cristo; e se é o mensageiro de uma era eterna, pois depois dele não vem ninguém mais, porque ele é um mensageiro eterno para a Era Eterna da Igreja de Jesus Cristo.

         Por isso em Apocalipse, capítulo 14 e versículo 6, vem com o Evangelho Eterno; vem na era eterna da Igreja de Jesus Cristo, a Era da Pedra Angular, e vem pregando o Evangelho Eterno. Diz:

         “E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para proclamá-lo aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo,

Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo”.

         É para o tempo em que a hora do Seu juízo chegou, é para o tempo onde o juízo divino há de cair sobre a Terra, que aparece este Anjo pregando o Evangelho Eterno e dizendo ao povo que adorem a Deus, que honrem a Deus, dizendo ao povo que temam a Deus, o adorem e o sirvam, deem glória a Deus, porque a hora do Seu juízo chegou.

         A hora do Seu juízo é a hora da Vinda deste Anjo pregando o Evangelho Eterno; e a hora da Sua Vinda, da Vinda deste Anjo…, que é o Anjo do Pacto, o qual estará por meio do Seu Anjo Mensageiro terreno nos dando a Mensagem do Evangelho do Reino, que é o Evangelho Eterno para todo ser humano que vive neste planeta Terra, porque é a Mensagem da Era Eterna da Pedra Angular, a qual cobre a Dispensação do Reino e cobre toda a eternidade.

         Agora, vimos o que é o Sétimo Selo: a Vinda do Anjo que era diferente dos demais, a Vinda do Anjo do Pacto, do Anjo Forte que desce do Céu e Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse 19; e vimos o que são os sete trovões de Apocalipse, capítulo 10; são nada menos do que a Voz de Cristo nos falando por meio de carne humana, por meio do Seu Anjo Mensageiro; nos falando, nos revelando o mistério da Segunda Vinda de Cristo, a Vinda do Anjo do Pacto, do Anjo que era diferente dos demais, velado em carne humana. Isso é a Vinda da Palavra encarnada em um homem.

         Mas esse homem não é o Senhor Jesus Cristo, também não é Elias e também não é Moisés, mas nele: este Anjo do Pacto — que é Jesus Cristo no Seu corpo teofânico — desce do Céu e se manifesta em carne humana no Seu Anjo Mensageiro, e opera em Seu Anjo Mensageiro os ministérios de Moisés por segunda vez, de Elias por quinta vez e de Jesus por segunda vez, porque este é o único que tem ministérios; esse é o Anjo do Senhor, o Anjo do Pacto, o Espírito Santo, Jesus Cristo em Espírito Santo, Jesus Cristo em teofania, se manifestando através de carne humana em Seu Anjo Mensageiro.

         Viram o simples que é o mistério do Sétimo Selo e a Voz dos Sete Trovões falando para este Último Dia para a Sua Igreja e revelando o mistério do Sétimo Selo, o mistério da Sua Vinda? E isso é o que nos dá a fé, a revelação para sermos transformados e raptados, conforme às palavras do precursor da Segunda Vinda de Cristo.

         No livro Os Selos em espanhol, página 128, diz o precursor da Segunda Vinda de Cristo:

         “121. Agora, os Sete Trovões de Apocalipse permitirão que Ele mostre à Noiva como se preparar para obter essa grande fé de translação (ou seja, a fé de rapto)”.

         E na página 104 do livro Os Selos também nos fala da fé do rapto, e nos diz:

         “[37] … Em seguida vêm sete trovões misteriosos que nem estão escritos. Correto. E eu creu que por meio dos Sete Trovões será revelado nos últimos dias o que é necessário para preparar a Noiva para ter a fé do rapto; porque com o que temos agora não poderíamos subir. Há algo que tem que vir para nos preparar, porque como estamos agora, apenas podemos ter fé suficiente para a Cura Divina. Temos que ter suficiente fé para sermos transformados em um momento e ser tirados desta Terra. E veremos mais diante (primeiro Deus), onde está isto escrito”.

         E na página 117 do livro Os Selos diz:

         “[78] Quando João ouviu o trovão talvez saltou de susto; depois ouviu um dos quatro animais que disse: ‘Agora veem e vê o que é; o que está revelado aqui, e escreve o que vês’. Então João se aproximou para ver o que era; em outras palavras, aproximou-se para ver o que disse o trovão. Então é quando esta criatura disse a João: ‘Vem e vê o mistério sob do Primeiro Selo; o que o trovão, a Voz do Criador, pronunciou’. Agora, ele deve ter conhecido aquele que estava ali.

         79. Agora, pense bem, João escreveu isto que temos, mas quando começou a escrever os outros sete trovões, lhe disseram: ‘Não os escrevas’. Agora, João tinha comissão de escrever tudo o que visse, mas quando trovejaram estes sete trovões de Apocalipse 10, então lhe foi dito: ‘Não escrevas nada disto’. Estes são mistérios que ainda não conhecemos; mas a minha opinião é que serão revelados muito já em breve, e isto dará fé e graça à Noiva para ser raptada”.

         Onde está à fé para o rapto? O que é que dá a fé para o rapto aos escolhidos de Deus, para serem transformados e raptados e levados à Ceia das Bodas do Cordeiro? A Voz ou vozes dos Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10, que é a Voz de Cristo como o Leão da tribo de Judá clamando como quando ruge um leão e os sete trovões emitindo suas vozes.

         É a Voz de Cristo, do Anjo que era diferente dos demais, vindo em carne humana no Último Dia e falando por meio de carne humana o mistério da Sua Vinda; ou seja: revelando à Sua Igreja o mistério da Sua Vinda aqui à Terra em carne humana em Seu Anjo Mensageiro, revelando que veio como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação, para realizar Sua Obra correspondente a este tempo final; e chamar e juntar todos Seus escolhidos do Último Dia com a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, para assim os mortos em Cristo ressuscitarem em corpos eternos e nós os que vivemos sermos transformados neste Último Dia.

         Sem a revelação do Sétimo Selo, sem a revelação da Segunda Vinda de Cristo e Sua Obra de Reclamação no Último Dia, é impossível que as pessoas possam ser transformadas e raptadas neste tempo final, porque a fé para o rapto a dão os sete trovões de Apocalipse, capítulo 10; e o que os Sete Trovões falam, o que os Sete Trovões revelam é o mistério do Sétimo Selo, ou seja: o mistério da Vinda do Senhor, o mistério da Vinda deste Anjo que era diferente dos demais, que é quem tem o Sétimo Selo; e com Sua Vinda em carne humana em Seu Anjo Mensageiro, o Sétimo Selo é cumprido aqui na Terra.

         A Vinda do Senhor é cumprida por este Anjo, porque este é o Senhor, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, o mesmo Jesus Cristo em Espírito Santo, o mesmo Jesus Cristo em Seu corpo teofânico sendo visto no céu, nas nuvens formadas por estes anjos; para em seguida no Último Dia vir em carne humana em Seu Anjo Mensageiro e cumprir o mistério do Sétimo Selo, e revelar esse mistério do Sétimo Selo aos Seus escolhidos, à Sua Igreja, na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino.

         Vimos o mistério do Sétimo Selo e dos Sete Trovões de Apocalipse, capítulo 10. “O SÉTIMO SELO E OS SETE TROVÕES” de Apocalipse, capítulo 10, versículo 1 ao 11.

         Foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês compartilhando estes momentos de companheirismo espiritual ao redor da Palavra de Deus, ao redor do tema: “O SÉTIMO SELO E OS SETE TROVÕES”.

         Que as bênçãos do Sétimo Selo, o Anjo do Pacto, faladas por Cristo com Sua Voz dos Sete Trovões, se materializem sobre cada um de vocês e sobre mim também, e em breve todos sejamos transformados e levados à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

         Muito obrigado pela vossa amável atenção, amados amigos e irmãos presentes aqui na cidade de Reforma, Chiapas, República Mexicana.

         Que Deus continue acrescentando neste lugar mais e mais filhos Seus, e que a Palavra de Deus correspondente ao nosso tempo flua livremente neste lugar para alimentar a alma de todos os filhos e filhas de Deus deste tempo final, para que estejam prontos para serem transformados e raptados neste tempo final.

         Que Deus os abençoe; e continuem passando uma tarde ou uma noite cheia das bênçãos de Jesus Cristo, o Anjo do Pacto.

         Que Deus os abençoe e guarde a todos.

         “O SÉTIMO SELO E OS SETE TROVÕES”.

         [Revisão fevereiro 2019]

Encontre-nos

Carretera No.1 Km 54.5
Barrio Monte Llano
Cayey, Puerto Rico
00736

Twitter