ImprimirImprimir

Muito boa noite amáveis amigos e irmãos presentes, radiouvintes e telespectadores. Que as bênçãos de Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, sejam sobre todos vocês e sobre mim também, e nos permita entender Sua Palavra nesta noite, nos fale diretamente à nossa alma e nos abra as Escrituras para assim compreendê-las nesta ocasião. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

         Vamos ler em Apocalipse, capítulo 21, onde nos diz desde o versículo 1 ao 8:

“E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

E eu, João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.

E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus.

E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas.

E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve, porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.

E disse-me mais: Está cumprido; Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tenha sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.

Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.

Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte.”

         Que Deus abençoe nossas almas com Sua Palavra e nos permita entendê-la.

         Nosso tema para esta ocasião é: “TODAS AS COISAS SÃO FEITAS NOVAS COM O SÉTIMO SELO”.

         O Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo. Por isso é que em Apocalipse, capítulo 8, versículo 1 em diante, quando foi aberto o Sétimo Selo no Céu, fez-se silêncio no Céu por cerca de meia hora.

         Que coisa tão importante é e contém o Sétimo Selo que ocasionou silêncio no Céu por cerca de meia hora, um silêncio reverencial no meio dos habitantes do Céu? É que este mistério contido no Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo.

         Diz assim Apocalipse, capítulo 8, versículo 1 em diante:

         “E, havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora.”

         Esse silêncio por cerca de meia hora é meia hora do Céu. E São Pedro, em Segunda de Pedro, capítulo 3, versículo 8, nos falando do que é um dia diante do Senhor, diz:

         “Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia.”

         Quando se fala de um dia dos do Senhor, para os seres humanos é um milênio, ou seja: são mil anos daqui da Terra; e quando se fala dos últimos dias, está se falando para os seres humanos dos últimos milênios.

         Por isso é que São Paulo, nos falando do tempo em que Jesus Cristo esteve na Terra pregando, diz que eram os últimos dias. Vejam, em Hebreus, capítulo 1, versículo 1 ao 2, diz:

         “Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas (Como Deus falou ao povo hebreu? Por meio dos profetas),

         a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho.”

         Quando? Nestes últimos dias (diz), e está falando dois mil anos atrás aproximadamente. Diz:

         “… a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho,

a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.”

         E como pode ser possível que fossem os últimos dias aqueles dias de São Paulo e de Jesus, e transcorreram dois mil anos? É que para Deus… De Cristo para cá, para nós transcorreram dois mil anos aproximadamente, mas para Deus somente dois dias; porque dois mil anos são dois milênios, e dois milênios são diante de Deus somente dois dias.

         E agora vejam vocês, porque isso é um dia diante de Deus; é como mil anos para os seres humanos.

         E agora vejam vocês, como os últimos dias começaram no tempo de Jesus. Quando Jesus tinha de 4 a 7 anos de idade começou o primeiro dos últimos dias, que foi o quinto milênio para os seres humanos; e diante de Deus, pois começou o primeiro dos últimos dias de lá do Céu.

         E agora, vejam vocês, são os últimos dias os três últimos milênios para a raça humana, que são o quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio. Por isso, quando Jesus estava pregando, os últimos dias já tinham começado. Veem que não há nenhuma contradição na Escritura?

         Vejam, também o apóstolo São Pedro nos falando no Dia de Pentecoste, quando muitas pessoas viram que o Espírito de Deus tinha descido sobre 120 pessoas que o esperavam ali no aposento alto… Alguns se perguntavam: “O que significa isto? Pois estas pessoas são galileus e estão falando as maravilhas de Deus em outros idiomas”, em idiomas nos quais as pessoas que tinham chegado até ali tinham nascido em outras nações que falavam outros idiomas; e agora quando os discípulos de Jesus Cristo estavam no Dia de Pentecoste falando as maravilhas de Deus, eles os entendiam em diferentes idiomas das diferentes nações nas quais aquelas pessoas tinham nascido.

         Mas como nunca faltam os gozadores, houve zombadores ali presentes vendo o que estava acontecendo, e diziam: “Estão bêbados”, ou seja: “Estão embriagados”; mas a opinião daqueles zombadores era uma opinião que não tinha nenhum valor, somente para serem condenados os zombadores.

         E agora, a pergunta dos ali presentes: “O que significa isto?” Teria uma resposta bíblica, e essa resposta a tinha São Pedro para aquelas pessoas. Diz capítulo 2, versículo 14 em diante:

“Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a voz e disse-lhes: Varões judeus e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras.

Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo esta a terceira hora do dia (ou seja: de 8 a 9 da manhã).

Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel:

E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos jovens terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos;

e também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e minhas servas, naqueles dias, e profetizarão;”

         Para quando Deus disse que derramaria do Seu Espírito sobre toda carne? Para os últimos dias; e desde o dia de Pentecoste para cá esteve derramando do Seu Espírito Santo sobre toda carne que se arrependeu dos Seus pecados, recebeu a Cristo como seu Salvador e recebeu o Espírito de Cristo, porque lavaram seus pecados no Sangue de Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus; e assim é como Ele derramaria do Seu Espírito sobre toda carne. Em que tempo? Nos últimos dias.

         Esses são os últimos dias diante de Deus, que para os seres humanos são o quinto milênio, sexto milênio e sétimo milênio.

         E agora, Jesus Cristo também falou dos últimos dias, e vejam o que Ele disse no capítulo 6, versículo 39 ao 40, de São João; diz:

         “E a vontade do Pai, que me enviou, é esta: que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último Dia”.

         Está falando dos últimos dias? Claro que sim, mas está falando de um dos últimos dias: está falando do último dos últimos dias, que é o terceiro dos três últimos dias; e o terceiro dos três últimos dias é o sétimo milênio.

         Continua dizendo:

         “E a vontade do Pai, que me enviou, é esta: que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite (quando?) no último Dia.”

         Para quando será a ressurreição dos mortos em Cristo? Para o Último Dia diante de Deus, que é o sétimo milênio para os seres humanos; e quando os mortos em Cristo forem ressuscitados e nós os virmos, nós seremos transformados; porque a transformação dos que estamos vivos e lavamos nossos pecados no Sangue de Cristo e recebemos Seu Espírito Santo, nossa transformação é para depois que os mortos em Cristo ressuscitem.

         Disso também falou o apóstolo São Paulo, sendo ele um conhecedor deste mistério o qual está em toda a Escritura, desde o Antigo Testamento até o Novo Testamento, e disse: “E, agora digo, isto irmãos... Primeira de Coríntios, capítulo 15, versículo 50 em diante, ou 49 (se desejam ler o 49), onde diz:

         “E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial.”

         Ou seja: que seremos a imagem de Cristo e também a semelhança de Cristo, porque Ele prometeu um corpo teofânico da sexta dimensão para todos nós; esse é o que recebemos quando recebemos Cristo como nosso Salvador e lavamos nossos pecados no Sangue de Cristo e recebemos o Seu Espírito Santo; aí recebemos esse novo corpo da sexta dimensão, um corpo teofânico, parecido a este corpo físico que temos aqui na Terra, mas de outra dimensão.

         Esse é o corpo no qual vão os crentes em Cristo viver quando terminam sua vida terrena no corpo terreno; e vivem no Paraíso (que é a sexta dimensão), muito felizes, muito contentes. Não têm que trabalhar, terminaram os trabalhos dos seus trabalhos terrenos; não têm que madrugar para ir ao trabalho; não têm que entrar no tráfego para se encontrar-se com um tráfego pesado, que o carro quase não pode andar; terminaram também de trabalharem nessas tarefas onde as pessoas se cansam e suam muito e se vive uma vida dura. Essas tarefas terrenas já terminaram para eles, porque eles estão em outra dimensão onde não se vive como se vive aqui na Terra, com estes afãs terrenos e com estes problemas terrenos, os quais provêm da queda de lá do Jardim do Éden.

         Mas agora, vejam vocês, eles estão vivendo em um corpo teofânico da sexta dimensão, no qual não sofrem, não dormem, não comem, não trabalham nem se cansam; mas eles desejam regressar aqui à Terra para estarem novamente em um corpo visível, em um corpo no qual eles poderão se comunicar conosco e compartilhar conosco. Será um corpo como o corpo de Jesus Cristo.

         Recordam quando Jesus Cristo ressuscitou? Apareceu a muitos, a Seus discípulos, e esteve aparecendo por 40 dias em diferentes ocasiões. Eles pensavam que era um espírito, mas Jesus lhes disse: “Não é um espírito, não sou um espírito. Venham aqui, toquem aqui, vejam que sou eu; porque o espírito não tem carne nem tem ossos, como vocês veem que eu tenho; e tampouco…”

         Vejam vocês, não comem como comem os humanos, e pediu em seguida que lhe dessem algo de comer; trouxeram-lhe um pedaço de peixe e um pão ou um pedaço de pão também; comeu diante deles e perceberam que não era um espírito, mas sim que era Jesus Cristo.

         Agora, por que não o reconheceram? Por que não perceberam que era Jesus Cristo? Porque tinha ressuscitado; e quando a ressurreição ocorre para os escolhidos de Deus, os que são velhinhos, ressuscitam em corpos eternos e jovenzinhos, que representam de 18 a 21 anos de idade.

         Assim se vocês tiverem familiares crentes em Cristo que partiram e vocês estão esperando que regressem em breve, recordem: quando regressem, serão jovenzinhos, na aparência de 18 a 21 anos de idade.

         E Jesus Cristo teve uma mudança, pois foi ressuscitado; e foi ressuscitado glorificado, foi glorificado e, portanto, teve certa mudança, pelo qual Seus discípulos não o puderam reconhecer fisicamente; mas quando falava; então por Sua Palavra falada eles o conheciam.

         Por exemplo: os caminhantes de Emaús, quando Cristo esteve caminhando com eles e lhes falava das Escrituras, e lhes abriu as Escrituras que falavam da Vinda do Messias e os sofrimentos pelos quais passaria, essa Palavra chegava ao profundo de suas almas, e ardia o coração como se estivesse um fogo aí aceso na alma, no coração deles; mas eles não percebiam quem era o que ia com eles.

         Mas quando chegaram à casa, lá em Emaús, iam entrar na casa, e Jesus estava com eles longamente, como: “Bom, nos vemos, rapazes”, e eles lhe disseram: “Não, já está caindo o sol, vai obscurecer, assim fique conosco”.

         Eles já tinham sido impactados em Suas almas e queriam que Jesus continuasse lhes falando, mesmo que não sabiam que era Jesus; mas quando se sentaram à mesa para comer, Jesus tomou o pão, levantou Seus olhos ao céu e deu graças a Deus; e quando partiu o pão, perceberam que era Jesus. O fez exatamente igual como sempre o fazia quando havia estado com eles antes da Sua morte, e o reconheceram.

         E agora, Jesus desaparece; porque no corpo no qual ressuscitarão os mortos em Cristo, que é a mesma classe de corpo que nós teremos quando formos transformados, essa é o tipo de corpo que Jesus tem, e nesse corpo pode aparecer e pode desaparecer.

         Por isso Ele aparecia a eles; até com as portas fechadas, entrava e lhes aparecia, e eles se surpreendiam; pensavam que era um espírito, mas era Jesus Cristo. E em seguida lhes falava e realizava também certos sinais, e lhes falava do Reino de Deus; e em seguida desaparecia da vista deles, porque passava a outra dimensão. Porque nesse corpo glorificado não há limitações quanto ao que pode ser feito pela pessoa que tem esse tipo de corpo.

         Assim será para cada um de vocês, para mim também e para os mortos em Cristo que ressuscitarão, porque todos seremos à imagem e semelhança do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         “… assim como trouxemos a imagem do terreno (de Adão), assim traremos também a imagem do celestial (ou seja: de Jesus Cristo).

         E, agora, digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herda a incorrupção.”

         Ou seja: que você não pode continuar vivendo por toda a eternidade com um corpo corruptível, tem que morrer esse corpo em algum momento; exceto se ocorrer a ressurreição dos mortos em Cristo e aparecem a nós, e somos então transformados; e já não passaremos por essa etapa onde os nossos familiares sofreriam muito.

         Há uma promessa para um grupo de pessoas que viverá no Último Dia e que verá a Segunda Vinda de Cristo e que o receberá em Sua Segunda Vinda, e que receberá a fé, a revelação, para serem transformados e raptados neste Último Dia.

         Assim como recebemos a revelação, a fé, para receber nossa salvação e lavar nossos pecados no Sangue de Cristo, que é a revelação da Primeira Vinda de Cristo e Sua Obra de Redenção na Cruz do Calvário…; essa revelação a recebemos por meio da pregação do Evangelho da Graça. E por meio da pregação do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo, recebemos a revelação da Sua Segunda Vinda como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação, para assim receber a fé para ser transformados e raptados neste Último Dia.

         Assim como necessitamos a fé, a revelação para obter o novo nascimento, para obter o corpo teofânico da sexta dimensão, crendo em Cristo como nosso Salvador e lavando nossos pecados no Sangue de Cristo e recebendo Seu Espírito Santo, agora necessitamos a fé para receber o corpo eterno, o corpo glorificado; e essa é a fé, a revelação da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação. E é a Voz de Cristo, essa Trombeta Final ou Grande Voz de Trombeta, a que nos dá essa revelação, a que nos dá essa Mensagem que nos abre o entendimento e nos revela o mistério da Sua Segunda Vinda. Esse é o mistério do Sétimo Selo, que causou silêncio no Céu por cerca de meia hora do Céu.

         E continua dizendo São Paulo; vejam:

         “E, agora, digo isto, irmãos: que carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus…”

         Ou seja: que uma pessoa não pode continuar vivendo por toda a eternidade e entrar no glorioso Reino Milenial de Cristo sem receber uma mudança, uma transformação.

         Uma pessoa não pode viver eternamente no corpo físico mortal, corruptível e temporário; porque é um corpo temporário, portanto, durará certa quantidade de anos; e é um corpo corruptível, portanto, tem que morrer para entrar em corrupção e desaparecer.

         Mas Cristo prometeu um novo corpo; incorruptível, imortal, um corpo eterno, um corpo glorificado, para todos os que o amam e o receberam como seu Salvador e lavaram seus pecados no Sangue de Cristo e receberam Seu Espírito.

         Agora continua dizendo:

         “… nem a corrupção herda a incorrupção.

Eis aqui vos digo um mistério (lembrem que é um mistério do Reino de Deus do qual São Paulo está falando aqui): Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados…”

         Nem todos os filhos e filhas de Deus vão morrer fisicamente, mas todos serão transformados e vão ter um corpo eterno. E os que não verão morte são os que estarão vivendo no Último Dia e verão a Sua Segunda Vinda e o receberão, e assim receberão a fé para serem transformados e raptados no Último Dia; mas se algum dos nossos se vai antes, não se preocupe a pessoa, nem se preocupem seus familiares; ele regressará em um corpo eterno e será uma testemunha da ressurreição.

         Alguém tem que ir para que quando regressar seja uma testemunha da ressurreição; porque se São Paulo aparece e as pessoas do tempo de São Paulo, pois, vocês não conheceram São Paulo, nem conheceram às pessoas do tempo de São Paulo.

         Se alguém disser: “Eu sou São Paulo”, você conheceu São Paulo? Pois não o conheceu, portanto não o vai reconhecer.

         Mas se lhe aparece alguém do nosso tempo ressuscitado — dos que partiram, ressuscitado — e começa a falar com você, e mesmo que tenha sido um anciãozinho ou uma anciãzinha; ao regressar em um corpo novo jovenzinho, de 18 a 21 anos na aparência, quando conversar com você em algumas coisas que somente você e ele conhecem, e outras pessoas do tempo em que vivemos…

         Por exemplo, quando disser: “Recorda quando vivias em tal lugar? E recordas quando falávamos de tal e tal tema? Ou quando íamos à igreja e nosso pastor Fulano de Tal nos falava sobre as coisas de Deus e da ressurreição e da transformação? Veja: eu já parti, mas agora retornei no corpo novo, conforme foi pregado que seria a ressurreição. E recordas aquela ocasião em que ele disse tal e tal coisa? E recordas aquela ocasião em que estávamos falando você e eu; e você me disseste tal coisa e eu te respondi tal coisa?”

         E você recordará e dirá: “Pois foi com Fulano de Tal com quem eu estive falando isto, e somente ele sabe isto e eu; e agora verdadeiramente ressuscitou no corpo novo, como Deus prometeu”. E quando os virmos, nós seremos transformados.

         Agora, vejam vocês, isso é o que Deus prometeu para os escolhidos de Deus do Último Dia e para os que partiram em eras passadas, e alguns dos nossos também que partiram.

         Agora, continua dizendo:

         “… mas todos seremos transformados (ou seja: teremos um corpo eterno),

         num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta…”

         Agora vejam, em um abrir e fechar de olhos; vem um mensageiro, começa seu ministério, termina seu ministério na era que Deus o envia, morre; e depois vem outro, aparece, começa seu ministério, em seguida termina seu ministério e parte, e seu povo também; e assim por diante vão passando os mensageiros das diferentes eras, os quais são representados nos sete olhos do Senhor que recorrem toda a Terra.

         Abre-se um olho do Senhor, em seguida se fecha, isso é um mensageiro aparecendo e depois morrendo; e assim até que recorrem os sete olhos do Senhor toda a Terra; lá na Ásia Menor, onde apareceu São Paulo; e em seguida na Europa cinco mensageiros, que foram cinco olhos, cinco dos sete olhos do Cordeiro; e em seguida na América do Norte um dos olhos do Cordeiro, o sétimo anjo mensageiro; e em seguida... apareceram os sete olhos do Senhor percorrendo toda a Terra: foram abertos e em seguida fechados os olhos do Senhor, que percorreu toda a Terra, os sete olhos do Senhor.

         E agora, por quanto são os sete olhos do Cordeiro nos sete chifres do Cordeiro, encontramos que já terminou o trabalho dos sete anjos mensageiros. E agora o que? Depois disso é que vem (o que?) a Trombeta Final. Veem?

         “… num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.”

         E assim nós obteremos o novo corpo, e os mortos em Cristo obterão o novo corpo também; e isso é à Trombeta Final. E a Trombeta Final é a Mensagem do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação.

         É a Voz de Cristo essa Grande Voz de Trombeta que também aparece em Apocalipse, capítulo 1, versículo 10 ao 11, onde João o apóstolo no Dia do Senhor escutou essa Grande Voz de Trombeta que é a Voz de Cristo. Diz (João o apóstolo):

         “Eu fui arrebatado em espírito, no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta,

que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último.”

         É a Voz de Cristo falando no Último Dia.

         E agora, em Apocalipse, capítulo 4, versículo 1, essa Voz diz que subamos e Ele nos mostrará as coisas que hão de acontecer depois das que já aconteceram. Diz:

         “Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.”

         Ele promete nos revelar as coisas que hão de acontecer depois das que já aconteceram nas sete etapas da Igreja gentia.

         E agora, como vai nos revelar todas estas coisas que hão de acontecer no Último Dia? Para isso Ele terá um profeta na Terra, porque sempre Ele falou por meio dos Seus profetas.

         Vejamos São Paulo, na leitura que tivemos de Hebreus, capítulo 1, disse: “Deus…”, disse que Deus falou por meio dos Seus profetas. Vamos ler de novo. Hebreus, capítulo 1, diz (versículo 1 em diante):

         “Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho,

a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.”

         Por meio de quem Deus falou no Antigo Testamento? Por meio dos Seus profetas, e ao final por meio de Jesus Cristo; e isso foi por meio de Jesus Cristo quando? Nos últimos dias.

         E agora, em Zacarias, capítulo 7, versículo 11 ao 12, falando do povo hebreu e da forma em que Deus falou ao povo hebreu, e a forma em que o povo hebreu rejeitou a Voz de Deus, diz:

         “Eles, porém, não quiseram escutar, e me deram o ombro rebelde, e ensurdeceram os seus ouvidos, para que não ouvissem.

Sim, fizeram o seu coração duro como diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o SENHOR dos Exércitos enviara pelo seu Espírito, mediante os profetas precedentes; donde veio a grande ira do SENHOR dos Exércitos.”.

         Agora vejam: por meio de quem falou Deus? Enviando Seu Espírito falou por meio dos profetas, porque enviou o Seu Espírito aos profetas e ungiu a esses profetas e colocou na boca desses profetas a Palavra Divina. Era a Palavra de Deus falada por meio dos profetas de Deus, era o ASSIM DIZ O SENHOR, o ASSIM DIZ JEOVÁ para o povo hebreu.

         Agora vejam como nosso Deus, Criador dos Céus e da Terra, sempre esteve falando; e agora nos diz: “Sobe aqui”.

         Agora, onde vamos subir? Vamos subir aqui, à Era da Pedra Angular, porque as sete eras já passaram. Se estivéssemos vivendo no tempo de São Paulo teríamos que subir à primeira etapa, à primeira era da Igreja gentia, a qual se cumpriu na Ásia Menor; se estivéssemos vivendo em alguma destas outras eras, teríamos que subir a essa era correspondente, a esse tempo presente, e escutar a Voz de Deus por meio do mensageiro dessa era.

         E agora, por quanto já transcorreram as sete eras e aconteceram todas estas coisas correspondentes às sete etapas ou eras da Igreja gentia, agora Ele nos mostrará as coisas que hão de acontecer depois destas, das sete eras; nos mostrará as coisas que hão de acontecer na Era da Pedra Angular.

         Portanto temos que subir à Era da Pedra Angular, onde Cristo estará nos falando com essa Grande Voz de Trombeta todas estas coisas que em breve devem acontecer.

         E por meio de quem estará nos falando aqui? Vamos ver. Ele disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.”

         Apocalipse, capítulo 22, versículo 6, diz por meio de quem vamos obter o conhecimento de todas estas coisas que hão de acontecer, aqui diz por meio de quem vão ser reveladas todas estas coisas que em breve devem acontecer.

         Por quê? Porque nesse personagem estará, quem? Estará Cristo em Espírito Santo, que fez a promessa de nos revelar todas estas coisas que em breve devem acontecer; e Cristo estará nele ungindo-o, e por meio dele; Cristo estará nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer.

         Apocalipse, capítulo 22, versículo 6 em diante, diz:

         “E disse-me o anjo: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.”

         Por meio de quem são reveladas as coisas que em breve devem acontecer? Por meio do Anjo Mensageiro do Senhor Jesus Cristo. Para isso ele é enviado no Último Dia à Sua Igreja, que estará em Sua etapa mais gloriosa, a etapa, a Era da Pedra Angular. Essa é a Era de Ouro do Reino de Deus, assim como a era de ouro do reino dos gentios foi a etapa do rei Nabucodonosor.

         O rei Nabucodonosor com seu império foi a era de ouro do reino dos gentios. Depois veio a era de prata do reino dos gentios, que estava representada nos peitos e braços de prata (da profecia de Daniel, capítulo 2, versículos 30 ao 45); isso foi o império medo-persa.

         Em seguida veio a era de cobre do reino dos gentios; isso foi a era ou etapa do império da Grécia, com Alexandre o Grande. E em seguida veio a etapa ou era de ferro; e o ferro oxida.

         Veja a diferença que há entre o ferro e o ouro. Se você colocar uma peça de ferro e uma peça de ouro, e lhe disserem: “Escolhes o que quiseres”, o que você leva? Pois a peça de ouro. O ferro, uma peça de ferro quanto valerá? Menos de 100 dólares, não é? Agora, uma peça de ouro, com uma peça de ouro a pessoa é multimilionária.

         E vejam vocês, o reino dos gentios empobreceu tanto que já está representado na etapa de ferro.

         E agora, a etapa de ferro foi o império dos Césares, o império romano; e o império romano tem duas partes: as pernas de ferro, que foi a etapa na qual Cristo apareceu na Sua Primeira Vinda…; e esse reino dos gentios foi o que crucificou Cristo lá na Cruz do Calvário, portanto cometeu o erro mais grave que o reino dos gentios cometeu em toda sua existência, a pedido do povo hebreu.

         E em um caso de um assassinato, tanto quem pede, como quem paga para que matem uma pessoa, como o que executa a pessoa, como quem faz o ato de matar uma pessoa, ambos são culpados na corte. Sim ou não? E na Corte celestial tanto o povo hebreu como o império dos gentios saiu culpado; e primeiro foi julgado: o povo hebreu.

         Eles disseram: “Seu Sangue seja sobre nós e sobre nossos filhos. Crucifica-o!” E lançaram essa responsabilidade sobre eles. E desde ano 70 em diante da era cristã, o povo hebreu tem sofrido graves perseguições; a cidade de Jerusalém foi destruída pelo general romano Tito no ano 70 e seu templo também foi destruído e ficaram sem templo e — consequentemente — sem sacrifício.

         E a cada ano o povo hebreu oferecia a Deus o sacrifício da expiação do bode, e levava o sangue da expiação ao lugar Santíssimo e o colocava sobre o Propiciatório, ou seja: sobre o assento de misericórdia, para obter a reconciliação a cada ano o povo hebreu com Deus; o ano que não fizesse isso, então o juízo divino vinha sobre o povo hebreu.

         E do ano 70 em diante, o povo hebreu não pôde levar o sangue do sacrifício ao lugar santíssimo do templo e, consequentemente, o juízo divino esteve caindo sobre o povo hebreu, porque seus pecados não estiveram cobertos com o sangue da expiação.

         E Deus já não aceita sangue de animais, porque Deus já estabeleceu um sacrifício perfeito, que é o Sacrifício de Jesus Cristo; e o único sangue que Deus aceita para a remissão, para o perdão dos pecados e para limpar o ser humano de todo pecado, é o Sangue de Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus e também a Expiação para todo ser humano.

         E toda pessoa que recebe Cristo como seu Salvador e lava seus pecados no Sangue de Cristo fica sem pecado, e o Espírito de Deus vem à pessoa e produz nele o novo nascimento; e obtém assim um corpo teofânico da sexta dimensão, parecido ao nosso corpo, mas de outra dimensão, no qual vai, se a pessoa fisicamente morrer; e retornará na ressurreição e obterá um corpo físico também, para viver por toda a eternidade.

         Agora, vejam vocês como no Programa Divino, Deus estabeleceu tanto para o povo hebreu como para os gentios um só sacrifício. O povo hebreu necessita o Sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário e os gentios necessitam o Sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário, porque é o único sacrifício que não cobre o pecado, mas que o limpa, o tira da pessoa, e a pessoa é justificada; isso significa que a pessoa fica como se nunca antes tivesse pecado.

         E agora, podemos ver a importância da morte de Cristo na Cruz do Calvário.

         Agora vejam: o povo hebreu, por causa de não ter um sacrifício pelo pecado, nem têm os sacrifícios nem o sacrifício da expiação que ofereciam a cada ano (porque seu templo foi destruído), e também não receberam o Sacrifício de Cristo; portanto os pecados do povo hebreu estiveram sendo vistos por Deus e o juízo divino esteve caindo sobre o povo hebreu, e vejam vocês como outras nações por pouco exterminam o povo hebreu.

         Hitler por pouco extermina o povo hebreu, Hitler, Mussolini e Stalin por pouco fazem desaparecer da face da Terra o povo hebreu; mas por causa da misericórdia de Deus e a promessa dada por Deus a Abraão, a Isaque e a Jacó, Deus não permitiu que o povo hebreu fosse exterminado.

         E agora, ai daquelas nações que tentaram de exterminar o povo hebreu, porque a Escritura diz: “Quem te abençoar será bendito, mas quem te amaldiçoar será maldito”; e o que eles desejaram contra do povo hebreu será o que virá a essas nações. E isso, vamos deixar aí quietinho, já que isso corresponde ao juízo divino que cairá sobre a raça humana. O juízo divino tem suas razões para cair sobre o reino dos gentios.

         Vejam: o reino dos gentios na etapa das pernas de ferro crucificou Cristo. Somente com a crucificação de Cristo é suficiente para o reino dos gentios receber o juízo Divino.

         E agora, por quanto também o povo hebreu é o povo primogênito diante de Deus e para Deus, também têm consequência os que perseguirem o povo hebreu.

         E agora, chegamos ao tempo final, onde o povo hebreu de um momento ao outro despertará e obterá o Sacrifício pelo pecado para a reconciliação do povo hebreu com Deus; e isso será de regozijo para a nação hebraica e também para a Igreja gentia do Senhor Jesus Cristo; porque por meio da pregação do Evangelho do Reino, que estará revelando o mistério da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, o povo hebreu verá a Vinda do Senhor do Último Dia e o receberá, e dirá: “Este é aquele que estamos esperando”, e então Ele lhes contará a história da Sua Primeira Vinda.

         E assim o povo hebreu obterá a bênção de Deus; seu entendimento será aberto, seu coração também será aberto para Receber a Cristo; e o povo hebreu obterá a redenção, o povo hebreu obterá a bênção de Deus, o povo hebreu obterá o Espírito de Deus, como foi profetizado em Ezequiel, capítulo 37; e estará no meio do povo hebreu Cristo, o Anjo do Pacto, manifestado; e reclamará Seu Trono, que é o Trono de Davi, para se sentar no Trono de Davi e reinar durante o Reino Milenial e depois por toda a eternidade.

         O povo hebreu será o povo que estará à cabeça de todos os povos, de todas as nações; aí estará o Trono do Messias, que será o Rei não somente do povo hebreu, mas de todas as nações; será um reino mundial. Portanto, os reinos deste mundo passarão a ser do nosso amado Senhor Jesus Cristo, como diz Apocalipse, capítulo 11 e versículo 15 em diante, onde diz:

“E tocou o sétimo anjo a trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.

E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seu trono, diante de Deus, prostraram-se sobre seu rosto e adoraram a Deus,

dizendo: Graças te damos, Senhor, Deus Todo-poderoso, que és, e que eras, e que hás de vir, que tomaste o teu grande poder e reinaste.

E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.

E abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca do seu concerto foi vista no seu templo; e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, um terremoto, e grande saraiva.”

         Agora vejam o que estará acontecendo neste tempo final; e o juízo de Deus cairá sobre a raça humana, sobre o reino dos gentios na etapa dos pés de ferro e de barro, onde o anticristo tomará esse reino e estará governando sobre o império dos gentios.

         Agora, podemos ver o que estará acontecendo, e Deus continuará nos revelando todas estas coisas que estarão acontecendo neste Último Dia; e isto é por meio do Seu Anjo Mensageiro, do qual diz:

         “E o Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.”

         Por isso também em Apocalipse... Isso foi Apocalipse, capítulo 22, versículo 6; e em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, diz:

         “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas.”

         De que coisas? Destas coisas que devem acontecer.

         Toda a informação das coisas que devem acontecer no Último Dia é dada por Jesus Cristo através do Seu Anjo Mensageiro; porque esse é o mensageiro enviado por Cristo para dar testemunho de todas estas coisas a todas as Igrejas, a todas as nações, a todos os povos, a todas as línguas, a gentios e a hebreus também.

E agora, quanto à ressurreição dos mortos em Cristo e nossa transformação, também está na Mensagem de Cristo através do Seu Anjo Mensageiro toda a informação que nós necessitamos ter para obter a fé para sermos transformados e raptados neste Último Dia.

         Agora vejam como São Paulo continua falando sobre deste grande evento. Havíamos lido onde diz:

         “num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, (ou seja: em corpos eternos), e nós seremos transformados.”

         Seremos transformados, seremos mudados em nossos átomos, e obteremos um corpo novo com átomos novos e átomos eternos; porque Deus diz: “Faço novas todas as coisas.”

         Ele fará um corpo novo para cada um de nós, Ele fará um corpo novo para os mortos em Cristo que ressuscitarão; e Ele fará um reino novo, o glorioso Reino Milenial de Cristo, para todos os filhos e filhas de Deus e para o povo hebreu, e para todas as nações que sobrevivam ao juízo divino da grande tribulação, onde esperamos que a América Latina e o Caribe escape dos juízos divinos e entre no glorioso Reino Milenial do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

         E terá então uma mudança de reino também; será mudado o reino dos gentios para o Reino do nosso amado Senhor Jesus Cristo, porque Cristo é quem faz novas todas as coisas.

         Ele é o Sétimo Selo, Ele é o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, que se fez carne no meio do povo hebreu; e Ele diz no capítulo 21… Vejam, no capítulo 1, versículo 10 ao 11, Ele disse que Ele era o Alfa e o Ômega; e no capítulo 21, versículo 5 e 6, diz:

         “E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve, porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.

E disse-me mais: Está cumprido; Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim.”

         Quem é o que fala aqui? Nosso amado Senhor Jesus Cristo. Ele é o Alfa e o Ômega, Ele é o princípio e o fim, e Ele é quem faz novas todas as coisas E diz:

         “A quem quer que tenha sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.”

         E agora, em Apocalipse, capítulo 22, versículo 17, diz:

         “E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem ouve diga: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida”.

         Quem estará dando da Água da Vida? Cristo, o Alfa e o Ômega, nosso amado Salvador. Ele é quem dá da Água da Vida a todo o que tiver sede, Ele é  quem dá da Água da Vida, da Fonte da Vida, a todo o que tiver sede. E diz:

         “Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.”

         Agora vejam a bênção tão grande que Ele tem para todos Seus filhos, pois têm seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu. Eles são os eleitos de Deus, os escolhidos de Deus que com Grande Voz de Trombeta no Último Dia seriam chamados e juntados; essa Grande Voz de Trombeta ou Trombeta Final que soa neste tempo final, a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores em Sua Obra de Reclamação. Para que? Para fazer novas todas as coisas

         Nos Dará um corpo novo, aos que vivemos, e aos mortos em Cristo que ressuscitarão; e nos dará um novo reino; já não o reino dos gentios, mas o Reino de Deus; aí estaremos com Cristo como reis e sacerdotes. E nos levará à Ceia das Bodas do Cordeiro.

         Ele também nos deu um novo corpo teofânico da sexta dimensão, um novo corpo, um novo espírito; é o Espírito de Cristo, que recebemos quando o recebemos como nosso Salvador e lavamos nossos pecados no Sangue de Cristo.

         E agora, vejam vocês que Ele faz novas todas as coisas Ele faz novo o ser humano; lhe dá um novo nascimento, para os que creem nele e lavam seus pecados em Seu Sangue e recebem Seu Espírito Santo; e lhes dá uma nova família, os coloca em uma nova família, nascem em uma nova família; na Família celestial, assim como nascemos na família terrena.

         E amamos a nossa família terrena e queremos a vida eterna para eles também; e oramos por eles, para que Deus lhes dê vida eterna, para que lhes abra a alma, o coração, e o entendimento para compreenderem o Programa de Deus e para que recebam a salvação e vida eterna.

         Agora continuamos lendo a escritura de Primeira de Coríntios, onde estamos lendo; lemos uns versículos e passamos a outras escrituras que estão relacionadas com isto que diz, e por isso estamos passando de umas escrituras a outras escrituras, para ter o quadro claro de todo o Programa de Deus.

         E agora, nos disse que os mortos em Cristo serão ressuscitados incorruptíveis e nós seremos transformados:

         “Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.”

         Para que? Vamos ver para que:

         “E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então, cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.”

         Então já desaparece a morte para os filhos de Deus, fisicamente já não morrerão nunca mais. Por quê? Porque já teremos o corpo eterno; e viveremos com Cristo pelo Milênio e por toda a eternidade.

         “… (e) então, cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.”

         Desaparece a morte para os filhos e filhas de Deus. Por quê? Porque Jesus Cristo, o Sétimo Selo, faz novas todas as coisas.

         Vimos como é que Ele faz novas todas as coisas.

         Ele está fazendo uma Nova Criação, ou seja: realizando uma Nova Criação; e Ele é o princípio dessa Nova Criação, conforme Apocalipse, capítulo 3, versículo 14: “o princípio da criação de Deus”.

         Essa Nova Criação, que começou com Cristo e continua com todos os que têm seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro, que veem de era em era e recebem Cristo como seu Salvador, lavam seus pecados no Sangue de Cristo e recebem Seu Espírito Santo; e assim nascem de novo, se tornam novas criaturas; porque Cristo faz novas todas as coisas.

Faz você novo, e nos fará um corpo novo também; porque Ele faz novas todas as coisas; e nos dará um novo reino e nos colocará em um novo reino físico, literal, aqui na Terra, que é o glorioso Reino Milenial de Cristo.

         Agora, vimos como Cristo faz novas todas as coisas: TODAS AS COISAS SÃO FEITAS NOVAS COM O SÉTIMO SELO.

         E para o Último Dia, com a Segunda Vinda de Cristo virá uma transformação dos escolhidos que estão vivendo na Terra, e entrarão na imortalidade, e os que partiram ressuscitarão em corpos eternos; e assim começará essa transformação física e essa mudança física, onde Deus fisicamente estará fazendo novas todas as coisas, pois, Ele no campo espiritual já esteve fazendo novas todas as coisas, esteve nos criando um corpo novo teofânico da sexta dimensão, e em breve nos criará um corpo físico glorificado e eterno no qual viveremos por toda a eternidade. Isso já está pensado por Deus, predestinado por Deus, ordenado por Deus, desde antes da fundação do mundo.

         Agora, quantos gostariam saber e ver como é o corpo eterno que Deus predestinou para você, que Deus escolheu para você desde antes da fundação do mundo? Pois terá a oportunidade. Caminhe sempre em frente, servindo a Cristo todos os dias da sua vida, e sempre tendo suas vestes limpas. Quando cometer algum erro ou pecar diante de Deus, confesse a Cristo sua falta ou seus pecados e lave seus pecados no Sangue de Cristo; porque o Sangue de Jesus Cristo nos limpa de todo pecado.

         E quando os mortos em Cristo ressuscitarem, nós seremos transformados; e depois nos olharemos no espelho e diremos: “Este era o corpo que Deus tinham destinado para mim, o corpo eterno, e já o tenho!”

         E o teremos! É uma promessa!

         E já o temos por meio da Palavra falada; ou seja: que já ao receber a Palavra recebemos aquilo que nos dará esse corpo eterno.

         Primeiro é preciso receber em forma de palavra falada a bênção, e depois se materializa, essa bênção se torna realidade, materializa-se e se torna visível; mas primeiro terá que recebê-lo em forma de palavra. Porque as coisas que se veem foram feitas (do que?) das coisas que não se viam. Isso está em Hebreus, capítulo 11, aí nos fala das coisas que se veem e de como vieram. Diz:

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem.

Porque, por ela, os antigos alcançaram testemunho.

Pela fé, entendemos que os mundos, pela palavra de Deus, foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.”

E agora, quando recebemos essa Palavra criadora falada — aqui na alma, crendo nela com toda nossa alma —, recebemos essa transformação, esse corpo eterno, mas ainda está em processo no Programa Divino para se materializar em nós; mas primeiro é preciso recebê-lo em forma de palavra criadora falada para nós.

Assim é também a cura divina e assim é toda promessa de Deus.

E agora, vejam vocês, quando a Terra estava desordenada e vazia, vejam o que aconteceu: Gênesis, capítulo 1, versículo 1 em diante (vamos ler aqui), diz:

“No princípio, criou Deus os céus e a terra.

E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

E disse Deus: Haja luz. E houve luz.”

Veem que primeiro veio a Palavra criadora? Foi falada e depois se materializou essa Palavra aparecendo a luz.

Quantos minutos; horas, dias, semanas ou meses ou anos transcorreu desde que Deus disse: “Haja a luz” até que apareceu a luz? Não sabemos, mas a coisa é que Deus o disse e se cumpriu o que Deus disse.

         E Deus disse para nós que nos dará um corpo eterno, e nós o cremos com toda nossa alma, o temos aqui dentro em forma de palavra falada. Portanto, ao redor dessa Palavra falada que recebemos em nossa alma vai se materializar, vai se cumprir essa promessa e vamos ter o novo corpo.

         Agora, vimos que tudo é simples. Vejam, quando o Messias dois mil anos atrás tinha que vir à Terra, apareceu o Arcanjo Gabriel à virgem Maria e lhe disse que era muito favorecida e que havia achado graça diante de Deus, e lhe deu a notícia de que ela era a mulher eleita para trazer essa criancinha ao nascimento, o qual seria o Messias. Vejam como diz São Lucas, capítulo 1; versículo 30 em diante diz:

         “Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus,

E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus.

Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai,

e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu Reino não terá fim.”

         Aí está lhe dando a Palavra de Deus, a Palavra criadora. E agora vejamos:

         “E disse Maria ao anjo: Como se fará isso, visto que não conheço varão?

         E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.”

         E agora vejamos o que ela diz… O Anjo continua falando e lhe diz:

         “E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril.

Porque para Deus nada é impossível.

Disse, então, Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.”

         E foi feito conforme a Palavra do Anjo, que é a Palavra de Deus que foi falada à Maria.

         E agora, vejam vocês uma coisa muito importante: O Espírito Santo veio para que? Para fazer sombra sobre Maria para que se cumprisse essa Palavra prometida.

         E agora, é o Espírito Santo quem vem sempre e se manifesta para que se cumpra o que foi prometido, e nós cremos com toda nossa alma!

         Porque é sem exércitos e sem força; “não é com exércitos e força, mas com meu Espírito, com meu Espírito, disse o Senhor”; assim diz em Zacarias, capítulo 4, assim diz; porque a Obra de Deus no meio da Sua Igreja e com a Sua Igreja é uma obra não de homens, mas é a Obra do Espírito de Deus.

         “E naqueles dias, levantando-se Maria, foi apressada às montanhas, a uma cidade de Judá,

e entrou em casa de Zacarias, e saudou a Isabel.”

         E por que foi para lá? Pois o Arcanjo Gabriel havia dito que sua parente, Isabel, também havia concebido; assim vai ver sua prima para ver como estão as coisas por lá e para dar a notícia do que o Anjo havia dito a ela.

         “E aconteceu que quando ouviu Isabel a saudação (ou seja: a saudação) da Maria, a criancinha saltou em seu ventre (a criancinha que estava no ventre de Isabel, que era João Batista, saltou em seu ventre); e Isabel foi cheia do Espírito Santo…”.

         Não disse o Arcanjo Gabriel ao sacerdote Zacarias que esse filho que teria seria cheio do Espírito Santo ainda desde o ventre da sua mãe? E aí está, recebendo o Espírito de Deus, sendo cheio do Espírito Deus ainda desde o ventre da sua mãe; saltou de alegria, de regozijo, João Batista, estando no ventre da sua mãe, ainda tendo uns seis meses já aí no ventre da sua mãe.

“e exclamou com grande voz (Quem? Isabel), e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e é bendito o fruto do teu ventre!

E de onde me provém isso a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?

Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre”.

         Vejam a alegria que sentiu João ainda estando no ventre de Isabel.

         Por isso é que quando algumas mães colocam gravações em seu ventre, quando têm o bebê aí, eles aprendem, escutam estando ainda no ventre da sua mãe.

         E agora, vejam vocês, escutou a voz de Maria quando saudou Isabel, a qual passou pelos ouvidos e chegou até onde estava o ventre, até onde estava João Batista lá no ventre de Isabel.

         E isso acaso é impossível? Pois vejamos uma coisa: ouviu Isabel e também ouviu o menino lá; e quando Isabel comia e se alimentava, não era alimentado o menino também? Pois claro que sim. Tudo o recebia por essa conexão que havia entre Isabel e João Batista.

         Agora podemos ver que assim como se alimenta o bebê no ventre da mãe, com o alimento que a mãe come e transmite a ele, assim também com o que ela ouve, a criança também escuta; porque aí ele está; mas ele está obtendo tanto o alimento físico que necessita (o qual acontece através da sua mãe), e também, vejam vocês, passou a saudação de Maria a criança João Batista, o qual saltou de regozijo, de alegria.

         E agora, segue sendo:

         “Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas!”

         E bem-aventurado todo filho e filha de Deus, na era em que lhes corresponde viver, que ouve a Voz de Deus por meio do mensageiro da sua era, porque se cumprirá nele o que foi dito da parte do Senhor.

         Para os das eras passadas a promessa é que ressuscitarão em corpos eternos; e algum dos nossos também, que tenha que partir por idade avançada ou por acidente ou por alguma causa, a promessa é que ressuscitará no Último Dia, no sétimo milênio, em um corpo eterno. E nós os que vivemos temos a promessa de Cristo de ser transformados e obter assim um corpo eterno, conforme a como foi profetizado na Palavra de Deus.

         E bem-aventurados os que creem nesta verdade bíblica, nesta promessa bíblica; porque bem-aventurado é quem creu, porque se cumprirá nele o que lhe foi dito da parte do Senhor; e é por meio do Seu Anjo Mensageiro que Cristo estará nos falando todas as coisas que em breve devem acontecer.

         Portanto, as coisas que o Anjo de Jesus Cristo estará falando em Sua Mensagem são da parte do Senhor Jesus Cristo; e aí está para nós toda bênção de Cristo sendo falada, para nós recebermos em nossa alma, crê nela com toda nossa alma, para que em seguida se materialize em cada um de nós; porque primeiro é preciso crer para depois ver materializado em nós o que Cristo prometeu.

         Não é como algumas pessoas pensam e dizem: “É preciso ver para crer”. Não. É preciso crer para ver materializado o que Deus disse e nós cremos.

         Agora, nós estamos vendo que TODAS AS COISAS SÃO FEITAS NOVAS COM O SÉTIMO SELO, com a Segunda Vinda de Cristo.

         Ele prometeu um novo corpo para todos nós. Assim como prometeu um corpo teofânico novo (o qual nos deu), assim também nos dará o corpo eterno físico e glorificado, a nós e aos que partiram, mas que tinham recebido o novo nascimento.

         Também Ele nos daria uma nova Mensagem dispensacional; essa é a Mensagem do Evangelho do Reino, e já nos deu essa nova Mensagem. Nos daria também uma nova dispensação; essa é a Dispensação do Reino, e nos deu essa nova dispensação. Nos daria também uma nova era: a Era da Pedra Angular, que é uma era eterna. E nos daria uma Mensagem eterna: a Mensagem da Era da Pedra Angular; essa é a Mensagem Eterna de Apocalipse, capítulo 14, versículo 6 ao 7, que vem pregando esse Anjo que aparece aí.

         Vejam Apocalipse, capítulo 14, versículo 6 em diante, diz:

         “E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda nação, e tribo, e língua, e povo.”

         O privilégio da pregação do Evangelho é concedido a seres humanos. Este é um profeta mensageiro para o Último Dia; é o Anjo do Senhor Jesus Cristo para a Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino com o Evangelho Eterno, porque é enviado a uma era eterna, que é a Era da Pedra Angular.

         “dizendo com grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, porque vinda é a hora do seu juízo …”

         Esse é o Anjo Mensageiro que anuncia o juízo divino sobre a raça humana, é o Anjo Mensageiro que prega o dia de vingança do nosso Deus.

         “E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.”

         Agora podemos ver que Ele faz novas todas as coisas.

         Ele nos dará também um novo reino físico; é o Reino de Deus, o glorioso Reino Milenial do nosso amado Senhor Jesus Cristo, onde entraremos com Cristo e reinaremos com Ele por mil anos e depois por toda a eternidade. Porque Ele diz: “Faço novas todas as coisas.”

         Ele é o Sétimo Selo, o Anjo do Pacto; o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, que era diferente dos demais anjos mensageiros das sete eras da Igreja gentia, quem apareceu nesta nuvem formada por anjos em 28 de fevereiro de 1963, como o sinal do Filho do Homem no céu.

         Ele faz novas todas as coisas, Ele é Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, o Sétimo Selo, que foi aberto no Céu e se fez silêncio no Céu por cerca de meia hora.

         E para o Último Dia, como Ele virá manifestado neste planeta Terra? Vejam vocês, vem falando por meio do Seu Anjo Mensageiro, porque vem manifestado em Seu Anjo Mensageiro. Ele vem como o Cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse, capítulo 19.

         No livro Os Selos, página 256 em espanhol, diz o reverendo William Branham, precursor da Segunda Vinda de Cristo:

         “121. Mas quando nosso Senhor aparecer sobre a Terra, Ele virá sobre um cavalo branco como a neve, e será completamente Emanuel — a Palavra de Deus encarnada em um homem.”

         Se encontrarmos esse homem, esse profeta que é o Anjo de Jesus Cristo na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino; estaremos encontrando o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor. Este Anjo que era diferente dos demais, o qual é Jesus Cristo em Seu corpo teofânico, o estaremos encontrando velado em carne humana, o estaremos encontrando encarnado entre os seres humanos em Seu Anjo Mensageiro; e nos estará falando todas estas coisas que em breve devem acontecer, para assim que todas as coisas sejam feitas novas conforme à Palavra de Deus.

         “TODAS AS COISAS SÃO FEITAS NOVAS COM O SÉTIMO SELO”.

         Foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês, amáveis amigos e irmãos presentes, radiouvintes e telespectadores, lhes dando testemunho de todas as coisas sendo feitas novas com o Sétimo Selo.

         Agora, que as bênçãos de Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, nosso Salvador, sejam sobre todos vocês e sobre mim também, e em breve todos sejamos transformados e tenhamos o novo corpo eterno que Ele prometeu para nós; e assim para nós seja feito novo o corpo que Ele prometeu, e tenhamos um corpo novo como Ele o prometeu. No Nome Eterno do nosso amado Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

         Que Deus os abençoe grandemente e cada dia os use mais e mais em Sua Obra; e que Deus continue nos revelando todas estas coisas que Ele prometeu para este Último Dia, todas estas coisas que Ele fará novas para este tempo final.

         Que Deus os abençoe, e passem todos muito boa noite.

         Conosco o reverendo Miguel Bermúdez Marín.

         “TODAS AS COISAS SÃO FEITAS NOVAS COM O SÉTIMO SELO”.

            [Revisão maio 2019]

Encontre-nos

Carretera No.1 Km 54.5
Barrio Monte Llano
Cayey, Puerto Rico
00736

Twitter