ImprimirImprimir

Muito bom dia, amados amigos, ministros e irmãos presentes, e os que estão em diferentes países, ministros e irmãos em suas congregações; e também o missionário Miguel Bermúdez Marín lá em Monterrey, na congregação do reverendo Epifanio López.

         Recebam todos minhas saudações; e que Deus os abençoe e os guarde, e lhes use grandemente em Sua Obra, e nos abra as Escrituras e o entendimento para compreender. No Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

         Para estes momentos estaremos vendo três vídeos das atividades da Embaixada Mundial dos Ativistas pela Paz, desenvolvidas como parte dos projetos No Sangue está a Vida – Doando a Seiva da Vida e o Programa Filhos da Mãe Terra. Portanto, adiante com a transmissão.

         [Projeção dos vídeos-documentais.]

         São Mateus, capítulo 28, versículo 1 em diante, que nos fala da ressurreição de Jesus Cristo (isto sucedeu domingo de manhã):

         “E,NO fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena,  e a outra Maria foram ver o sepulcro.

E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra, e sentou-se sobre ela.

E o seu aspecto era como um relâmpago, e o seu vestido branco como neve.

E os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados, e como mortos.

Mas o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado.

Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia.

Ide pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dos mortos. E eis que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. Eis que eu vo-lo tenho dito.

E, saindo elas pressurosamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos.

E, indo elas, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram.

Então Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galiléia, e lá me verão.

Mateus 28:1-10”

         Que Deus abençoe nossas almas com Sua Palavra e nos permita entendê-la.

Para hoje teremos o tema de escola bíblica de hoje domingo na manhã: “A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO CONFORME À ESCRITURA.” Esse é o tema de escola bíblica para hoje domingo, 16 de abril de 2017.

Jesus Cristo, com Sua morte e em Sua morte, em Seu corpo, levou os pecados do ser humano. Aquele era o dia de juízo divino sobre a raça humana; se Ele não morresse toda raça humana tinha que morrer por causa do pecado. Ali Ele salvou o mundo da morte que tinha vir à humanidade.

Ele tomou nossos pecados e se Fez mortal morrendo como um pecador pelos pecados não dEle, mas da humanidade. Isso foi o que salvou a humanidade da morte o dia da Sexta-feira Santa, onde o diabo colocou o aguilhão da morte em Cristo e o diabo perdeu o aguilhão da morte; e agora o ser humano pode obter vida eterna através de Cristo  nosso Salvador, pode entrar no Novo Pacto Divino para viver eternamente nascendo de novo no Reino de Cristo, o Reino de Deus, com vida eterna.

Primeiro é a parte espiritual do novo nascimento e depois virá a parte física, que é a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação dos crentes em Cristo que estiverem vivos, nascidos de novo, no Corpo Místico de Cristo nosso Salvador.

No Dia da Ressurreição, domingo na manhã, Jesus Cristo se levantou vitorioso; porque o Espírito que estava nEle levantou o corpo, ressuscitou o corpo físico; e com Ele ressuscitaram também muitos dos santos do Antigo Testamento, como diz a Escritura: “E apareceram a muitos na cidade de Jerusalém.” [São Mateus 27:53]

Jesus Cristo ressuscitou vitorioso para benefício de todos os crentes nEle: para todos os escritos no Livro da Vida do Cordeiro e para todos os eleitos de Deus, já sejam judeus ou gentios.

Na ressurreição de Jesus Cristo, domingo na manhã, muito cedo se levantou vitorioso dentre os mortos. Vemos também que anjos de Deus estavam ali. Como também quando nasceu, o Anjo Gabriel apareceu à virgem Maria e lhe falou de quem era o filho que ela ia ter. E de quem era? De Deus, através do Espírito Santo.

E também encontramos que há outras Escrituras que falam de quem era, é e será Jesus Cristo, o Verbo feito carne; o qual nos fala de Deus em Espírito Santo nesse véu de carne chamado Yeshua ou Jesus, no qual morou Deus em toda Sua plenitude e mora Deus em toda Sua plenitude no corpo de Jesus Cristo glorificado, o qual está sentado no Trono de Deus e todo poder lhe foi dado no Céu e na Terra; portanto, Deus através de Seu Espírito operando em Jesus Cristo glorificado governa toda a Criação desde Seu Trono celestial. Tão simples assim.

É Emanuel, Deus conosco, vestido de um corpo de carne, quem nos visitou em torno de dois mil anos atrás. O véu de carne é o corpo físico de Deus, o qual já está glorificado e sentado à destra de Deus, intercedendo como Sumo Sacerdote por cada pessoa que o recebe como único e suficiente Salvador.

Ele é o dono, o herdeiro de toda a Criação; porque através dEle, estando em corpo angelical, Deus criou todas as coisas. O corpo angelical de Deus ou teofânico, é Jesus Cristo em Seu corpo espiritual, chamado o Espírito Santo.

         Portanto, temos um Sumo Sacerdote no Céu, que ressuscitou e que ofereceu a Si mesmo por cada um de nós, o qual disse que se sentaria à destra de Deus; e assim Ele fez quando subiu ao Céu.

         Vejam, em São Mateus, capítulo 26, versículo 63 ao 64, diz:

E Jesus, porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus.

Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu.”

         E em Apocalipse, capítulo 3, versículo 20 ao 21, confirma que Ele está sentado no Trono de Deus. Diz, capítulo 3, versículos 20 ao 21, de Apocalipse:

“Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.

Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.”

E agora, na mesma forma que Ele subiu ao Céu vitorioso no Dia da Ressurreição, e se sentou à destra de Deus, e lhe foi dado todo poder no Céu e na Terra, e é o Rei dos Céus e da Terra, e é o Rei – consequentemente – vindo em Apocalipse, capítulo 19, versículos 11 em diante... e agora promete (diz):

“Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.”

Se sentou no Trono celestial com o Pai. E agora diz que ao vencer lhe dará que se sente com Ele em Seu Trono, assim como aconteceu com Ele no Céu, no Trono celestial.

O Trono celestial é o Trono de Deus; o Trono terrenal é o Trono de Davi, ao qual Cristo é herdeiro; e dará ao vencedor que se sente com Ele em Seu Trono, da mesma forma que Deus fez com Ele no Reino celestial. Tão simples assim.

Em outras atividades e conferências veremos com mais detalhe esse tema; mas desse tema temos falado em outras ocasiões; mas daremos uma revisada em alguma ocasião sobre esse tema de Apocalipse, capítulo 3, versículo 21, do Trono terrenal ao qual Cristo é herdeiro.

E agora, para Cristo, para Deus e para todos os crentes em Cristo, a grande vitória na ressurreição de Cristo nos trouxe as grandes bênçãos, e uma fé e esperança de vida eterna no Reino de Deus.

Consequentemente, há esperança para o ser humano que crê em Cristo, há esperança para a pessoa que recebeu a Cristo como Salvador, foi batizado em Seu Nome arrependido de seus pecados, e Cristo o batizou com Espírito Santo e Fogo, e produziu na pessoa o novo nascimento: nasceu de novo; mas não nasceu de novo terrenalmente, mas nasceu de novo no campo espiritual, nasceu de novo no Reino de Deus, no Reino de Cristo, que está na esfera espiritual.

E quando em Sua Segunda Vinda Ele ressuscite aos mortos crentes nEle, que vem com Ele, transformará aos que estiverem vivos; e todos, então, teremos corpos glorificados igual ao corpo glorificado que Jesus Cristo tem: corpo jovem para toda a eternidade, um corpo com vida eterna.

O corpo físico que temos é com vida temporária, porque é na permissiva vontade de Deus; mas o novo corpo, o corpo glorificado que Ele nos dará , é um corpo com vida eterna, juventude eterna e tudo eterno: poder eterno e posição eterna no Reino de Deus.

Portanto, somos bem-aventurados em ter nossos nomes escritos no Céu, no Livro da Vida do Cordeiro, pelos quais Cristo morreu na Cruz do Calvário e depois ao terceiro dia ressuscitou vitorioso para a glória de Deus. Somos agraciados de toda a Obra de Redenção que Cristo fez para o ser humano.

A ressurreição de Cristo vitorioso é a maior bênção para cada um de nós dada por Deus. A ressurreição de Jesus Cristo conforme às Escrituras nos traz fé, nos traz esperança, nos traz alegria, nos traz todas as bênçãos do Céu.

Primeira de Coríntios, capítulo 15, versículo 20 em diante, diz:

“Mas agora Cristo ressuscitou dos os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.

Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem.

Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.

Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.

Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força.

Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés.

Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte.

Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.

E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.”

Em seguida nos fala no mesmo capítulo 15, versículo 51 em diante:

“Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados,

Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.

E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.

Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?

Ora o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.

Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

Vimos que não é em vão nosso trabalho no Senhor, tudo fica cumulado no Reino de Deus. O próprio Cristo disse: “Fazei tesouros (onde?) no Céu.” [São Mateus 6:19-21]. O tesouro dos crentes é feito no Céu.

Aqui na Terra até o dinheiro se desvaloriza, perde seu valor; até as propriedades também perdem seu valor. Mas no Céu o que acontece é que se multiplica tudo o que um faz na Obra do Senhor, tudo para herdá-lo e desfrutá-lo no Reino Milenial de Cristo e para toda a eternidade.

A Igreja do Senhor Jesus Cristo está dentro do Novo Pacto. Disse Jesus, capítulo 12, versículo 18 em diante, falando do monte Horebe ou monte Sinai, disse [Hebreus]:

“Porque não chegastes ao monte palpável, aceso em fogo, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade,

E ao sonido da trombeta, e à voz das palavras, a qual os que a ouviram pediram que se lhes não falasse mais;

Porque não podiam suportar o que se lhes mandava: Se até um animal tocar o monte será apedrejado.

E tão terrível era a visão que Moisés disse: Estou todo assombrado, e tremendo.

Mas chegastes ao monte de Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos;

À universal assembleia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;

E a Jesus, o Mediador duma Nova Aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.”

Os crentes em Cristo, a Igreja do Senhor Jesus Cristo, estão sob o Novo Pacto, com o sangue já não de animaizinhos,  mas o Sangue do Cordeiro de Deus,  Jesus Cristo, do qual João Batista disse: “Eis aqui o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” [São João 1:29].

Portanto, a ressurreição de Cristo nos traz todas essas bênçãos que Ele ganhou com Sua morte na Cruz do Calvário, e com Sua ascensão ao Céu glorificado, onde recebeu todo poder no Céu e na Terra; e está sentado à destra de Deus no Trono celestial de Deus.

Em breve teremos também o Trono terrenal de Deus, que é o Trono de Davi ocupado, onde Ele estará governando, assim como está governando desde o Céu. E fará como foi feito com Ele no Céu para se sentar no Trono celestial, fará também com o vencedor, que diz: “Lhe darei que se sente comigo em meu Trono.”

A CRUCIFICAÇÃO, dela falamos na sexta-feira passada como introdução à escola bíblica de hoje; e hoje nosso tema foi: “A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO CONFORME À ESCRITURA.”

Depois de alguns minutos passaremos à Santa Ceia, a qual é importante porque é um memorial que nos lembra o Sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário, e que nos ensina que aquele que não toma não tem parte com Cristo; porque é o Sangue do Novo Pacto o que se comemora com o vinho, e o Corpo de Cristo o que se comemora com o pão; e é a limpeza com o Sangue de Cristo o que se comemora com o Lava-Pés.

Por isso é tão importante, a tal grau que Pedro dizia: “Não me lavarás o pés.” Cristo lhe disse: “Se não te lavares, não tens parte comigo.” [São João 13:8]

Ou seja que esse memorial  permanece na Igreja do Senhor Jesus Cristo até que sejamos transformados e levados com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

Se há alguma pessoa que ainda não recebeu a Cristo, o pode fazer, e estaremos orando por você, já seja que estiver aqui presente ou em outro país.

O mais importante para a pessoa, para cada pessoa, é a vida; e sobretudo, a vida eterna. Sem vida eterna não há esperança para o ser humano. Sem Cristo não há esperança e fé para esperar viver eternamente; e Jesus Cristo é a Verdade e a Vida, e ninguém vem ao Pai se não é por Ele (disse São João, capítulo 14, versículo 6 em diante).

Há um caminho de vida eterna e à vida eterna, e é Jesus Cristo, quem disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; e ninguém vem ao Pai senão por mim.”

Não busque a vida eterna em outra coisa; somente está em Jesus Cristo. Não é assusto de religiões, mas de uma pessoa que morreu na Cruz do Calvário e que ressuscitou ao terceiro dia, domingo na manhã; e Seu Nome é Senhor Jesus Cristo ou Yeshua, o Messias.

É tão simples obter a vida eterna, mas tem somente uma pessoa: o Senhor Jesus Cristo, para transmitir a todos os que  o recebem como único e suficiente Salvador. Por isso disse em São Marcos 16, versículos 15 ao 16:

“Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”

Não há nada mais que duas coisas: vida eterna ou condenação. E a pessoa tem livre arbítrio; pelo qual, corresponde a cada pessoa – depois que escuta o Evangelho – eleger entre crer em Cristo e recebe-lo como Salvador para ser salvo, ou rejeitar para perdição, para não viver eternamente. Mas todos queremos viver eternamente e queremos que todas as pessoas vivam eternamente; para isso se prega o Evangelho de Cristo, o Evangelho de nossa Salvação.

Vamos nos colocar em pé para orar pelas pessoas que estão vindo aos Pés de Cristo aqui e em outros países.

Com nossos rostos inclinados:

Pai nosso que estás nos Céus, venho a Ti no Nome do Senhor Jesus Cristo com todas estas pessoas que aqui e em outros países estão recebendo a Cristo como único e suficiente Salvador. Te rogo os recebas em Teu Reino. No Nome do Senhor Jesus Cristo te rogo, para quem seja a glória e a honra pelos séculos dos séculos. Amém.

E agora, repitam comigo esta oração os que vieram aos Pés de Cristo:

Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação de Teu Evangelho e nasceu Tua fé em meu coração.

Creio em Ti com toda minha alma. Creio em Teu Nome como o único nome sob o Céu, dados aos homens, em que podemos ser salvos. Creio em Tua Primeira Vinda... Creio em Tua Primeira Vinda como Cordeiro de Deus para tirar o pecado do mundo.

Reconheço Teu Sacrifício na Cruz do Calvário como a expiação pelos nossos pecados.

Senhor, reconheço que sou pecador e necessito de um Salvador. Dou testemunho público  de Tua fé em mim e Te recebo como meu único e suficiente Salvador.

Te rogo perdoe meus pecados e com Teu Sangue me limpe de todo pecado, e me batize com Espírito Santo e Fogo, e produzas em mim o novo nascimento. Te rogo em Teu Nome Eterno e glorioso, Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

Agora, aqueles que vieram aos Pés de Cristo perguntarão: “Quando podem me batizar? Porque cri em Cristo como meu Salvador.”

O batismo em água não tira os pecados, é o Sangue de Cristo o que nos limpa de todo pecado; mas o batismo em água é um mandamento do Senhor Jesus Cristo, que disse: “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”

É que o batismo em água nos identificamos com Cristo em Sua morte, sepultura e ressurreição. Estávamos nEle como semente de Deus.

Portanto, o batismo em água podem efetuá-lo já, como se fazia no meio do cristianismo no tempo dos apóstolos; e que Cristo os batize com Espírito Santo e Fogo, e produza em vocês o novo nascimento.

Deixo com vocês o reverendo José Benjamín Pérez na continuação, em seguida deixo também aos ministros em diferentes países na continuação, para que lhes indiquem como fazer aos que receberam a Cristo para ser batizados em água no Nome do Senhor.

Em seguida teremos a Santa Ceia em memória de Cristo e Seu Sacrifício na Cruz do Calvário.

Nosso tema de escola bíblica de hoje foi: “A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO CONFORME À ESCRITURA.”

Que Deus lhes  abençoe e lhes  guarde; e com vocês o reverendo José Benjamín Pérez e em cada país o ministro correspondente.

Hoje é dia de festa espiritual em comemoração  a ressurreição de Cristo nosso Salvador; portanto teremos a Santa Ceia também, cada qual confessando a Deus qualquer falta, falha ou problema, e bem com seus irmãos, com seu próximo e tudo; e se tem que falar com seu irmão fale também , para que a Santa Ceia seja de bênção para você, para que não coma juízo, para que não beba e coma juízo, mas bênção de Deus.

Deus lhes abençoe e lhes guarde; e continuaremos nos vendo na próxima atividade da Santa Ceia.

“A RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO CONFORME À ESCRITURA.”

Encontre-nos

Carretera No.1 Km 54.5
Barrio Monte Llano
Cayey, Puerto Rico
00736

Twitter